29 de ago de 2008

DOENÇA DE INFÂNCIA

O ano era 1986. Contava eu, 9 anos de idade. O que uma criança de 9 anos de idade precisava no banheiro de manhã, senão fazer xixi, lavar o rosto (com qualquer sabonete) e escovar os dentes?

Para essas poucas tarefas e nenhuma vaidade, eu não usava a luz. Aliás, até hoje tenho o hábito de andar pela casa sem acender a luz. Vai daí que naquele dia eu vi meu rosto no espelho e achei tudo normal demais. Sete horas da manhã.

Quando cheguei na cozinha, minha mãe ao invés de dar o "Bom Dia" sem vontade, seco e com má vontade como todos os dias ela fazia, resolveu arregalar os olhos dela (daí eu imaginava que levaria mais uma bronca) e me fez a seguinte pergunta:

-QUE É QUE VC TEM????

Achei por um momento que a moleza que eu tinha sentido pra sair da cama (creiam, aos 9 anos eu levantava às 7 da manhã com o mesmo pique que hoje aos 31 levanto às 2 da tarde) e o jeito com que a minha mãe me olhou, eram sinais de que eu poderia estar morrendo.

Minha mãe ao invés de acender a luz da cozinha (definitivamente "luz" é genético) pegou "delicadamente" meu rosto e foi o levando até o vitrô da cozinha pra enxergar melhor. Detalhe que entre meu metro e meio de altura e o vitrô da cozinha, ainda tínhamos uma pia.

Daí minha mãe pediu que eu fosse me mostrar pro meu pai, que me aguardava todos os dias de manhã na sala da frente pra levar-me na escola. Detalhe que entre eu e a escola, bastava ele me atravessar a rua.

Meu pai olhou pra mim com a maior calma do mundo e setenciou:(leia com sotaque pra lá de lusitano) "Eu aviso e tu não me escutas, Débora. Tu comes tanta porcaria que ficastes intoxicada. Toma bastante suco de abacaxi que isso passa."

Minha mãe quando eu transmiti o recado, até concordou com ele que eu comia besteira pra caramba, mas como eles estavam se divorciando, não convinha concordar com ele aquela "coisa de mãe" dizia que era algo a mais.

Como a moleza virou um febrão, minha mãe foi comigo ao médico e ele constatou que eu estava com Rubéola. E pra variar, como eu nunca fico doente mas quando fico é de funhanhar comigo, meus pais precisavam ficar alerta pq a qualquer momento eu poderia ser internada devido ao meu quadro. Saí de lá com receita médica incluindo ferro (em vitaminas, seus mente sujas) e mil recomendações pra evitar correntes de ar e qualquer coisa gelada.

Cheguei em casa, dormi pra cacete. Tive delírios como toda a vez que tenho febre. Minha mãe de tarde saiu pra estudar (quase noitinha). Meu pai aquele dia não foi dar aula pra ficar comigo, mas em compensação..... na intenção de me agradar, ele trouxe....... SORVETE!

Háááááááá...........Sorvete.

E eu como boa hipocondríaca"caxias" disse que eu não poderia tomar "pq o doutor disse que eu poderia morrer"...drástica? Nem um pouco!

Como eu rejeitei o sorvete, meu pai viu que realmente eu estava doente. Deu tudo certo. Não fiquei estéril (embora nunca tenha comprovado a minha fertilidade. Não, não quero comprová-la agora, obrigada!). Meu irmão caçula nunca teve rubéola, apesar de dormirmos no mesmo quarto.

E por isso, estou livre de me vacinar contra a rubéola, MAS VC NÃO!

EXPERIÊNCIAS CAPILARES

Vamos lá testar a veracidade de uma propaganda?

De manhã, a minha santa mãezinha mãe pediu que eu fosse com ela até à perfumaria comprar um creme desses de tratamento para o cabelo. Segundo ela "ela ía muito na opinião do vendedor e nem sempre isso é o melhor".

Bom, o caso é que eu acho engraçado certos blogs e pessoas darem a sua opinião sobre esses produtos de cabelo, sendo que se algo der errado, elas têm condição de ir a um salão de cabeleireiros consertar tudo. No meu caso, se algo der errado FODEU eu terei que usar o cabelo do jeito que ele ficar ou ir a um hospital (público, diga-se) para tentar reverter o que a química pode fazer.

Anyway, estava já na perfumaria e aquela imensidão de potes olhando para mim e eu para eles e a minha mãe olhando para nós todos. Veio a dona da perfumaria e disse que se precisasse de ajuda era só falar. Olhei uns potões e estava quase me decidindo, quando veio a vendedora e perguntou se eu precisava de ajuda.

Olhando para o potão que eu pretendia levar, ela disse que tinha um da mesma marca, mas mais "forte", era com 12 princípios ativos. E eu disse "UAU!!!! 12, hein???!"

E daí minha mãe perguntou se aquele creme vendia bem e a vendedora disse que sim, afinal, o creme levava o nome da novela das sete e a Ana Maria brega Braga fazia propaganda do creme toda a hora.......

E eu levantei a voz e disse:

"-Ana Maria Braga? Ah, pq não disse antes? AGORA SIM EU LEVO O CREME!"

Infelizmente, meus caros, a vendedora não percebeu a ironia na minha voz. Minha mãe roxa de vontade de me matar rir e o pior é que daqui pra frente, tenho quase a certeza que vendedora vai me empurrar tudo e mais um pouco usando desses artifícios globelísticos.

E agora escrevo aqui pra vcs, com o cabelo empastelado de Novex Beleza Pura com fucking 12 princípios ativos!!!!!

Se eu ficar careca, aviso vcs. Se o creme for bom, eu aviso tb.

P.S.: "Obviamente este não é um post pago. Mas se o pessoal da Embelleze quiser me patrocinar pra testar tudo e mais um pouco, não se sintam constrangidos. Contacte a minha pessoa!"

UpDate: O cabelo não caiu. Ficou macio sim. Aprovo inclusive a fragrância do creme. Mas quero ver se eu o uso direito, porque dessa vez eu passei no cabelo seco. Da próxima vez eu sigo as instruções de uso.

SEXTA. DIA DE BALADA E DE VER O CÔNJUGE

Ehehehehehehehee

Cada título boboca.

Enfim, eu ando escutando radinho antes de dormir, uma vez que dormir nem sempre é fácil para mim. Até pelo fato de que eu sou mais notívaga, mas claro que os problemas me deixam vez mais desperta.

Bom, eu ando escutando um pouco de tudo até para conhecer as músicas "do momento", coisa que a minha irmã sempre cobra o fato de que eu preciso me modernizar um pouco. Mas fazer o quê se eu gosto de coisas retrô?

Tenho escutado muita coisa boa, nova. Mas sabe aquelas músicas "antigas" que a gente escuta e fica com ela na cabeça?

Aproveitando que hoje é Sexta, dia que as pessoas que precisam de datas usam para ver seus namorados(as), eu coloco aqui a musiquinha que anda na minha cabeça:



É uma música do tipo: "eu sei que eu fiz cagada mas se vc der uma chance, a gente tem de um tudo pra dar certo".

Ahahahahaahahahaha

28 de ago de 2008

NOTÍCIAS BOAS

Quem é que não gosta? Eu gosto e preciso de notícias boas.

Recebi o telefonema do meu advogado, dizendo que o cliente inadimplente resolveu pagar TUDO. Daí o dr. já separou a parte dele e queria meus dados bancários pra depositar na minha conta.

Com o valor exato de quanto eu receberia, fui até o banco ver quanto eu devia e quitar. Delícia!!!!

Entre hoje e amanhã, serei uma correntista limpa.

Agora vou desenterrar os casos de inadimplência para meu advogado ter mais trabalho.

Observações:

*Quando vc dever para alguém, fica mais barato vc chegar até à pessoa e propôr pagamento. Deixar rolar para o Fórum é a mior bobagem que vc pode fazer.

*Recebeu dinheiro? Vá pagar quem vc deve, sem tentações. Por mais que vc precise de calcinhas ou calças jeans.

*No meio desse inferno que foi esse processo (ao todo durou 4 anos), foi muito produtivo. Descobri que meu ex-advogado além de ser um bosta como advogado, é um merda como ser humano. Descobri que meu amigo Allan foi amigo mesmo, pq apesar de ser advogado preferiu não se envolver e me indicou o Dr. Gustavo, que foi mais que eficiente e honesto. No fim do processo, conheci a Daniela, que me saiu ótima companhia, amiga de projetos sociais e descobri ligações com ela que nem imaginávamos.

Hoje estou um pouco mais alegre. Confiante nos próximos acontecimentos. Só posso agradecer.

