2 de nov de 2009

EM FERIADO DE FINADOS

QUEM É VIVO, APARECE!

Gente, nem vou me desculpar pelo longo hiato que se formou desde agosta até agora.

Dizer que andei ocupada e resolvendo/faxinando milhões de coisas é chover no molhado portanto, sigamos em frente.

Digamos que as minhas metas estão 80% cumpridas, o que é ótimo ao meu ver. O duro é que os 10% que seriam os mais significativos, também são os mais enrolados. Diria que são quase carmáticos.

A boa notícia é que aquilo que pensei pagar na casa dos mil, renderam apenas a casa das centenas. Dureza, são uns bons pares de centenas.... ehehehehehehehehehee.

Além do quê agora tenho expectativa de pagá-los, posso negociá-los com segurança. Nessa faxina, tb encontrei um bom contador que deu uma mãozona pra mim. Voluntário da mesma Fundação que a que eu dou aula. E claro, Dani-adêvogada dando aquela assessorada.


Em breve, quero contar timtim por timtim desta faxinazona. Mas este é um capítulo bem dos longos.

*****************

No voluntariado parece que colhemos já os frutos de muita dedicação nossa e alguma da parte dos alunos. O que fiquei contente é que a Dani foi reconhecida pelo se trabalho e recebeu uma proposta legal. Eu recebi tb, mas por mera polidez.... ehehehehehehehehe. Fica pra mais tarde. Ou não. Veremos.

**************

O trabalho. Temos recebido gente nova pra trabalhar. É curioso como alguns já dão demonstrações do perfil profissional que têm. Outros refugiam-se na falsa segurança de continuar no treinamento. É tão mais fácil pedir ajuda, dizer "olha eu não entendo muito bem, me ajuda?" e estudar tb. Pq estudar é bom e facilita a profissão. Sei que muitos chegaram ali pensando na pseudo "estabilidade" da nossa grande empresa, porém as coisas realmente são bem diferentes das pregadas por aí. Muita gente jovem e imatura. Há de se descontar isso, não é? (Falou a velha....)

**************

Meu curso está devidamente acertado e ano que vem uma vida nova começa pra mim. Espero que sem dívidas e estudando aquilo que gosto. Ou aquilo que facilitará a minha futura profissão.

**************

Uma vez que agora ganharei 13º salário, penso em quitar o restinho das coisas e me dar ao luxo de ter um brinquedinho bom que facilite meus estudos, que facilite as minhas coisas e que ainda me deixe menos distante das pessoas que amo. Para isso, tenho que me programar muito bem e captar os melhores preços. Essa parte pra quem me conhece sabe que não é problema. O problema se deve mesmo à falta de tempo pra pesquisa. Vejam só vcs, hoje estou blogando da casa da sogra. Correndo. Pq sinto uma falta enooorme de escrever. Tenho coisas bacanas mesmo pra contar de coisas que venho vivenciando, de observações até inteligentes a fazer (eheheheheh) mas quando tenho tempo de sentar pra escrever..... elas vão-se embora.

E fotos? Cada foto genial que tenho feito. Que procuro inserir aqui mas quando vejo, onde tenho net não tenho cabo, onde tenho cabo não tenho tempo, quando tenho os dois o local não é confiável.... e por aí vai.

Falando em pc, enquanto esperava o Namorado me buscar, tentei baixar um antivirus. Tentei. Juro. Terei que apelar pra o irmão.

**********

Fifia foi ao teatro pela primeira vez, assim formalmente.... ehehehehe. Com a tia, lógico. E adorou embora demorou um pouco pra relaxar, curtir as coisas e participar. Sim, pq teatro infantil é participativo, sobretudo.A possibilidade dela tirar foto com o Sr. Coelho da peça a deixou feliz, em estado de êxtase. Texto da Clarice Lispector. Preciso dizer mais?

***************

Namorado descobrindo as maravilhas do Nintendo Wii. Claro que não tenho ciúmes, afinal eu jogo.... ahahahahahahahahahahaha.

