21 de abr de 2009

FAXINANDO O BRADESCO (CAPÍTULO FINAL)

Pois é, meninos e meninas.

Aproveitando que ganhei uma folga na Segunda que antecipou o feriado de Tiradentes, fui lá no Bradesco resolver a minha conta.

Então para esclarecer tudo vamos aos fatos. Eu em 2004 tinha começado um título de capitalização, que foi resgatado em 2006 e aplicado em um fundo chamado Hiperfundo que nada mais é que um Hiperpoup com outro tipo de rentabilidade.

Vai daí que essa era a informação que me faltava, o nome do da aplicação para saber o destino desses [ironia on] suntuosos [ironia off] R$ 311,17 .

O gerentão pediu que fosse feito um extrato do período de 2006 e voilà: encontrou o dito. Bom, conversando com ele, confirmamos que esse dinheiro estava desvinculado da conta corrente e só poderia ser resgatado caso eu fosse pessoalmente pedí-lo na agência.

Mas, o detalhe que faltou na informação do primeiro gerente que me recomendou essa aplicação, é que o Hiperfundo fica paradinho lá na conta por até dois anos. Se não, ele vai pra conta corrente, vejam só vcs.

E foi o que aconteceu em maio de 2008. Ele tinha rendido ao final de dois anos, 65 reais e foi todinho pra conta corrente que estava .....negativa. Ou seja, o fundo apareceu e foi pra mim mesma. OK.

Pensando melhor e na praticidade, sabendo do destino da minha poupançazinha, decidi que brigar com o Bradesco por falta de atendimento e informação do primeiro gerente era uma burrice completa. Afinal, eles me devolveriam a poupança e cobrariam o dinheiro da conta que estava negativa, ou seja: trocar seis por meia dúzia.

Mais um motivo pra encerrar a conta por lá. Se não nos atendem bem, melhor mudar mesmo de instituição até ficar satisfeita.

Como esperei para encerrar a minha conta, paguei os encargos do mês de manutenção de conta e um restinho de saldo devedor. E finito.

Só para informação dos correntistas que tiverem um Hiperpoup: a aplicação agora rende por um ano e não dois como era quando eu fiz e o gerente não me avisou.

Aproveitando o tempo livre, fui até a outra agência do Bradesco encerrar uma conta poupança que foi a primeira conta que abri na vida. Essa não deu trabalho nenhum, pois sem movimentação há anos, estava encerrada por si só.

Ótémô!

Faxina: R$ 185,00 (total)
Dificuldade da faxina: média (por conta de eu levar duas semanas pra descobrir o fundo e encerrar a conta e claro, o gerente ou qualquer outra pessoa da agência, nem se preocuparam em ligar e etc.)

16 de abr de 2009

RÁ.... É QUINTA!

Então é dia de boletim faxineiro.

************
Sempre quando chego na estação Belém, entra um policial militar no vagão. Pegamos eu e ele o mesmo vagão. Talvez nós dois somos um tanto quanto apegados à rotina, pode ser. O fato é que eu pegando exatamente este vagão, dou de cara com a escada rolante que me levará para a outra plataforma de pegaro o trem, percebem?

Assim posso correr desenfreadamente e pegar o trem. Senão tenho que esperar 10 minutos.

O que mais me dá nos nervos quando vejo esse policial é que ele se chama alguma coisa Belo. Ou seja, ele é o Guarda Belo. Ahá, pegou? Sacou? O Guarda Belo.

Só eu pra rir às 20 pras sete da manhã com coisas bobas como essas.

Daí sento eu para atender meu "cliente" e o colega do lado me puxa pra chamar a minha atenção para o "cliente" dele: era um Pm chamado Belo. Ahahahahahahahaa

*********************

E a empresa pra qual trabalho, resolveu emendar a Segunda para o próximo feriado. Beleza!

************

O frio começou. E assim, sair da cama se torna uma das mais odiosas tarefas. Aliás, o frio me deixa mais insuportável que o costume.

Vai daí que eu na Quarta saí para trabalhar de calça jeans, regata laranja, casaco bege e meias..... rosa.

Entendem?

Daí a empresa vai uniformizar a gente que é "linha de frente" e acho ótimo, pois além de não gastar a roupa da gente, eu não levarei mais que dois minutos pra pensar que roupa levar e ainda assim fazer essas maravilhosas combinações.

************
Elogios que tenho recebido. Coisa boa. Pena eu não poder contar as coisas engraçadas, emocionantes e curiosas da empresa que eu trabalho.