CREDO QUE NOJO

(Atenção, se vc estiver comendo ou acabou de comer, pare agora mesmo de ler este post)


Ontem eu andei com o Dé, por 3 horas, em sentido inverso o do costumeiro e cheguei em casa faminta e fedida pacas cansada.
Tomei aquele banho esperto e fui jantar: batata cozida, brócolis e ovo cozido no azeite e vinagre. (Só tendo pais portugueses é que vcs podem avaliar o quanto essa refeição se repete na minha casa e milagre ontem não ter feijão fradinho acompanhando).

Quando terminei de comer, o ovo deixou um gosto estranho na minha boca. Quando fui assim tentar degustar pra saber o pq era ruim o gosto, veio aquele gosto de...... frango. Eca!!!!!

Tipo, eu sei que os ovos que a gente come, na verdade são óvulos de galinha. Mas eu que sou vegetariana da silva achei o gosto HORROROSO.

Ovo com gosto de frango.

Na minha cabeça veio a imagem mental do pintinho lá dentro do ovo e eu mastigando o projeto de asas e bico dele.

Só fiquei fazendo o som do "hugo, hugo!" e minha mãe gritando da sala: "Dééééé, 'tá tudo bem?"

E eu: hugo, hugo, hugo, hugo.......

Ela: " Dé, que aconteceu?"

Eu: hugo, hugo, hugo......

Tomei um suco pra ver se tirava o gosto ruim da boca. E ele passou. Graças.

'Tô injuriada até agora..... Ovo com gosto de frango.

Será que daqui a pouco teremos brócolis com gosto de morango?

Que nojo!

27 de ago de 2008

MEUS SAIS

O que fazer se o irmão que mora com vc reclama dos sucos que ele compra e não quer que vc
beba?
  1. Pôr purgante no suco dele
  2. Comprar suco e etiquetar pra ele não beber
  3. Beber sem se importar
  4. Ignorar o "xilique"
  5. Ignorá-lo como um "todo"

Eu fico com a última sentença. Próxima pauta.

+++++++++++++++++++++++++++++++++++

A aula correu muito bem, apesar de que os alunos estavam um tanto quanto excitados. Nada como uma boa prova difícil pra eles acordarem "pra cuspir". Tem gente não acreditando, mas serei bem ardilosa na próxima prova.

****************************************

Ardilosa= a palavra do momento. (Piada interna)

++++++++++++++++++++++++++

Dani (minha advogada più fofa) começou a dar aula. Apresentei o Dedé pra ela e eles se adoraram. Coisa boa quando dois amigos da gente se gostam espontaneamente. Creia, isso nem sempre foi possível no meu ciclo de amizades. Quando eu apresento, geralmente os amigos não se gostam. Daí juntar todos é mais difícil. Gente chata.....

******************************

Falando em amigo, um deles voltou a namorar. Logo minha amizade por ele está suspensa. Creia, não é porque eu queira. As coisas são assim. Ponto. Felicidades e até logo. "Até logo" modo de dizer, sem uruca, oks?

&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&

O futuro olha pra mim e sinaliza que estou no caminho certo. Porém, olho tudo com a maior preguiça do mundo. Preciso reunir um pouco do que restou da minha força pra seguir adiante. Não posso me importar com os desvios pequenos do percurso. Mesmo.

*************************************

Conversando com o no portão de casa ontem quando vim do voluntariado, meu vizinho muito chato barulhento me disse: ', vc que é entendida....." e eu: "Pode parar! Entendida é coisa de GLS e que fique bem claro que eu só gosto de homem, tá certo?" Ele como é bem homofóbico, ficou bem sem graça com o meu comentário. Até pq ele sabe que em se tratando de diversidade sexual, eu sou bem tolerante. Eu nem diria tolerante, diria..... HUMANA. Mas a título de curiosidade, quero deixar claro que eu sou hétero.

Afinal, o que ele queria saber? Ele queria saber sobre o fato de Marte hoje estar bem próximo à Terra e assim visível. Esclareci que é normal, é assim mesmo e o aconselhei a não fazer dívidas pq o mundo não vai acabar em função disso. Mesmo.

Aliás, segunda pessoa na noite que me perguntou sobre isso. Como astróloga formada e pós graduada, quero dizer a vcs que fenômenos astronômicos pouco influenciam na vida da gente. Ok?

*************************************

26 de ago de 2008

CAMPANHA

Dizem que o Maluf é um político mentiroso, certo? Daí eu vendo a propaganda da campanha dele, escuto o locutor dizer que o Maluf aplicou muito bem o dinheiro de SP, na época que ele era prefeito.

Alguém tem alguma dúvida do quão bem aplicado está esse dinheiro?

AI MINHA NOSSA SENHORA DO TERREMOTO DE SP

Três dias com dor de cabeça. Só hoje passou. Imagina ter que levar a vida com dor de cabeça. Aliás, nenhuma dor é boa. Nenhuma.

Este fds, foi bem corrido. Providenciei algumas coisas encomendadas à minha pessoa e, uma vez que o namorado trabalhou, aproveitei o fds pra dormir um pouco.

Vai daí que eu, por motivos muito íntimos e pessoais, quis reunir um pessoalzinho que eu julgava que me faria boa companhia. Mandei e-mail pras pessoas que eu queria perto de mim e claro: aqueles que puderam e quiseram vir, vieram.

Resolvemos nos encontrar às 19:00 no Domingo na r. Treze de Maio. Por quê?

Festa da:

ACHIROPITAAAAA!

Nunca tinha ido, mas imaginei que seria uma quermesse temática italiana. Acertei. O bom é que vai muita família e é super policiado. As filas é que são um pouco grandinhas, principalmente a da fogazza. Mas tb, fogazza gigantesca.

Os sobrados dos restaurantes, fechados, porém enfeitados.


Tudo revertido para as obras da igreja. Eu comi um spaguetti depois de ter lanchado uma lasanha em casa. Quase não coube. Aliás, não coube.

Indo comprar os doces, achamos as barracas de jogos com seus respectivos ursinhos de pelúcia cagados:

Destaque pro xéréqui.

Os postes estavam pintados de branco e grafitaram a padroeira da festa:

Achei assim um visual super moderno pra uma festa tão tradicional. Aliás, é a 82º edição da festa.

Os doces, infelizmente não tinha aquele papo de anjo no rum tão tradicional dos italianos. Acabamos comprando três doces diferentes: torta de mousse de maracujá, bolo com doce de leite e um folhado italiano que me esqueci do nome dele.

Aqui os amigos que foram:

O famoso e muito citado aqui Dedé, a namorada dele, Vanessa;Fábio direto de Medianeira e o Sr. Namorado.

Agradeço aos amigos que vieram por estarem presentes em momento tão especial meu. Que a gente continue se gostando cheios de saúde e proteção.

Por que Achiropita?
A festa da Achiropita fica no Bexiga e fica até dia 31/08. Rola uma música tracicional italiana o tempo todo.

22 de ago de 2008

SEXTA: DIA DE BALADA E DANÇAR



Cuidado, Jesus sabe o que vc faz na balada, viu?!

Ahahahahahahahahahahahhaha.

ORKUT

Sorte de hoje: Você é generoso, hospitaleiro, alegre
e querido.


Foda-se! Se eu fosse mais peituda, mais bunduda, mais gostosa, mais burra, mais rica e mais tolerante à suas burrices; com certeza eu teria mais valor.

DIAS ASSIM

Ontem foi um deles. Eu fico desanimada e com raiva. Ainda sou acometida por esses sentimentos, às vezes.

Nessas horas ainda aparecem amigos querendo que eu fale, ponha pra fora o que eu sinto. Daí quando eu começo a falar o amigo diz: "ah, chega com esse desânimo, né?"......

Maior legal isso, só me encoraja mesmo a falar quando eu tenho algum problema. Era tudo o que eu precisava: um amigo dizendo, "deixa de reclamar".

Eu nem gosto de falar dos meus problemas, pq falando eles ficam maiores, monstruosos e me assustam cada dia mais. Prefiro apenas sentí-los e ir os afogando dentro de mim com as minhas lágrimas.

Mas há aqueles que acham que ser bom amigo é emprestar os ouvidos. Eu tb acho. Mas se vc decidiu emprestar seu ouvido, comentários como "pára, né?!" e "Chega de reclamar" não ajudam em nada.

Os problemas são meus, pq eu os criei. Os problemas só afetam a minha vida. Os problemas só deixam a mim triste.

Portanto, eu acho e agora acredito cada vez mais, que eu tenho que ficar com eles só pra mim. PONTO.

Não liguem tb se daqui pra frente eu ficar menos assídua ou mais sarcástica: estou matando meus problemas, ou pelo menos sufocando eles um pouco pra que me dêm trégua.