E quer saber? Ele merece. Trabalha pra caramba, é esforçado, levanta de madrugada pra trabalhar, me aguenta ..................

***************

Falando em namoro. Incrível como tem gente que começa a namorar e não acha mais tempo pra os amigos. Também não acha endereço, telefone.... Mas deixa estar o primeio dedinho apontado pra mim dizendo que não tenho tempo.

Se tenho alguma coisa pra me autoelogiar é entre milhões de outras coisas é que nunca deixei de fazer nada em função do namoro. Tipo, continuei fazendo as coisas profissionalmente, indo à casa dos amigos, praticando esporte, cuidando da espiritualidade como sempre e nunca deixei amigo algum na mão. Mesmo que isso custasse algumas horas livres com meu namorado.

Mas cada um é cada um.

************************

Trilha sonora enquanto vou ao trabalho continua sendo Bandnews de manhã e na volta muito Tim Maia. Nem tempo pra mudar as canções do emepêtrola eu tenho tido.

*********************************

Até breve. Ou não.

20 de ago de 2009

MÁSCARAS

Máscara

Por causa da H1N1, estou atendendo os "clientes" de máscara. Claro, uso a "bico-de-pato" que dura 30 dias mas como eu uso maquiagem para esconder as olheiras (elas de novo!) a máscara suja mais rápido, então a troco a cada 15dias.

Estimulados por nossa chefia, usamos também na condução máscaras da mas simples: aquela branquinha que dura 2 horas, portanto meu tempo de percurso.

Tenho tido gratas surpresas com o uso da máscara pois em função do medo da doença e com a desinformação recorrente a todos os brasileiros, as pessoas me evitam fisicamente. Tenho vindo folgada com espaço e respeito nos vagões mais apertados.

Engraçado ver a cara de medo das pessoas, a cara de pena, a cara de nojo; cada um encara de uma forma. E eu, Saudável da Silva, entendo mais perfeitamente as lições do mestre Gaiarsa sobre "as caras que as pessoas fazem e que acham que as reais intenções passam dissimuladas".

Me pergunto: "O que quero ainda dissimular?", "Do que eu tenho tanto medo ainda de enfrentar?", "Que medo ainda tenho a respeito das pessoas?"

***************************
Máscaras

No trabalho certas máscaras estão sendo usadas para camuflar a tristeza daqueles que estão cumprindo um aviso prévio de meses.

Houve ainda quem dissesse "O que eu fico triste não é de ser mandada embora porque eu consigo emprego na hora que eu quiser e sim, fico triste pelos maigos que deixarei aqui."

Ahahahahahahahahah.

Ahã.

E Sábado e Domingo serve pra quê? Não é pra tomar cerveja com os amigos?

Daí que eu fui escolhida pra um projeto piloto, reconhecimento do meu esforço. Quem sabe a dificuldade que tive pra ser aceita lá, as coisas e pessoas que enfrentei e como é desgastante fisicamente chegar lá, entenderá e ficará feliz com o que escrevi.

E literalmente, quem mais empencilhou (gostaram?) pra meu ingresso, literalmente, sumariamente foi despedida por insubordinação.

Fiquei contente? Não. Sinceramente. Mas triste tb não fiquei. Lei da causa e efeito de que tanto respeito e temo funcionando sobre todas as pessoas. Crentes ou não dela.

***************
Máscaras

E no voluntariado que é a máscara mais máscara que uso na minha opinião. (Sim, fingir positivismo depois de um dia cheio é difícil, explicar o porquê a vida toda vc sifú por conta da ética e dizer que ainda assim valeu a pena e etc.........etc.....etc.....)

Tive algumas situações diferentes.

Meu amado e respeitado prof. VanVan que é meu coordenador e conhece a minha cara desprovida de máscaras em se tratando de empenho, esforço, ética e sobretudo: idealismo, experimentou um lado meu de que não me orgulho muito (mentira!) : Intransigência! Conhece? Já me viram intransigente?