*******

E tem gente que adora dar lição de moral e escreve "chatisse" ou erra em pontuação, copia textos na cara larga. No coments, não é? Uma vez eu li um artigo de um neuro que dizia que a pessoa que não se expressa bem (oral ou escrita), não pensa bem.

Na boa, se fosse só uma vez eu deixaria passar afinal eu não sou grandes coisa neste blog, é verdade, mas sabe o que é todo o texto uma cagadinha?

********
Muito curioso o comportamento juvenil. No meu voluntariado sempre há situações que desafiam nosso modo de encarar e gerenciar situações. Ora é a aluna que se sente perseguida, ora é aquele aluno brilhante que não aceita regras e se autossabota. Mas entre mortos e feridos, muitos estão satisfeitos e isso pra nós é o que importa.
**********

E o Orkut agora proibe mensagens em anônimo. Acho ótimo. Porque tem aqueles covardes que acham que passam impunes pelo anonimato. Como eu soube de pessoas que se dirigiram a membros da minha família contando certas coisas sobre o meu blog.

Ahahahahahahahaa.
Caíram do cavalo.

Ou melhor: o tiro saiu pela culatra. A vida de certos infelizes é tão infeliz, mas tão tão, que nem conseguem entender certas peculiaridades. E acham que eu não sei de certas coisas. Isso que eu acho o melhor e mais engraçado de tudo.

Desculpem não ser explícita, mas sabe o que é uma pessoa que quer por que quer se mostrar como bonzinho e para isso suja a imagem de outra pessoa? No caso a "outra pessoa" sou eu. Só que a pessoa além de ser infeliz, se perder nas palavras, se contradizer e tudo o mais.... ainda é azarada? Ahahahahahahahahaa.

Pois é.
Eu continuo rindo e os cães ladrando por aí. Cães gordos que só podem ladrar de suas caminhas pq não conseguem acompanhar a caravana correndo. Ao menos rolando poderiam tentar, né?

*********

Meu vizinho todos os dias de manhã, promove uma linda serenata dele escarrando e depois sentindo ânsia do próprio catarro. Sorry leitor que estiver comendo. Mas essa é a minha realidade matutina. E o infeliz "espera" hora de eu levar o iogurte de todo dia à boca pra começar a sinfonia.

*********

Em breve, quero publicar certas fotinhas. Acho que vcs gostarão. E até!

12 de abr de 2009

MUITAS COISAS AO MESMO TEMPO

Com feriados na agenda, pensei que eu faria coisas diferentes, mas se eu fizesse uma, jpa me daria por feliz: dormir até tarde.

Ocorre que acordando 15 para as 6 da manhã todos os dias, levantar cedo nos feriados não é tarefa das mais fáceis. Você precisa de treino. Primeiro vc tem que fingir que não despertou mesmo com o despertador desligado. Depois vc tem que enrolar a bexiga o máximo possível para continuar dormindo. Eu sou dessas pessoas que se levanta para ir ao banheiro, não consegue mais voltar e dormir como se nada tivesse acontecido.

Conclusão: quando é 8 da manhã eu sinto que dormi até à 13:00. Mas ó, essas duas horas dão uma revigorada monstro.

*******

Tentando pôr a vida no excel. Acontece que o excel é personalizável até à página dois. E eu quero por que quero uma planilhinha mais que completa para mim. Difícil.

*******

Visitei uma lojinha muito legal. Ela vende várias peças tipo caixinhas para bagunças, enfeites e coisa e tal, incluindo móveis, todos em mdf pronto para serem pintados, decoupados ou ainda, mosaicados.

E sem contar que a vontade de personalizar tudo com certeza é maior que o espaço disponível para abrigar tantas peças..... ehehehehee. O jeito é começar a presentear o povo.

*******

E a bizarrice continua: fui a um restaurante japonês e claro que não comi nada. Mas me diverti bastante. Juntamos turmas que seriam diferentes e ao que tudo indica deu super certo.

Claro que passei no Habib's antes. Senão ficaria umpossível. Mas claro que a sobremesa-de-nome-estranho-que-não-lembro-agora feita de banana, maçã e de sorvete foram minhas.... ahahahahahaa.

********

Antes de voltar ao batente de todos os dias, nos divertimos abrindo um laguinho. (sem perguntas, ok?). Vai daí que para nos distrair, um radinho tocava músicas de MPB e comecei a raciocinar coisas super importantes do tipo: "por que o Fagner quando canta 'Canteiros' fala 'fêcho' deixando a boca bem fechada mesmo se a vogal nesse caso tem som aberto e sendo ele ainda um nordestino, deixa tudo muito mais estranho?" ou ainda, "por que a Paula Toler não faz músicas novas ao invés de cantar sempre as mesmas com arranjos diferentes?"