21 de ago de 2008

CENA

São essas coisas que me fazem lamentar ter nascido tão tarde:



I really can't stay - Baby it's cold outside
I've got to go away - Baby it's cold outside
This evening has been - Been hoping that you'd drop in
So very nice - I'll hold your hands, they're just like ice
My mother will start to worry - Beautiful, what's your hurry
My father will be pacing the floor - Listen to the fireplace roar
So really I'd better scurry - Beautiful, please don't hurry well
Maybe just a half a drink more - Put some music on while I pour
The neighbors might think - Baby, it's bad out there
Say, what's in this drink - No cabs to be had out there
I wish I knew how - Your eyes are like starlight now
To break this spell - I'll take your hat, your hair looks swell
I ought to say no, no, no, sir - Mind if I move a little closer
At least I'm gonna say that I tried - What's the sense in hurting my pride
I really can't stay - Baby don't hold out
Ahh, but it's cold outside
I simply must go - Baby, it's cold outside
The answer is no - Ooh baby, it's cold outside
This welcome has been - I'm lucky that you dropped in
So nice and warm -- Look out the window at that storm
My sister will be suspicious - Man, your lips look so delicious
My brother will be there at the door - Waves upon a tropical shore
My maiden aunt's mind is vicious - Gosh your lips look delicious
Well maybe just a half a drink more - Never such a blizzard before
I've got to go home - Oh, baby, you'll freeze out there
Say, lend me your comb - It's up to your knees out there
You've really been grand - Your eyes are like starlight now
But don't you see - How can you do this thing to me
There's bound to be talk tomorrow - Making my life long sorrow
At least there will be plenty implied - If you caught pneumonia and died I really can't stay - Get over that old out
Ahh, but it's cold outside
Baby it's cold outside

DETESTÁVEL RC

Eu sei, detestar é uma palavra muito forte. Mas meu, Roberto Carlos, vulgo O Rei, consegue me irritar profundamente.

Primeiro que eu não entendo como uma pessoa que não consegue falar outra coisa senão "bicho", "São tantas emoções", escreve letras de músicas tão complexas.

Também não entendo porque diabos uma voz fanha, aliás muito fanha, pode ser considerada maviosa.

Daí o cara tem TOC. Eu sou esquisita pq eu não consigo trocar de roupa sem tomar banho, passar hidratante e perfume antes de me trocar. Não importa se for pra ir na padaria. Troquei de roupa? Banho antes......

Mas ele, pedir que uma fucking ORQUESTRA INTEIRA vista azul para a apresentação com o Caetano no Ibira, é aceitável.

Me irrita..... muito.

CAMINHADAS COM SALTO ALTO

Tudo bem, o salto nem era tão alto assim. Faz muito tempo que meus lindos e finos pés não andavam nús diretamente em uma sola de sandália. E apesar da sandália não ser novinha, meus pés que são muito sensíveis logo sentiram.

Fui até o Dé buscar logo meus chocolates e alfajores dar meu abraço cheio de saudades. Queria saber logo o que ele tinha achado de Buenos Aires e ver as fotos. Então, tomei banho e me arrumei, pq depois do Dé, iria me encontrar com a Dani pra irmos à uma reunião.

E lá pûs uma sandalinha branca cheia de graça.

Na metade do caminho....... meu pé já contabilizava uma bolha. Normal... uma dama não desmonta e segue adiante. Com isso, levei o dobro de tempo até chegar no Dé. E pisando torto, consegui fazer mais 3 bolhas. E ele me perguntou: "vc tá com algum problema? 'Tá mancando....."

Vi as fotos da viagem e me senti mais invejosa ainda por não ter ido quase que viajando. Legal ouvir dele: "Tirei algumas fotos pensando em vc, pq vc ía curtir demais a arquitetura de certos lugares".

Realmente, eles pegaram dias lindos, de céu azul e pasme, achei a cidade limpíssima. Pelo menos nas fotos. Portanto, não tem erro : as fotos de viagem dele ficaram lindaaaas.

E ele sacou um pote cheio de quadradinhos de chocolate..... mas não eram pra mim. 'Tava tendo quase um colpaso nervoso Ele disse que eu podia pegar quantos eu quisesse, mas peguei 4, um de cada, só pra experimentar.

O cheiro do chocolate........ Quando vc mordia ele fazia "plét", indicando que a concentração de cacau era maior que a de leite e se tratava então de bom chocolate.

Ele pegou um pacote e me entregou. "Isso é pra vc, magrela!" (Magrela sou eu.... apesar da barriga-pochete):

Una bufanda!

Feita em chenile. Aliás, da melhor chenile. Brilha que é uma coisa. Escorrega nos dedos como uma boa pachemina. Se eu adorei???

Pensa no calor que 'tava fazendo ontem.... e eu doida pra arrancar a etiqueta e usar....

Daí que tinha ficado tarde. A Dani me liga e pede que eu vá ter com ela no escritório delapra d elá irmos na reunião. E lá rumei..... difícil foi pôr os pés de volta na sandália. Quando cheguei no escritório dela, contabilizei 5 bolhas. Fomos para a reunião. Lá eu podia ficar descalça e não me fiz de rogada.

Na saída, parecia que os pés agora descansados calçavam melhor a sandália. Chegando em casa, lavei bem o pé e percebi que eu tinha sim 5 bolhas, mas em um pé só. Passei Hipoglós nas bolhas, vesti uma meia e dormi.

Hoje, descobri que são 7 bolhas, sendo 5 em um pé e 2 em outro.

E prometi fazer caminhada hoje com o Dé.

20 de ago de 2008

RAPIDINHO E DE TUDO UM POUCO

Em função do sol do fds, eu estou com a pele empipocada. Agora tenho que usar das minhas receitinhas para combater as perebinhas. Isso que dá não passar filtro solar, nem usar boné. Acreditem, o sol é bonzinho até à segunda página. PONTO.

+++++++++++++++++++++++++++++++++

Minha advogada, que vcs conheceram em um post sobre meu cliente inadimplente, além de ser uma fofa, quer dar aula no IDEPAC onde faço voluntariado. A levei ontem pra lá e ela queria começar tipo, hoje. Mas não deu. Ela ficou muito puta decepcionada, mas está disposta a começar tipo.... amanhã. Essa é a Dani. Aliás, daqui pra frente vcs ouvirão falar dela mais vezes, pois as nossas vidas estão extrapolando o âmbito profissional.

+++++++++++++++++++++++++++++++++

Este blog, Mundo Sano, está fazendo escola de cagadas cabeleireiras domésticas: na Sexta quando fui dar aula, encontrei uma professora que me disse: "Ah, mas seu cabelo não ficou tão ruim assim.....". Primeiro, fiquei assim maior feliz que ela lê meu blog. Segundo, ela continuou dizendo:" cagada fiz eu no cabelo que tentei pintá-lo e criar mechas, mas olha como ficou (e mostrou)". Na boa, ela tem a pele muito clarinha e vendo com a luz da lâmpada fluorescente, o cabelo dela estava ótimo. De cagada mesmo, não tinha nada. Se ela me dissesse que tinha feito no salão, eu acreditaria.

Maiken, se vc fez cagada tratamento capilar caseiro na sua casa, movida pelo espírito empreendedor deste blog, saiba que vc foi bem sucedida.

++++++++++++++++++++++++

Tem coisas que são pra me funhanhar com o dia. Ontem soube que um casal tinha em sua casa, um casal de macacos saguis. Assim que os bichinhos morderam a mão da anta esposa do casal, eles resolveram despejar os dois no mini zôo de São José dos Campos. O resultado disso? Leia aqui.

+++++++++++++++++++++++++++

Maior orgulho dos meus alunos que a cada redação ficam melhores. Andam escrevendo que é uma beleza. As idéias fluindo e a forma de se expressar, cada dia melhor. Trabalho árduo que começa a mostrar seus frutos. Além de eles terem descoberto que na Fundação tem uma placa escrita errado.... Ahahahahahahahahaha.

+++++++++++++++++++

Ontem eu soube que certos bêbados têm memória. Eu poderia dizer que não fiquei preocupada, apenas não vou "lamber" quem não é da minha simpatia. Tenho mais o que fazer que ficar lambendo gordo azedo que deve ter o maior gosto de picanha, cerveja e cigarro. Eca...... que me vieram até os gômitos aqui !!!!

++++++++++++++++++++

Maior correria, viu?! Mas sabe que eu tô curtindo?

+++++++++++++++++

Se eu não tenho saco, tipo, bolsa escrotal; eu gostaria de saber pq as minhas calças jeans sempre rompem nessa região. Juro, estou apenas com três calças jeans apresentáveis socialmente. O resto foi direto pro lixo. Sem condições.
Aceito doações de calças jeans, tamanho 36.

