12 de ago de 2008

BANESPA, FETICHES E PASSEIOS

Cada dia que se passa, eu invento títulos cada vez mais sem nexo. Mas vamos lá ver se vcs me entendem. Eu tenho pra mim que certas pessoas tem certos "fetiches" a meu respeito. A Ludmilla é uma dessas pessoas. Sempre tenho a sensação que a Ludmilla quer passear comigo, pq ela acha que sempre vai ser suuuuper maior legal, quando na verdade, sair comigo é simplesmente "legal". (com muita sorte e se o meu mau humor ditocômito deixar.)

Pois bem. Lá fomos nós rumo ao prédio do Banespa que apesar de ser um ponto turístico que valoriza muito Sampa, não abre nos fins de semana. Acredita? Ponto turístico que não abre nos fins de semana. Portanto, visitar a torre do Banespa, só para turistas de verdade, desocupados como eu ou pessoas que têm feriados no seu trabalho como a Lud.

Para nossa sorte, o dia amanheceu sem chuva e lindo! Não se paga nada para entrar no Banespa e vc só faz um breve cadastro, com direito a foto.
Entramos na fila pra subir o elevador mega-ultrè-rápido e fizemos mudança de elevador. Chegando no saguão, ainda subimos 3 lances de escada e nos registramos (novamente).

Esperando a turma que estava no terraço descer, fiz alguns cliques:

Detalhe da escada caracol.

Telefone:


Daí subimos. A moça nos avisou que o tempo de permanência seria de 5 minutos. Percebi que infelizmente a foto que eu queria fazer do lado da bandeira de Sampa, não seria possível, pq o patamar da bandeira ainda fica alguns andarezinhos pra cima do terraço. Humpf!

E olha só, mesmo com tanta chuva que deu, nem assim o ar ficou menos poluído:

Isso é pra vc saber o que respiramos. Pense nisso cada vez que tirar o carro da garagem pra ir na padaria da esquina comprar o pão.

Pateo do Colégio:


Aqui, para vc saber o capricho que as construções antigas tinham. Nessa época, nem helicóptero passava, mas primavam pela beleza. Olha que terraço maravilhoso:


Mosteiro de São Bento:

Percebeu o tamanho das pessoas lá abaixo? Pois como eu disse pra Lud, a gente tem que ter consciência do quanto o ser humano é ridículo. Não passamos de formigas um pouco mais inteligentes. Deus deve ter maior fobia de olhar pra gente lá de cima, afinal, não passamos de germes pra ele.

Vai daí que um grupo de turistas me pediu que eu os fotografasse e a Lud fez um making off da foto......

Viram meu cabelo confuso e menor? Aqui parece um pouco maior pq a cabeça estava enclinadinha. E ele estava alvoraçado? Sim senhor! E eu usava grampos de cabelo como se fosse uma freira que acabou de abandonar o convento? Claro, com certeza!

Aqui o grupo:

Peruana, canadense que mora no Peru, venezuelana e venezuelano que se chama Alejandro. Como eu sei o nome dele? Pq ele puxou conversa e eu com muita preguiça de falar em espanhol (talvez pq lá no país dele eles não facilitem em nada nosso contato por lá) eu explicava onde ficava cada coisa lá de cima e demos, eu e a Lud, sugestões pra que eles visitassem coisas aqui em Sampa.

Eis que pegamos o elevador juntos e ele perguntou se tínhamos telefone. Meu..... Daí em bom espanhol eu disse que tinha sim telefone, mas que "tengo un novio muy celoso". Não foi problema pra Alejandro que prontamente olhou pra Lud e perguntou : "y usted? tienes teléfono?"

Gentilmente, oferecemos que o grupo se quisesse, viesse com a gente na Catedral da Sé, visitarmos as catacumbas, mas o canadense não o quis e eu achei bom. Afinal, homem pegajoso eu não tenho paciência. Seja ele venezuelano ou brasileiro. Depois, poderia eu fazer piadas a respeito de Hugo Chaves? Então... melhor assim, não é?

Aqui detalhes da construção:

E vc se acha super moderno quando vai reformar seu banheiro e coloca pastilhas no box e nos detalhes do azulejo, ?

Subida para o topo onde fica a bandeira:


Dalí, fomos para a Sé. E esse passeio escrevo a seguir.

Lud, pode pegar aqui as fotos que vc quiser, pq vc sabe como é difícil nos encontrarmos via msn. Espero a foto que os gringos tiraram de nós duas. Vale o registro, ? A não ser que eu tenha ficado mais horrível do que o costume. Daí vc pode até atear fogo na foto.

Saiba mais da TORRE DO BANESPA.

2 comentários:

Lu disse...

Fetiche de sair com vc? huahua na verdade, vc é a guia do centro de SP, superintegrada com os nativos, tirando foto longe do posto policial. É, no mínimo, uma aventura!

Vc só tirou essas fotos? Achei que tivesse tirando mais... bom, as minhas saíram legais, o único problema foram as da cripta... essas eu realmente preciso de todas...

Vc queria tirar foto na bandeira? E não me falou nada? Da próxima vez que eu tiver um feriado e for gastá-lo em SP, eu levo a minha bandeira da Copa pra vc tirar a foto lá em cima kkkk Brincadeirinha!

Ah, essa última foto da escada ficou igualzinha à do caderninho que recebemos... mó legal!

Débora disse...

Da cripta, só tenho essas que postei e mais uma da parte de cima da cripta do padre baloeiro.

A foto ficou igual? Acaso. Eu mal olhei pra o caderninho e até o devolvi como vc viu. Papel demais, árvores de menos, sujeira a mais em Sampa.

Mas sabe que olhando pra essa foto, me pareceu foto de navio. Por quê? Não sei.....