Eu sei que fico ridícula. Sei e até me envergonho. Mas sei que me envergonharia mais ainda de me dobrar. De abrir mão daquilo que acredito.

E sei que por mais que ele me respeite e que me entenda, ele deve ter ficado triste, chateado e etc. E sei que a Dani-adêvogada, minha companheira de sala, ficou de certa forma acumulada pelo meu "sair de cena".

Fato é que eu camuflo, dissimulo muita coisa, inclusive o meu descontentamento com certas coisas perante meus alunos. Mas, para quem pode mudar essas mesmas coisas eu não dissimulo nada. Sou assim. Quem sabe mais 30 anos e eu mudo.

Daí que ganhei novos alunos. Eu e a Daniela estamos felizes pela classe nova pois eles são bem interessados, participativos, curiosos, respeitosos. Acreditamos que faremos ótimo trabalho. Os alunos antigos, ficaram tristes de nos perder e quando falamos com eles, um até chorou. Que bonitinho......

Espero que o passar de anos para ele não o faça perder a espontaneidade e começar a mascarar seus sentimentos verdadeiros. Manja aquele "homem não chora"?

*******************
Máscaras

Duro vc fazer o que não quer. Conviver com quem não se gosta. Ir a lugares e fingir alegria que vc não sente pela pessoa (pois ela é uma cretina). Uma merda desejar sorte ou parabéns para quem não merece.

Mas a gente por vezes faz isso em prol das pessoas que amamos de verdade. Claro, as pessoas que amamos de verdade sabem da nossa real opinião e aí está a beleza de amar: passar por cima daquilo que gostaríamos de dizer/fazer e as pessoas que amamos por sua vez perdoarem nossas ácidas opinões.

****************
Máscaras

Uns tem que conviver com a péssima cara que têm (feiúra e outras cositas más) e não têm opção de modificá-la, acabam usando uma personalidade que não têm para compensar a péssima cara que têm. Uns fingem-se de bonzinhos, de interessados nos outros. Outros refugiam-se na pseudo inteligência. Outros refugiam-se na própria feiúra para entrar aquela onda da "beleza Dove" tipo, "eu me aceito, tá?". Outros adoram a faceta do "sou uma alma ferida portanto tenho licença poética para ser malvado(a) suficiente.

Eu, tento modificar minha cara com os cosméticos para tirar as olheiras, disfarçar as marcas da pele, valorizar meus pontos fortes e esconder os fracos.....

Mas não tem jeito, o cansaço vence a cosmetologia. A correria desmancha a máscara. E aquilo que sinto e penso, transparece. Ainda bem.

Não quero ser como esses seres embotocados sem expressão. Nem literalmente nem metaforicamente falando.

Não quero ser engessada, enquadrada e limitada. Perfeitamente bonitinha. Quero ser sim, saudável o suficiente para ser bonita naturalmente. Por dentro e por fora.

*************
Máscaras.

Para terminar, quero dizer que a faxineira que vos escreve está feliz em realizar bastante coisa. Resolvendo ainda as pendências e feliz pelas conquistas que não só eu mas que todos aqueles que me rodeiam têm alcançado.

Esta é uma das provas que tenho que estou em um caminho iluminado.

******************

Beijos e grata por virem sempre.

10 de jul de 2009

ALGO ESTÁ ERRADO

e outras coisas estão nos eixos.

Percebo que algo está errado quando na novela das 8 Vera Fischer faz o papel de uma mulher equilibrada e que dá conselhos sensatos na vida amorosa de outrem. Mas o olhar esgazeado continua lá.... não deixa trair...... ahahahahahahaha.

Ainda sobre televisão, a Fazenda, que é um realaity show onde artistas disputam o preço de 1 milhão realizando tarefas do campo, só tenho a dizer que é inútil como todo o reality e delicioso de assistir. O duro é aguentar o Brito Junior qué insonso que só.

*************

Trabalho.

Acontece que para trabalhar na empresa que trabalho há duas maneiras: uma é vc disputar a vaga com trocentas pessoas (como eu fiz) e ser indicado por alguém de confiança (como 80% do meu setor).