++++++++++++++++++++

Falando em tamanho 36. Contabilizo dois casamentos e uma formatura. Logo, a batalha contra os quilos extras continua firme. Claro, eu não vou usar a mesma roupa em todos os eventos. E a cada dia eu acredito que eu consigo entrar com dignidade em modelos cada vez menores.

+++++++++++++++++++++++

Falando em doações, ainda aceito ingressos pra o show da Mercedes Sosa.

+++++++++++++++++++++

Sei que o Dé e o Ivan já chegaram de viagem e ainda não me vieram trazer os chocolates e doces prometidos me dar um abraço pra matar as saudades. Teve um dia que sonhei que o Ivan tinha raspado o cavanhaque. Por quê? Sei lá, só sei que no sonho ele estava com uma aparência mais jovial. Não, Ivan. Vc não tem cara de velho. Apenas estava com um ar menos.... taciturno, sei lá.....

+++++++++++++

Por enquanto é só. Daqui a pouco, quem sabe apareço.

18 de ago de 2008

ATENÇÃO MOÇAS SOLTEIRAS

Eu tenho uma coisa que vcs não têm. E não estou falando de namorado, pq seria óbvio. Talvez uma beleza estonteante Tenho amigos solteiros. Bons moços. Uns querem compromisso, outros nem tanto. Mas uma coisa adianto: são gente boa. Nada de bobocas. Quer dizer, são bobocas sim..... mas em outro sentido. Todos têm emprego, são gente humilde e procuram ter bom papo.

Mas vcs aí, que se dizem minhas amigas e estão solteiras, chorando pelos cotovelos dizendo "não há homem sério que queira namorar" e "ah, eu vou virar lésbica/freira pq desisti dos homens". Muita atenção nos próximos dias.

De repente, eu posso entrar em contato com vcs e sugerir algum passeio. Neste passeio estão incluídos alguns homens solteiros que querem namorar. Quem são eles? Não digo. Vou dar dicas? Duvido.

Apenas quero promover o encontro pra que se caso rolar alguma coisa, que seja natural e espontâneo como todos as boas e produtivas (em todos os sentidos, incluindo as tentativas) histórias com gente legal procurando o amor, são.

Se alguma coisa der errado, garanto que a culpa é toda de vcs, mulheres choramingonas.

FDS SE RESUMIU

em:

  1. Fazer tudo rápido.
  2. Me desgastar com 3 funcionários e um gerente.
  3. Andar sob o sol ardido de inverno sem boné e de camiseta preta.
  4. Cozinhar coisinhas gostosas.
  5. Assistir pela Tv algo de Olimpíada.
  6. Tomar cerveja (acreditam?) em uma mesa de bar na Paulista.

Como podem perceber, não foi nada demais e ao mesmo tempo, foi TUDO.

14 de ago de 2008

PARA OS VALENTÕES

Que acham que com um perfil fake, nunca conseguirão ser pegos e para os que acham que não tem como pegá-los através do número de Ip, recomendo que além de vc pensar duas vezes antes de fazer cagada, que leia isso AQUI.

QUESTÃO

Pq será que tudo o que vc compra de palmito, vem molho de tomate?

Sério, pastel de palmito com molho de tomate. Torta, empada de palmito? 'Taca molho de tomate.

Deus, se eu gosto de palmito, pq eu não posso saboreá-lo sozinho? É pedir muito?

PERUAGENS

Já que eu preciso administrar uma franja esquisita, o negócio foi guardar os troquinhos do pão de todo o dia e comprar algumas presilhas pra cabelo. Eu tenho semancol e sei que eu sou uma balzaca de 30 anos e presilha com motivos infantis ficariam ridículas na minha cabeçona.

O jeito foi comprar umas que mais se parecem com grampos, mas que tinham algum brilhinho. Fiquei admirada com a quantidade e variedade. Fazia muito tempo que eu não entrava em uma loja pra comprar supérfluos.

Aproveitei e comprei uma parzinho pra minha Fifia:

Ela já adora batom, brilhos, plumas e paetês. Peruagem por vezes é genético. No caso, além de ter passado peruagem geneticamente, eu me encarregarei de passar algumas coisinhas pra ela.

Preciso citar aqui também, que ganhei da Lud, pincéis para maquiagem:

Ainda não os testei pq por enquanto não precisei de uma maquiagem mais ..... caprichada. Mas prometo que se a Lud precisar, eu faço um make pra ela. Claro que não ficará tão bom pq a maquiagem que eu manjo é mais pra teatro, palco. Os make de andar na rua, eu 'tô aprendendo.

Se a Lud topar andar na rua parecendo dragqueen, pro mim, fechou. Vou agora na casa dela e faço.

Menção honrosa: na Terça quando fui dar aula, passei sombra preta apenas nos cantos dos olhos, uma vez que meus olhos são pequenos e juntinhos que nem o chimpanzé do W.George Bush macaco. Passei o lápis na parte interna do olho superior e inferior. Daí um aluno disse: "nossa, prof! Que maquiagem pesada, negra...., mas eu gostei pq eu adoro maquiagens assim." E eu respondi: "Sabe o que é? É que eu sou emo."

13 de ago de 2008

VOLTANDO

Gente, o dia passou mais que rápido.

Bom, ontem foi dia de aula no voluntariado e foi o dia que meu companheiro Dé que tanto vcs lêm aqui no blog, iria viajar pra Buenos Aires. E foi melhor assim, pq eu sabia que se desse chance da gente se despedir "direito" eu faria o papel ridículo de chorar. Não pq chorar seja ridículo, mas sim pq ele está indo viajar, não está indo pra guerra......

Mas eu sou muito da ridícula evcs estão acostumados.

Bom, fui de cabelo molhado e com gel, pra tentar disfarçar a grande cagada o fato de eu não saber ainda como "administrar" esse cabelo doido.

Ainda ouvi uns: "Nossa, profa, como a senhora está bonita....." O que aluno não faz por nota, não é minha gente?

Bom, a aula foi bem divertida: passamos um video sobre atendimento telefônico, passei outro da Fernanda Young dos Normais para descontrair sobre o mesmo assunto, tiramos dúvidas e surpresa: aháááá, pegadinha do Mallandro!

Levei um telefone pra simularmos atendimentos telefônicos. As pessoas se esquecem que quando nós brincávamos na infância fingindo sermos adultos, estávamos nos preparando pra vida adulta. Daí crescemos e esquecemos de continuar o "faz-de-conta" pra servir como ferramenta social.

E foi muito divertido. Os alunos riram muito, mesmo quem era o atendente ou o cliente da simulação. Espontaneamente batiam palmas para os colegas que tinham se saído muito bem. Isso não é legal? Gente que torce pelo sucesso do colega.....

Depois, fizeram uma redação "Momento difícil que eu venci" e, sinceramente, pq é que cargas d'água eu fui pedir sobre esse assunto? Cada história, uma mais complicada que a outra. Lendo em casa, chorei com algumas.

E foi muito bom pra mim, afinal, muitas vezes acho que só eu tenho problemas.

Como eu disse: ridícula, essa sou eu!

12 de ago de 2008

CATEDRAL DA SÉ, CATACUMBAS

Podem falar o que quiserem sobre o centro velho de Sampa. Pra mim, que respeito sua opinião, se vc não consegue ver beleza por lá, é pq te falta conhecimento, cultura e bom gosto.

O fato é que o centro poderia ser melhor se vc tirasse alguns elementos, como eu faço nas fotos a seguir:





Entramos na Catedral. Fomos pegar o ingresso pras catacumbas (R$ 4,00) e a guia foi com gente. Pedi que ela explicasse tudo, pois a gente é do tipo que gosta de explicações.

Ela começou a explicar as coisas com detalhes e eu fotografando as coisas que da última vez não tinha fotografado:

Teto de tijolos aparentes, vitrais e lustres lindíssimos. Tudo embaixo do altar.

Daí, entre tantos que ela foi contando a história de quem estava lá enterrado, ela fala sobre esse padre aqui:

Ahhahahahahahhhahahahahaha. Não pude nem fazer a piada que já existiu muito antes um padre "baloeiro"...... Esse pelo menos ganhou honrarias da FAB que o reconhece como percursor dos inventos da aviação.

A Vera, nossa guia, contava sobre a má educação das pessoas, motivo esse que faz com que a visita à cripta seja paga e vigiada. Inclusive percebemos uma das estátuas pichadas, criptas com inscrições roubadas.....

O altar da cripta:

'Tá vendo a cordinha delimitando? Pois a Vera nos contou que teve visitante que colocou uma criança em cima do altar pra tirar foto......

Ô povinho bunda, viu?!

Detalhe da porta da cripta.