São os mecanismos que usamos para aliviar a tensão, não é mesmo....?

FAXINANDO O BRADESCO

Ok, lá vamos nós para uma das primeiras faxinas. O Bradescão véio de guerra e sempre muito comentado aqui no blog ora pelas filas gigantescas que eu enfrentava para pagar meus impostos antes de abrir a minha loja no horário de todo o dia, ora pelas absurdices a que sempre me submetiam.

Pois bem, quando a coisa começou a ficar preta, conversei com o gerente e pedi que fechasse a minha conta:com dinheiro faltando eu usaria o tal do limite e me danaria pra valer. Maaaaas, veio o gerentão e fez uma proposta: me dar um limite até eu resolver a situação.

Isso foi lá em maio de 2006.

Neste mesmo dia que conversei com o gerente, ele retirou um pequeno investimento que eu fazia todos os meses e aplicou em um fundo de investimento.

Pula para 2009.

Um dia antes do feriado de Páscoa, decidi ir ao Bradesco fechar a minha conta de vez, até porque a empresa pra qual trabalho, deposita tudo pelo Real. E até porque na Quinta foi ponto facultativo no município onde trabalho e eu poderia ir ao banco resolver tudinho.

Devendo R$ 158,13 para ser exata, resolvi que resgataria aquele [ironia mode on] suntuoso [ironia mode off] fundo de investimento de R$ 300,00 e saldaria a dívida de uma vez e encerraria o caso.

Mas eis que tenho uma surpresa: o fundo sumiu. Ninguém o acha. Eu não lembro do nome do investimento. E sei que ele não foi usado para cobrir a conta, uma vez que para mexer nele eu precisaria conversar com o gerente.

E procura daqui e de lá e nada. Conclusão: o que era pra ser uma coisa super simples de ser resolvida, virou um trâmite para pelo menos uma semana. Com direito a adevogada levando procuração no meu nome pra encerrar a conta.

Depois que falei com a Dani-adêvogada e ela ficou de resolver o negócio, lembrei que eu tinha mais uma poupança no Bradescão só que em outra agência. Terei que esperar mais um feriado que nãos eja feriado em Sampa pra resolver isso também.

Faxina: R$ 158,13 (sem contar juros do mês nem tarifa de uso do limite.)
Dificuldade da faxina: média. (dependerá de como a coisa desenrolará.)

2 de abr de 2009

OIE, POVO LIMPINHO!

Lá vamos nós para o plantão semanal. E preciso logo de um netbook com internet pra postar as coisas antes que eu esqueça. Alguém se habilita na doação?

***********

E não é que tem neguinho afro-brasileirinho fazendo exigências com o parco tempo que tenho? Quando é que eu comecei a acostumar mal esse povo, hein? Se fosse aquele tom que todo o amigo usa pra dizer que sente saudades minhas, tudo bem..... o caso é que pelo telefone sinto o dedo na minha cara, fala sério!

Daí eu respondo que eu vou levantar cedo no sábado. resolver as coisas e que se quiser eu vou me encontrar pra resolvermos as coisas e escuto "ah, mas essa hora eu marquei cerveja!". 'Tá, e a hora com meu namorado que eu abriria mão? Isso não vale nada pra pessoa. A pessoa quer por que quer e EXIGE que eu esteja lá na hora que ele não tem nada pra fazer.

A solução foi mandar um e-mail pra todo mundo e esclarecer que a minha vida mudou.

Mandei o e-mail e já voltou a resposta:

"Boa Cartilha.... a proxima poe um botao "aceitar" ou ou espaço para clicar na opçao..."Li e aceito as condiçoes e termos de uso" vc ta certa... parabens dede "

Ahahahahah. Tinha que ser o Renatzzz mesmo. E meu, "cartilha" foi ótimo! Detesto regras, engessamento, mas dedo na minha cara eu não aceito. Vc abrir mão de algo precioso e alguém mijar em cima então......

************

Daí que pra comemorar 1 mês no meu trampo, tivemos um feriado municipal. Ok. Aproveitei e arrumei algumas coisas, faxinei mesmo. Daí fui ficar com a Fifia pq acreditem, fiquei mais de um mês sem apertar aquelas bochechas lindas. E deixei o Ivan na mão. Claro, pq ele teve a audácia de trabalhar em pleno feriado (feriado só pra mim) e marcar compromisso depois do que tínhamos combinado. Mas ele é bom menino e entenderá a minha situação.

