19 de mai de 2008

SEM RÉPLICAS

Graças os meus argumentos, acabei fazendo algo que eu não queria. Explico melhor. Eu não queria ir ao hospital/posto de saúde para ver afinal como acabar com a minha tosse. Isso pq os médicos "tradicionais", apontam apenas os sintomas e os tratam, mas a causa..... eles passam batido.

Isso quando eles não acham uma tremenda besteira, que o fator emocional desencadeia vários desequilíbrios físicos.

Daí, tirando também o fato que eu chegaria lá e eles me passariam um antibiótico, corro o risco no hospital público, de me tirarem um rim, ou o fígado, por engano (ou não).

Só que eu piorei. Muito. Crises totais de falta de ar.

Daí no dia seguinte, depois de uma disussão com o respectivo que insistia que eu fosse no hospital, eu disse que não confiava em uma medicina atrasada, retrógrada, antiquada.

Eis que ele vira pra mim e diz: " e vc acredita em uma medicina chinesa de mais de 3.000 anos e em uma homeopatia que foi descoberta em 1800 e alguma coisa"

Acabaram as minhas réplicas. Rumamos pra o hospital da Escola Paulista de Medicina. Lá me examinaram e tcharan: não tenho nada infeccioso, nada grave, ou resumindo, não tenho nada.

Mesmo não tendo nada (e me sentindo mal) me passaram um antiestamínico e um broncodilatador. Só tive uma crise esta manhã. Aguardemos, irmãos.