Agora a "cereja do bolo" desse passeio. Ela percebendo que nós, eu e a Lud, somos moças muito das comportadas e cultas e curiosas e inteligentes..... pediu que deixássemos o nosso telefone para que ela no próximo grupo de estudos que ela faz palestras sobre arte e história de Sampa através das catedrais, pudesse nos convidar para....

para.....

ai meu Deus, que fucking emoção.........

para conhecer

O CARRILHÃO DE SINOS NO TOPO DA CATEDRAL!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Tipo, tem noção que lá só entraram emissoras de tv? Que sempre tive vontade, mas nunca deixaram?

E meu...... eu não precisei jogar agá em ninguém, ela NOS CONVIDOU!

Falei pra ela que a gente vai sim e que traremos amiguinhos que são tão inteligentes quanto nós e sobretudo: maior dos bem educados! ( e super modestos e humildes como nós)

Regozijai-vos, ó céus! Eu estarei pertinho dos fucking sinos! E subirei os trocentos degraus até chegar lá.

Daí alguns registros da Catedral:



Não vejo a hora de novo passeio. Mesmo. E espero que a Lud, apesar de tudo ainda queira fazer novos passeios com a minha pessoa. E que ela continue como ontem: só saboreando o passeio, sem reclamar de nada. Assim eu até deixo ela paquerar os Alejandros da vida......

BANESPA, FETICHES E PASSEIOS

Cada dia que se passa, eu invento títulos cada vez mais sem nexo. Mas vamos lá ver se vcs me entendem. Eu tenho pra mim que certas pessoas tem certos "fetiches" a meu respeito. A Ludmilla é uma dessas pessoas. Sempre tenho a sensação que a Ludmilla quer passear comigo, pq ela acha que sempre vai ser suuuuper maior legal, quando na verdade, sair comigo é simplesmente "legal". (com muita sorte e se o meu mau humor ditocômito deixar.)

Pois bem. Lá fomos nós rumo ao prédio do Banespa que apesar de ser um ponto turístico que valoriza muito Sampa, não abre nos fins de semana. Acredita? Ponto turístico que não abre nos fins de semana. Portanto, visitar a torre do Banespa, só para turistas de verdade, desocupados como eu ou pessoas que têm feriados no seu trabalho como a Lud.

Para nossa sorte, o dia amanheceu sem chuva e lindo! Não se paga nada para entrar no Banespa e vc só faz um breve cadastro, com direito a foto.
Entramos na fila pra subir o elevador mega-ultrè-rápido e fizemos mudança de elevador. Chegando no saguão, ainda subimos 3 lances de escada e nos registramos (novamente).

Esperando a turma que estava no terraço descer, fiz alguns cliques:

Detalhe da escada caracol.

Telefone:


Daí subimos. A moça nos avisou que o tempo de permanência seria de 5 minutos. Percebi que infelizmente a foto que eu queria fazer do lado da bandeira de Sampa, não seria possível, pq o patamar da bandeira ainda fica alguns andarezinhos pra cima do terraço. Humpf!

E olha só, mesmo com tanta chuva que deu, nem assim o ar ficou menos poluído:

Isso é pra vc saber o que respiramos. Pense nisso cada vez que tirar o carro da garagem pra ir na padaria da esquina comprar o pão.

Pateo do Colégio:


Aqui, para vc saber o capricho que as construções antigas tinham. Nessa época, nem helicóptero passava, mas primavam pela beleza. Olha que terraço maravilhoso:


Mosteiro de São Bento:

Percebeu o tamanho das pessoas lá abaixo? Pois como eu disse pra Lud, a gente tem que ter consciência do quanto o ser humano é ridículo. Não passamos de formigas um pouco mais inteligentes. Deus deve ter maior fobia de olhar pra gente lá de cima, afinal, não passamos de germes pra ele.

Vai daí que um grupo de turistas me pediu que eu os fotografasse e a Lud fez um making off da foto......

Viram meu cabelo confuso e menor? Aqui parece um pouco maior pq a cabeça estava enclinadinha. E ele estava alvoraçado? Sim senhor! E eu usava grampos de cabelo como se fosse uma freira que acabou de abandonar o convento? Claro, com certeza!

Aqui o grupo:

Peruana, canadense que mora no Peru, venezuelana e venezuelano que se chama Alejandro. Como eu sei o nome dele? Pq ele puxou conversa e eu com muita preguiça de falar em espanhol (talvez pq lá no país dele eles não facilitem em nada nosso contato por lá) eu explicava onde ficava cada coisa lá de cima e demos, eu e a Lud, sugestões pra que eles visitassem coisas aqui em Sampa.

Eis que pegamos o elevador juntos e ele perguntou se tínhamos telefone. Meu..... Daí em bom espanhol eu disse que tinha sim telefone, mas que "tengo un novio muy celoso". Não foi problema pra Alejandro que prontamente olhou pra Lud e perguntou : "y usted? tienes teléfono?"

Gentilmente, oferecemos que o grupo se quisesse, viesse com a gente na Catedral da Sé, visitarmos as catacumbas, mas o canadense não o quis e eu achei bom. Afinal, homem pegajoso eu não tenho paciência. Seja ele venezuelano ou brasileiro. Depois, poderia eu fazer piadas a respeito de Hugo Chaves? Então... melhor assim, não é?

Aqui detalhes da construção:

E vc se acha super moderno quando vai reformar seu banheiro e coloca pastilhas no box e nos detalhes do azulejo, ?

Subida para o topo onde fica a bandeira:


Dalí, fomos para a Sé. E esse passeio escrevo a seguir.

Lud, pode pegar aqui as fotos que vc quiser, pq vc sabe como é difícil nos encontrarmos via msn. Espero a foto que os gringos tiraram de nós duas. Vale o registro, ? A não ser que eu tenha ficado mais horrível do que o costume. Daí vc pode até atear fogo na foto.

Saiba mais da TORRE DO BANESPA.

11 de ago de 2008

FDS SÓ NOS MOVIES:

Então foi assim: só nos filmes. Que adiantava eu estudar sem vontade? Daí aproveitei e assisti:

O Amor não tira Férias:



Destaco o excelente Jack Black que eu sempre fui fã.

Fantástica Fábrica de Chocolate:



Agora enfim consegui saber o que são os umpalumpas. E quero alguns pra mim.

Daí o Dé me emprestou em DVD:

Madame Satã (ótimo, apesar de ver o Lázaro Ramos beijando na boca outro homem. Nada contra, mas meu.... sei lá.)

Quanto Vale ou é por Quilo? (Já tinha visto no cinema, mas sempre é bom rever este filme, acredite.)

Daí assisti:

Tenacious D, the Pick of Destiny:



Excelente! Não li nada sobre esse filme, mas com o Jack Black no elenco eu resolvi arriscar. O filme é ótimo pra quem é fã de rock e mistura a comédia com musical de primeira linha. Outra coisa que eu soube depois: o gordinho Jack Black canta de verdade!



Legalmente Chic:



Fraquinho que chega a doer. Feito pra TV. Assista se não tiver coisa melhor pra ver.

E pela zilhonésima vez, assisti:



Adoro esse filme! Monty Phyton- Em busca do cálice Sagrado.



Menções honrosas pela ordem dos filmes postados:



  1. Paisagem da Inglaterra que me dá mais vontade ainda de conhecer lá. De preferência no verão.
  2. As bochechas do Deep me fizeram lembrar o rosto anguloso do Freddie Mercury quando ele não usva barba. Fiquei pensando que o Deep poderia fazer algum filme biográfico do Freddie.
  3. Madame Satã é ótimo. Plástico além de tudo. E vi a bunda do Lázaro Ramos.
  4. Quanto vale...... ô meu Deus, quando será que passam na TV?
  5. Tenacious, vou assistir novamente.
  6. "Somos os cavaleiros que dizem.... NÍ, NÍ.....e queremos um canteiro de arbusto não muito caro!" Ahahahahahahaahahahahaha.

Filme é tudibão!

10 de ago de 2008

CÁCAS QUE NÓS FAZEMOS

Eu sou uma moça que desafia o próprio destino, não é? E ás vezes essa vontade muito louca por mudanças, me deixa um tanto quanto..... ousada.



Mas só vence quem tenta, não é? E quem faz cáca também. "Que cáca, Dé?", vc deve estar se perguntando. Vamos ver se vc é bom de charadas:



Uma pia, um grampo de cabelo e dois elásticos de cor horrosa



Sacou?



Pois é, eu acho que fiz cáca. Pq mesmo lembrando que o meu namorado sempre elogiou meus longos cabelos, mesmo eu sabendo que não tenho muita habilidade em cortar o próprio cabelo, mesmo tendo 76 alunos que poderiam espalhar cartazes ridicularizando meu cabelo, mesmo assim..... arrisquei. E dessa vez fui bem mais ousada que a outra:



"Só dois dedos de cabelo", foi o que pensei quando planejei cortá-lo.