Daí que resolveram mandar embora esses 80% e o clima pesou. Claro, é maior triste vc ver pessoas que têm suas casas e obrigações perdendo seus empregos assim de uma vez. Porém, como bem me alertou um deles percebendo minha tristeza (pq sim, eu me ponho no lugar dos outros) eles sabiam que tinham um contrato e que este rezava o começo e fim dele.

O que percebi é que muitos ficaram com a falsa segurança de que quem os indicaram seguraria as pontas quando as coisas ficassem piores. E eu já aprendi (e aprendo ainda) que não se pode confiar em ninguém e quanto mais em coisas importantes que mexam com dinheiro.

O caso é que sigo trabalhando e vivenciando ótimas experiências como a que passo a relatar agora. Foi Terça agora antes do feriado nove de Julho.

Um "cliente" apareceu com os documentos dos pais para retirar algo que devo entregar, pois este é parte do meu trabalho. Vai daí que o moleque não me apresentou o RG dele e esclareci que não poderia entregar nada para ele pois ele precisava não só se identificar como também provar sua maioridade. Ele insistiu e disse que o pai estava na lotéria fazendo um jogo e que logo chegaria por lá. Então eu disse que assim que o pai chegasse, eles que me procurassem sem senha nem nada que eu os atenderia.

Pois bem, apareceu o pai do moleque elogiando minha performance e dizendo que eu era muito eficiente. (Daí fiquei com medo, pq quando os clientes começam a elogiar.... logo em seguida vem chumbo e do grosso.)

Ele disse que o menino fica iludido com o quadro do Pânico do Impostor e que queria fazer igual.

Eu não mereço......

Moleque querendo viver papel de televisão e fajuto ainda por cima.

Mesmo sabendo que o "cliente" sempre tem razão ( ahahahahahahaha) eu não perdi a oportunidade de dizer: "poxa! e seu filho acredita na coisa mais combinada e manjada da TV brasileira?!".

Ahahahahahahahahahahaha

***************************

As faxinas.

As faxinas vão indo bem. Tive uma ótima notícia dessas que fazem gente pular de alegria. Caso é que muito se deve à honestidade, senso de responsabilidade e disciplina que sempre tive. Nada vem por acaso. Em breve quero contar com detalhes essa faxina que é a mais importante da minha vida.

***************

Viajando pelo Brasil. Tivemos mais um casamento na família do Namorado e assim que me liberaram do trabalho fui rumo a Minas Gerais. Como o caminho é longo e a estrada é deserta péssima por ser em Minas, um verdadeiro off road, decidimos dormir em Ribeirão Preto.

Mas, pagamos a língua, pois o Aécinho Neves resolveu usar dos impostos para alisar as estradas. Claro que ainda falta muito pra chegar ao ideal, mas o carro sofreu bem menos desta vez. Dirigi pela primeira vez em terras mineiras e adorei o esqueminha dos caminhoneiros ajudarem a ultrapassar. Maior legal!

E chegando lá, meus planos de me pendurar nas jabuticabeiras e sair de lá apenas quando não sobrasse mais nenhuma nelas, foram por água abaixo por dois motivos: 1º- não é época de jabuticaba (dãããã, Faxineira!) e 2º- época de ......




Morango!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Morangos grandes e vermelhos como devem ser. Bem recheados de morango (sem o oco costumeiro dos morangos de mercado) e doooooces, doces que só....



Como uma doninha comi morango a dar com pau. O duro é que um morango desses equivale a 4 morangos do de mercado. Portanto..... foi muita gulodice.



Pouco morango, né? E dizer que ainda tinha criançada entrando na roça com lata de leite condensado. Tiravam do pé e xuxavam na lata. Ô desperdício de leite condensado..... E ainda falavam com aquele sotaque mineiro, meio falado meio cantado: "esse ano não 'tá muito bom não..... 'tá azedo....."

***************

Fifia.