E sabem, eu aproveitei o feriado pra acordar maior tarde: 8 da manhã! Juro que duas horas fizeram uma puta diferença.

**********

Pra marcar as mudanças, cortei meu cabelo na altura das orelhas. Todo mundo levou um choque. Eu não tenho apego nenhum com cabelo, afinal ele cresce. E todos dizem que gostaram. O melhor disso? É que que acordo e não faço NA-DA e ele tem cara de penteado, arrumado, decente.

'Tava precisando mesmo, pois no meu trabalho 3 pessoas no mesmo dia me perguntaram se eu era evangélica. Nada contra mas não suporto ter cara de nada.
Só a de palhaça que é minha mesmo e até morrer eu sei que terei que usá-la.

**********

Uma ex-aluna minha do voluntariado, saiu em jornal de grande circulação falando das benesses de ter estudado na Fundação. Fiquei orgulhosa. Não fiquei tããão orgulhosa por saber das cagadas grandes que ela comete no trampo. Mas, quem sai aos seus não degenera não é mesmo?

*************

Saudades de andar com a Dani, de falar com a minha irmã, de assistir documentários.... de dormir.....

********

O trem é um capítulo à parte da minha vida. Já me acostumei com o vão entre o trem e a plataforma, com o cheiro nauseabundo (e bota bundo nisso) daquela Carapicuíba e com os tiozinhos que escarram pela janela. Hoje quase me jogaram nos trilhos na saída para a Barra Funda.

Fiquei tão apavorada e tão revoltada que, juro pela luz do meu monitor, que eu tive a moral de pegar um broche na minha necessaire só pra espetar os cabeça-chatas que me empurravam.

Ou seja, a bela espiritualidade de "ação e reação" e "não fazer aquilo que a gente não quer para o outro", foi na primeira espetada do broche. Ô sensação tão satisfatória! Baixa, mas satisfatória.

E quando o condutor do metrô/trem fala assim "Quem segura as portas atrasa TODO o sistema" eu juro que a primeira vez que ouvi com atenção esse anúncio eu jurava que ele diria "Quem segura as portas ...... é um bobalhão." tamanha pausa e entonação que ele fez.

Ahahahahahahahahahahaaha

************

Passei Sábado e Domingo últimos com.... enxaqueca. Fala sério, o ser humano tem algumas horas pra ficar na boa, sem faxina só descansando com o amadinho e tem enxaqueca.

**********

Uma das músicas do empêtrola:




***********

Assisti o "Ultima parada 174" e adorei. E já tenho planos pra ele. Claro que quando falo de planos, eu pretendo fazer coisas e dependo da colaboração dos outros. A responsabilida de execução é minha. Não fico jogando pra os outros aquilo que escolho fazer.

********

Saudades do CQC.

*******

E a faxina? Pois bem, deixa contar pra vcs que eu recebi pelos dias trabalhados que não foram de um mês inteiro. Ok. Daí tive que brigar pois meu salário veio errado. Então.... ainda estou resolvendo alguma coisas pra fazer a faxina. Sei que entre água e telefone, devo R$ 500,00 que pretendo negociar qualquer sábado destes no PoupaTempo.

Assim, vou tirando do caminho e limpando meu nominho.

Agora, a faxina da grossa mesmo..... essa nem quero ver quando chegaro veredito. E claro, continuo quebrada, dura e seca. A diferença é que eu sei que vou receber mês que vem. Ainda não sei quanto... ahahahahah é verdade, mas vou.

********

E o povo que no trabalho faz corpo mole? Me irrita? Nããããão, quéquéisso! Daí fizeram lá um amigo secreto de chocolate (OI, desde quando isso existe?) e eu não entrei. "Vc será anti social?!" e eu: "Putz, eu sou mesmo anti social e sociopata. Se puder espalhar isso pra os outros setores eu agradeço".

É, fazendo amigos e influenciando pessoas.... esse meu jeitinho tão faceiro, não é mesmo?

Não bastando essa, ainda queriam que eu participasse da festa do aniversariante do mês. "E o teu quando é, hein?!" e eu: "Pô, não quero comemorar o meu não..... muito menos aqui. Deixo isso pra lá, 'tá?"

Ahahahahahahahahahaa.

Porém (e é um "porém" bem grandão), encontrei no trabalho pessoas ótimas de se conviver, com simpatia e paciência pra comigo que sou novata. E esses fazem passar a hora rápido.

******

Até mais, povo! E continuem mantendo este blog limpinho, ok?