Mas de repente, sei lá, o coração bateu mais forte e voilà: cortei um bocadinho a mais. Mesmo eu lembrando que não tenho chapinha em casa e que por mais que eu tenha gens franceses, tenho gens de mouros no sangue: o que faz do meu cabelo um tanto quanto "rebelde".



Ok, agora é esperar a reação do meu namorado. Nessas horas meu irmão faz falta, afinal, uma hora dessas ele vendo meu desespero, ele daria tanta risada e zoaria muito, até eu me convencer que eu nem fiz tanta cáca assim.



No mais, cabelo cresce. E poderei fazer outras cagadas outros cortes.

SEQUESTRO

Depois da ressaca moral em que eu estava, decidi que era hora de me dar ao luxo de ter um pouco de diversão, mesmo que solitária. (nada de maldades sujas e eróticas na sua cabeça, leitor!)

Decidi assistir pelo Youtube, A Fantástica Fábrica de Chocolate na versão do Deep. Como eu me ligo logo no sub-texto das coisas, comecei a chorar, pq creia, a história apesar de fantástica, tem um fundo bem triste. Pois bem. Estava aqui assistindo e chorando em algumas partes, quando escuto um barulho de carro parando e baterem à minha porta.

Pelo vitrô, vi dois cabeções e ninguém na janelinha da porta (o famoso postigo). Vai daí que pensei que era a Sofia, pois ela fica toda pimpona achando que é uma adulta batendo à porta da tia, enquanto os pais dela fingem que lá não estão. E comecei o ridículo (mas muito carinhoso) "Quem é?", "Quem é que 'tá batendo na minha porta?", com aquela voz bem ridícula que só as tias solteironas carinhosas sabem fazer.

Abro a porta e surpresa: NÃO ERA SOFIA. Os dois cabeções que vi pelo vitrô, eram do e do Ivan. E eu vestindo o traje "mendigo que mora em casa". Sorriso amarelo, olhos ainda molhados por algumas lágrimas róliudianas....... E a única coisa que a minha boca soube dizer foi:

-Meu, que vcs tão fazendo aqui?


Cadê as aulas de etiqueta, Débora? Cadê aquele famoso: "Nossa, que maior legal.... Tudo bem com vcs? Vamos entrar?"

Não, a estúpida ficou parada na porta e ouvi: "vamos com a gente!". "Como assim 'vamos'?" (Nossa, aspas dentro de aspas, que loucura!)

Daí o Dé me puxou com aquele jeitinho troglodita enfático que só ele sabe fazer pra não ser contrariado e lá fui eu, vestida de mendiga, com um tênis que "fala" e um lenço na cabeça escondendo meu bad hair day. Pra onde? PRA O SHOPPING! Só, um shopping center onde zilhões de pessoas foram comprar o presente do Dia dos Pais.

Homes não sabem que o meu lado perua existe pra essas ocasiões.

E sinceramente, o Ivan já devia estar zonzo com tanta gente nas lojas, com a falta do que ele foi procurar e de o Dé e eu falarmos feito maritacas em paineira.

Depois, rolaram conversas bacanas e falamos mal de quem merece que se fale mal, rolou ainda uma visitinha para os pais do Dé, alguns cds de filmes emprestados e uma carona pré-temporal até minha casa. Sequestradores bonzinhos: me levam mas me trazem de volta pra onde me sequestraram.

Adorei o sequestro! Espero que isso aconteça mais vezes, mas que me deixem pelo menos trocar de roupa. Fico só imaginando se eu tiver que dar entrada em qualquer hospital e eu estar de calcinha rasgada, calça jeans horrorosa não combinando com a camiseta, sem maquiagem.....

Valeu, meninos lindos da titia!

8 de ago de 2008

SÉQUIÇU

Vamos falar de sexo e não daquele "feminino ou masculino?" que vc responde no censo. "Vamos" é modo de falar, quem vai falar é o meu amadinho Gaiarsa. Hoje quando vejo seus vídeos, percebo que se eu não tivesse lido tanto as coisas dele na adolescência, eu poderia ser um ser humano bem pior, bem mais complexado.... Agradeçam ao doutor e professor Gaiarsa que então fez de mim essa pessoa maravilhosa que sou. (e bem modesta)

No mais agora, como ser sexual que sou, ainda me espanto com certas coisas que o mestre Gaiarsa diz. E achei bom. Pq mesmo que eu não aceite como verdade, as coisas que ele diz e me espantam, fazem tb com que eu pense.

Em breve, quero colocar aqui os outros vídeos dele, falando de relacionamentos. Mas como hoje é Sexta (dia que todo mundo faz ou está à procura de fazer), eu prefiro colocar um de séquiçu:




Esse é a primeira parte, de 7 que estão disponíveis no Tutube. E tudo foi filmado pelo Cravo, psicólogo que artesanalmente filma o Gaiarsa. Beijos para os dois! Claro, o beijo maior e mais estalado vai para o Gaiarsa.

CORAGEM PRA MUDAR

Atenção: este post contém palavrão e mostra um lado meu que alguns desconhecem. Tirem as crianças, os melindrosos, os puritanos e os mal-amados da frente do monitor.

Grata!


Seguinte, era uma vez um CÚ. Um cú que acredita que é EL SEÑOR COMANDANTE.

E eu era obrigada ou fazia-me obrigada a conviver com esse CÚ, toda a Quinta-Feira da minha vida. Acontece porém, que eu, uma simples bundinha (e bem chapada, diga-se de passagem; porque eu não tenho gens negros na minha mistura) devia incomodar muito o CÚ. Talvez porque ele sabia que no fundo eu procuro fazer-me de burra, de isso e aquilo para ver até onde as pessoas são capazes de chegar com sua arrogância. E no quesito arrogância, o CÚ tá cheio.

Eu, um bundícula ridícula (foi só pra rimar) muitas vezes movida pelos "incentivos" do CÚ, apresentei-me para ser útil e qual não foi a minha supresa quando ouvi: "não, Débora! Vc ainda não está pronta. Não vá embora daqui, mas fica aí quietinha no seu lugar".

Humildezinha do jeito que eu procuro ser, acatei por diversas vezes essa ordem do CÚ, EL SEÑOR COMANDANTE.

Acontece porém, que outros CÚS Comandantes, achavam que eu estava mais do que pronta e uma vez que eu não desabrochava, pediram pra eu pedir ao CÚ que ele me dispensasse para que efetivamente eu começasse a crescer enquanto bunda. Sim, pq eu tenho consciência que pra ser um cú, vai muito tempo.

Bom, cheguei para EL CÚ e perguntei: "Fulano disse que eu preciso da sua dispensa." e eu ouvi: "Nem a pau, Juvenal! De jeito nenhum!!!! Ele(a) não pode fazer isso! Vc é daqui e daqui vc não sai e ninguém te tira.".........

E EL CÚ, me mandava ler muito, estudar muito; coisa que prazerosamente faço sem que o CÚ precisasse me mandar. Pois bem, nas minhas leituras, percebi que EL CÚ, jamais poderia decidir sobre a minha vida. Também que ele está redondamente (até pq ele é um cú e cú até onde sei é redondo) enganado no que diz respeito a eu "estar pronta" e também a que tipo de coisas eu posso fazer ou não.

E mesmo eu sabendo de tudo isso, ainda permiti que durante quase 2 anos eu ficasse presa ao CÚ. Também queria ver até onde eu deixaria que me tratassem com arrogância, com desprezo e com posse. E tive que ouvir diversas vezes o CÚ falar publicamente: "Se vc é assim e desenvolve esse tipo de atividade, não é aqui que vc tem que ficar. Procure um lugar. Pergunte pra mim que eu digo onde vc deve ir." E era exatamente o que diversas vezes eu fui pedir pra ele e ele se negou a fazer.

Ontem foi Quinta e lá encontrei-me com o CÚ. E depois de ouvir a mesma piada que o CÚ faz há 3 anos que o conheço: "Por favor, a 'tropa de choque' pode assumir seu lugar..... ou 'Tropa de Elite como preferirem." e

"Ahahahahahahahahahahahaha",

dão risada os que lambem o cú do EL CÚ, percebi que talvez isso o incomodasse mais: eu não acendo vela pra defunto ruim. Eu não lambo o saco de ninguém. Muito menos o cú. E se fosse pra lamber um cú, jamais seria o cú do CÚ, pretenso EL SEÑOR COMANDANTE.

