10 de out de 2008

SEGUREM-SE NAS POLTRONAS

É assim: tenho dois casamentos este fds. E tenho que ser prática por um simples motivo: Um casamento será em Itu e outro em São José du Champs. Um de noite, outro de dia.

Poderei repetir a roupa? Não pq é a mesma "turma" que estará presente. Além do quê, vestido de noite, com strass e tals pra um casamento de manhã, fica um tanto quanto fora de contexto. Ok, separar dois figurinos, tipos diferentes de acessórios e maquiagem.

No meio de Sampa pra Itu, o que teremos? Um aniversário de família em Indaiatuba. Legal... então até chegar em Itu, não poderei usar a mesma roupa de maloqueira como sempre. Terei que ir mais bem vestidinha que o costume. Isso não seria problema, desde que os presentes dos dois casamentos já tivessem sido comprados, não é?

Agora imagina vc toda arrumadinha, se acotovelando com as outras katyulcis naquelas lojas de departamentos, achando algo decente, do tipo, que eu se estivesse casando gostaria de receber.

Hora de fazer planos: o vestido de noite já está no tintureiro e conferi que ele ficará disponível às 16:00. A outra roupa: saia e blusa, estão separadas. Falta fazer o resto da mala. Sobrancelhas ok. Unhas não ok mas estão curtas e limpas. Falta separar os acessórios, o material pra estudar.

E claro, o cabelo. Dona mãe além de achar um lugar que a escova é 10 reáu, ainda financiará o meu momento "prinçeza du Netinhu".

Falta pôr a bateria da máquina fotográfica e do meu nanopodi pra "esquentar". E amanhã toca a levantar cedésimo.

Mas quer saber, acho que vou passar menas estresse que da última vez. E acho até que vou conseguir esquecer o turbilhão de coisas "off casamento" e distrair a minha cabecilda. E claro.... chorar horrores no casamento.