Pensei comigo mesma: "Mina, que vc tá fazendo aqui? Todo mundo sabe do que vc é capaz. Vc sabe do que é capaz. Aqui, vc cresceu em quê? Vc acha que em 3 anos que vc está aqui, vão se passar mais 3 anos e alguma coisa vai mudar enquanto esse cuzão tiver aí bancando de CÚ? E outra, Débora: desde quando vc atura a mesma piada mais do que 3 vezes dita? E vc 'tá aturando por 3 fucking anos!!!!!!!!!!"

Daí decidi, por mais doloroso que seja pra mim, que eu vou deixar o CÚ e seus "lambe" pra lá. Doloroso, pq há aqueles que sempre me incentivaram e fizeram com que a peteca nunca caísse. Que me trataram com tanto respeito. Quero um tempo pra ver se lá é tão importante assim, pra mim. Quero um dia retornar e ver se ainda consigo sentir coisas diferentes do que sinto atualmente. (Não estou falando da vontade mortal de pegar o CÚ e enfiar um microfone pelo cú dele quando faz a mesma piada ridícula)

Pûs uma data pra mim: 7/10. Nem sei que dia da semana cai. Apenas a partir do dia 07/10, a próxima Quinta eu apareço. Depois disso, eu decido o que fazer. Incluindo eu ir pra onde me chamaram, sem a permissão do CÚ.

P.S.:" Eu sempre fico em dúvida se a palavra "cú" leva acento. Mas acho que um acento no cú dá toda uma afirmação na expressão."

7 de ago de 2008

POIS É, JOSÉ!

Lembram que as minhas caixinhas de som tinham pifado, né?



Pois aconteceu que eu deixei que elas caíssem da mesa. Hoje, organizando a mesa, descobri que o plug das caixinhas de som, estava fora da torre do pc..... sem comentários. Testando a caixinha, descobri que elas agora só funcionam no volume máximo!

Daí 'tava aqui tranquilamente levando minha vida tediosa a rotina e o pc pede que eu faça limpeza no disco. Pânico. Nunca fiz isso e sabe lá se era algum spyware que ía apagar meus arquivos? Daí procurei a informação e soube que é assim mesmo, que de tempos em tempos tem que fazer a limpeza do disco e de preferência antes de desfragmentar os arquivos (coisa que eu já fazia).

Na hora de desfragmentar, o pc avisou que no meu c: tem 4% de área livre. Como assim? Meu pc é tão basiquinho, não tem nada quase instalado a não ser trocentas músicas e zilhões de fotos....

Vou ter que apelar ao meu irmão nesse fds que ele venha aqui dar uma olhada pra mim, pois me lembro dele ter divido a memória entre disco c e d. No mais, tem um monte de coisas aqui que eu não sei se eu deleto, pois como eu não as entendo, tenho medo de mandar coisas importantes embora. Portanto, meu irmão será meu faxineiro.

Maldita perguntinha do windows: "tem certeza que quer excluir?"

Acaba com minha resolução de limpar tudo o que é desnecessário.

Mais tarde, quero ver se eu abro a caixa de som e conserto esse lance do volume. Não é possível que geneticamente meu pai não tenha me passado nenhum dom da engenharia eletrônica. No mais, a caixinha de som não deve ser mais complexa que uma tomada de extensão, não é?

BOLINHO GELADINHO

Ontem, depois de me encontrar com pessoas legais e ter conversas ótimas, o Dé acabou me encontrando. Daí que eu fui levá-lo em casa. No caminho, ele comprou cocacola. Eu neguei, juro por Dios...... mas ele me forçou e tomei um bocadinho dela.

Chegando na casa dele, mesmo eu não entrando pelo horário avançado, ele entra e volta com uma sacola com pedaços de bolo geladinho.

Regiminho, cadê vc? Cocacola e bolo daqueles molhadinhos e gelados com côco por cima, em plena Quarta-Feira, podem?

Chegando em casa, encontro ...... pizza. Pra minha sorte, era pizza de cadáveres e então segui firme no brócolis com ovo e requeijão.

'Tão me sabotando... querem que eu fique pra sempre com a minha pochete.... não é possível!

6 de ago de 2008

REENCONTROS

Ai, que coisa boa que foi!

Ontem voltamos às nossas aulas no voluntariado. Recebê-los contentes por simplesmente eu e o Dé estarmos lá, me fez lembrar da responsabilidade que tem um professor.

E com os nosso alunos, recebemos mais 19 oriundos de outra sala. Tudo é novidade para estes. E mesmo com dois lá que percebemos que estão nos testando, tudo correu mutíssimo bem, obrigada.

E o que nós ouvimos de "prof, eu lembrei tanto da senhora nas férias pq eu 'tava em dúvida com uma palavra.....", "prof André, eu comecei a ler um livro....", "prof, vcs vão passar vídeo?".

E eu achava que só eu sentia falta deles! Como eu sou bocó, não é?!

Ontem para dar uma noção geral do que eles vão ter que estudar sobre impostos municipais e estaduais, o Dé teve a brilhante idéia de fazê-los entender como funcionaria nosso sistema. Mais tarde, acessei a internet junto com eles, para mostrar quantos assuntos eles podem reivindicar junto à prefeitura.

Eles entenderam que não podem ficar esperando as coisas caírem do céu e nem esperar que o "seu" vizinho faça a parte dele, para daí sim tomarem uma atitude em prol da comunidade. Alguns começaram já a enumerar no caderno, as coisas que eles lembraram estarem erradas nos bairros deles para fazer uma reclamação.

Também foi bem legal saber que alguns arrumaram emprego. Outros, que disseram o quanto a convivência de nós professores e entre colegas, melhorou a vida particular de cada um.

Espero lembrar de tudo isso para que eu possa passar por cima de algumas coisas chatas e principalmente, deixar para lá pessoas que não entendem que voluntariado é mais do que projeção social.

Menção honrosa: nossa diretora dizendo "Dé, tem uns lá que vieram muito "elétricos" e teve professor que penou. Então, faça o que tiver que fazer que eu te apoio, ok?"

5 de ago de 2008

VALE PELO REGISTRO

Bom, eu odeio shopping center. Mesmo. Tipo, eu até vou e consigo achar lados positivos em uma ida até o shopping, porém, é o último lugar da Terra que eu iria pra me divertir.

Não vejo nada de divertido. Acabo sempre me instalando em algum lugar tipo livraria ou boliche dentro do shopping. Nem pra comprar roupa. Roupa é no Brás e de preferência no bandejão, pq tem o espírito de gincana: achar roupas lindas e com preço ótimo, ou seja, aventura!

Mas, nem sempre a gente faz apenas aquilo que gosta, não é verdade? E eu não sou diferente. Pois bem, precisava comprar um vestidinho e tals pra uma festa e caímos em um shopping. E shopping meus caros, vem gente do mundo todo.

Agora imagina, eu comprando roupa de festa e chegar em uma loja de vestidos para tal e dizer: "Seguinte, moça. Eu não quero vestido brilhoso, nem com pedras, nem latejoulas, nem bordados. A cor não pode ser preta e tirando essas coisas que eu falei, o vestido pode ser de qualquer cor ou modelo, tá?"

E a pobre moça devia se perguntar o que eu fazia em uma loja daquelas...." Por que vc não vai até uma costureira e pede pra ela fazer um que vc goste?", teria eu perguntado se estivesse no lugar dela.

Vou poupá-los dos detalhes quase sórdidos do que é alguém trazer 30 vestidos e vc bater o olho e dizer: "não, não, não, esse experimento, não, não, não, não não, esse experimento......" e repete-se a mesma coisa em 5 lojas.....

Cheguei em uma loja, quase desistindo e a moça captou qual era o meu staile. Trouxe alguns. Experimentei...... e entalei em um deles, tipo, eu de calcinha dentro do provador, com metade do vestido na minha cara e o zíper bem em cima da minha garganta (tipo o zíper ficava nas costas) e duas alças do vestido em um mesmo braço. Entalada, mal conseguia chamar alguém pra me ajudar, sem me importar que eu poderia aparecer nua em uma loja cheia de estranhos. Só queria me ver livre e de preferência, sem estragar um vestido que eu não compraria.

Pois bem, olho pro namorado que pacientemente me esperava e vejo que ele dava sutis risadas. Mas eu estava tão fula que eu nem dei importância.

Saindo da loja, enfim com o meu vestido, ele me perguntou se eu tinha reparado na moça que estava no provador ao meu lado. Disse que não e foi aí que ele me mostrou a foto:



Ahhhahahahahahahahahahaa.

Tipo, para o meu namorado reparar (sendo que ele é do tipo que nem sabe a diferença de uma echarpe para um lenço, coisa que define bem os conhecimentos dele em moda) é sinal que a coisa tava feia....

O que leva a pessoa a sair do Rio De Janeiro, vir pra Sampa e pôr meia de dedinhos coloridos e um chinelo pra ir a um shopping? Jesuis.......

Como eu soube que ela era do Rio? Simples, o namorado ficou só de botuca escutando.

Eu estou criando um monstro. Logo o namorado vai começar a descobrir minhas breguices......

OPA, ESTAMOS AÍ

Hoje demorei mesmo pra vir aqui. Tem muita coisa acontecendo aqui na minha cabeça.
Uma delas é a vontade imensa de pôr as coisas pra funcionar e estar sempre avançando na vida. Parece que isso é uma coisa tão ambiciosa, pelas dificuldades que eu enfrento.

E ainda restam os chatos que a todo momento me lembram que existem por mais que eu sumariamente os ignore.

Mas cada coisa no seu tempo, né?!

4 de ago de 2008

JORNALISMO VERDADE

Meu, impressionante como é conduzido o jornalismo. Estava eu vendo o Domingo Record, quando eles com exclusividade, colocaram no ar as conversas que os pilotos do Legacy tiveram antes de estrumbicarem com avião da Gol.

Daí o jornalista fala com entusiasmo e espinafrando os pilotos sobre a desorientação deles quando eles perguntavam um para o outro, se Manaus ficava no sul do trajeto que eles estavam fazendo. No trajeto, Manaus ficaria no Rio Grande do Sul, pelo conhecimento geográfico dos pilotos americanos.

Qual o espanto? Sério..... qual é o espanto?

Que eu saiba não é novidade que os americanos em conhecimento geográfico são verdadeiras mulas. (Desculpem, mulas.) Pergunte a qualquer americano, onde fica Milão, Cingapura, Nice, Hamburgo...... Buenos Aires (lógico que fica aqui, é nossa capital).

A única coisa que americano aprende na escola é: Juro pela bandeira dos estados unidos, fidelidade, blábláblá whiskas sachê........

Pra mim, a maior burrada dos pilotos americanos foi não lerem o manual do jato. Ou não terem aprendido a pilotar decentemente pra desconfiar que o jato possuía um dispositivo anti-colisão.

Entre outras burradas, tipo, Vietnã e Iraque são algumas das milhares que eles cometem. Não tenho nada contra americanos, muito pelo contrário: graças a eles eu me sinto uma moça muito da inteligente!

MAIS UMA EXPÔ

Eu recebo informações do Museu do Imigrante aqui em Sampa e li também na Folha de Sp que lá no Museu, estaria rolando uma exposição sobre a Bomba de Hiroshima e Nagasaki. Movida pela curiosidade que não tem tamanho pelo gosto em saber de coisas que a escola não contou, fomos eu e o namorado pra lá.

Vale lembrar que várias vezes eu dei com o meu lindo narizinho na porta, pois sempre eu chegava tarde. Nem as festas que por lá rolam com direito a comes e bebes eu consegui ir.

Olhem bem para esta foto que eu depois escrevo explicando:



Andamos pelo Memorial:


Adorei os jardinzinhos....... todos floridos, bem varridos e super bem cuidados.

A estação de trem que dá para vc passear:


Entrada da capela ecumênica:



E aqui, achei esse detalhe super legal:

Estava fotografando e apareceu um casal com uma criança enquanto eu fazia a minha pose de napoleão quando perdeu a guerra para fotografar e a mulher perguntou:

-Que é isso?

(Daí percebi que era uma pergunta mesmo e não uma exclamação/reclamação pela minha pose)

-Não sabe o que é isso?-perguntei de volta.

-Não, não sei......

-É o seguinte: antigamente nada era asfaltado, nem pavimentado, logo as pessoas ficavam com a sola dos sapatos bem enlameados. Então, esfregar no tapete não era suficiente, daí eles vinham aqui e esfregavam o pé pra tirar a lama (e eu fazendo os movimentos com o pé) e depois esfregavam no tapete pra entrar......

-Nossaaaaaaa........ (fazendo cara de conteúdo) obrigada, viu?!

Me senti maior útil! Ehehehehehehee.

Aqui viaturas de época:


Imagina vc chegando de uma viagem longa de navio. Além dos enjôos e a falta do que fazer, tinha durante esse cruzeiro nada luxuoso, pulgas, carrapatos, doenças e etc.

Daí vc chegava na hospedaria, era um oásis. Tinha até como tomar banho decente, uma cama limpinha, dentista, médico, barbeiro:



"Mà que cazzo, Gúido! Aspetta um poco que a gente já vai comé. Não tá vendo com seus óquio que eu tô dando banho no seu mano?! Porca miséria!"

Até indío aparecia na hospedaria:


Reprodução do escritório de registro dos imigrantes:


Passaporte:


Baú:


Farnel:

Para aguentar a fome até chegarem na colônia.

Pois bem, daí lembra daquela mesa lá em cima no início da postagem? Quando nós fomos em direção à exposição, tinha além da mesa, algumas cadeiras. Japa tem em todo o lugar é como formiga. E sendo uma expô sobre a bomba, claro que íam rolar uns japas....

Só estranhei que começaram as emissoras de tv a aparecer e montar seu circo:


Entendi que era a abertura oficial da exposição e achei maior legal nós estarmos lá. Não deixa de ser uma coisa histórica, né? Pois bem, começa a formar o palco e chama daqui, chama dalí e vi que o Secretário de Cultura do Município estava lá representando o senhor que fala estranho senhor prefeito:


Quando começou a abertura, entendemos a importância da exposição. (Se é que o fato de ter algo sobre uma coisa tão triste e tão revolucionária no Japão, já não fosse suficiente por si só.)

Daí é que ficamos sabendo que a expô só foi possível graças ao esforços do presidente das vítimas da guerra aqui do Brasil, que conseguiu que parte do acervo do Museu da Bomba no Japão viesse pra cá.

Aqui o presidente da Associação das Vítimas da Guerra:


E o presidente do Museu da Bomba do Japão:

Tradutor no fundo com o discurso traduzido pra gente.

Só que percebi que ía demorar muito pra que a exposição fosse inagurada. Eu não sou chegada muito em cerimônias.... Então o que fizemos foi ir embora par voltarmos outro dia, na certeza que encontraremos ótimas coisas pra serem vistas.

Serviço: Rua Visconde de Parnaíba, 1.316, Mooca, perto do Metrô Bresser.
Tel.: (11) 2692.1866
Abre de terça a domingo, das 10h às 17h, inclusive feriados.
Ingressos: R$ 4,00 e ½ entrada para estudantes
Grátis no último sábado do mês e para maiores de 60 e menores de 7 anos
Site: http://www.memorialdoimigrante.sp.gov.br/

1 de ago de 2008

JOSÉ DE ANCHIETA

Por causa do meu brinquedinho, eu consegui ouvir um pouco do debate ontem dos candidatos à prefeitura de Sampa.

Adorei a frase do Patolino-Kassab respondendo para a Marta Suplício sobre a saúde:

"Na minha gestão investi muito em saúde, 30 milhões. Desde ......

(daí ele deve ter pensando em algum antecessor, mas o tempo passa rápido demais para fazer buscas na memória de alguém que não tenha migrado pra um partido hoje opositor)


...... desde Padre José Anchieta, nunca se investiu tanto em saúde em São Paulo!


Ahahahahahahahahaahahahahahaha.

Apelar pro Anchieta é demais!

LISTA DE PEDIDOS

Estou pensando seriamente no meu próximo aniversário. Sim, pq se existe o que chamam de "inferno astral", saibam vcs que não é um mês antes do se niver que ele chega e sim, 6 meses antes. Isso por causa do signo contrário ao seu e blábláblá whiskas sachê.

O meu começa agora em Agosto. E não teve um ano que eu tenha feito algum pedido de presente. Pelo contrário, nunca peço nada. Só que as coisas tem acontecido e eu vejo que cada dia que passa, com a vida fransciscana que eu tenho levado, que eu estou vivendo da "bondade de estranhos", como diria a Virgínia Woolf.

Hoje, quebrou de vez a minha caixa de som do pc. Pata que parél! Tá certo que eu deveria ter reclamado delas logo assim que eu comprei o pc uma vez que o stereo dela virava mono de uma hora pra outra. Mas como eu estava determinada a trabalhar, trabalhar e trabalhar feito uma formiguinha do La Fontaine, eu nem liguei pras caixas de som.

A Fifia já perguntou que "bicho" era o que estava no meu teclado. "Não é bicho, Fifia, é que a tia usa tanto a letra A que gastou a tecla........"


Então, tô pensando em fazer uma listinha das coisas que eu preciso ganhar urgentemente. Ehehehehehehehehee.

E meu, agora que eu ía ouvir o debate dos prefeitos de Sampa, as caixinhas me deixaram na mão.