Como este blog é lido por familiares (uns distantes outros nem tanto), venho aqui testemunhar o crescimento desta linda menina. Inteligente, caprichosa, mandona, graciosa, manipuladora.....enfim, uma criança de verdade.

Ela finalmente largou a chupeta. Levou para a Mônica no parque temático "afinal a Mônica precisa manter os dentões e pra isso ela precisa ter todas as chupetas". O pessoal do parque foi super gracinha, pelo que o Mano conta. Ele "colou" na Mônica e disse que a filha queria entregar uma coisa. A Mônica falou com ela e foi muito fofa.

A Fifia ficou encantada. De prêmio pelo feito, ganhou um Sansão que o Namorado insiste em dar nós ns orelhas. Coisa de quem sempre leu os gibis e teve vontade de fazer.

A menina segurou bem a barra e chorou apenas dois dias pela chupeta. De resto, foi sussu.

Daí teve a festa Junina, festa que a Fifia simplesmente adora.

Laços e cabelos perfeitos para a dança:



Dançou muito bem, não errou a coreografia... mas... (sempre tem um "mas"), a Fifia segurava na mãozinha de uma menina na parte da roda e antes de se ajoelharem (só na "coreô" essas tias) elas precisavam desgrudar as mãos e a menina..... não soltava a mão da Fifia.

O desespero de errar a coreografia fez com a Fifia "de-li-ca-da-men-te" retirasse a mão da menina. Parecia que a menina era um polvo grudado na mão e a Fifia arrancando com força.... ahahahahahaha.

E continuou dançando e sorrindo (como se ninguém percebesse), afinal, the show must go on.

Um dia desses, eu e o Namorado a pegamos emprestado para passear. Vai daí que com a greve da Usp não a levamos onde gostaríamos, então a saída foi o shopping. E joguinhos que ela adora. Este foi o que mais ela gostou:




Repararam nos colares dela? Um era o colar de ervilhas como ela chama. Um outro foi a "Mônica" quem deu quando passou lá na casa dela enquanto ela estava na escola e soube que ela estava chorando demais pela chupeta.

Super combinante com a roupa, não é? Mas quem sou eu para falar sobre roupas e suas excentricidades?

*******

Momento "futilezas".

Meu celular. Descobri que ele não tem como aumentar a memória dele. Logo, para receber mensagens, terei que apagar as outras. Ou isso ou compro outro celular. Portanto: ou isso.

Fui até o Boticário para ver um creme contra as olheiras. A Katiuce que me atendeu (mal atendeu) mostrou dois e perguntei sobre amostras grátis para eu testar antes pq a diferença de preço entre um e outro era grande. Logo, porque gastaria 40 reais em um meia boca se o de sei lá quanto mais poderia ser mais eficiente? Gastava no eficiente, óbvio.

E ela olhou com uma cara de "xô, pobre!" pra mim como se tudo o que eu quisesse fosse amostras grátis e disse que "infelizmente o Boticário não dava amostras".

Meus ovos! (eu sei que não os tenho)

O creme que tenho para os dias mais frios (pq apesar de tudo ele é oleoso, sim), o Namorado comprou pq ganhei amostras e pude testar.

Conclusão, o cartão fidelidade do Boticário não será mais usado na loja da Coelho Lisboa e sim em outra. Porém..... eu vou antes pesquisar na Vitaderm e na Valmari, afinal.... se o Boticário 'tá dando uma dessas, de cliente eles não precisam.

E contra as olheiras e outros problemas como cefaléia constante, em breve vou usar aparelho. Me aguarde Dr. Renatzzz que agora é pra valer.

******************

No mais, os alunos continuam dando respostas positivas. Veremos se no próximo semestre eles ficarão com a Daniela e eu.

O que eu não aguento é ficar tantos dias sem ler e-mails, sem acessar msn e tudo o resto. Há dias não consigo conversar com a família e isso me faz falta.

Há muitas mais coisas que eu gostaria de escrever mas o tempo é pouco.

Beijos a todos e obrigada pelos comentários do último post!

11 de jun de 2009

COMEÇANDO NO FERIADO

Sim, feriado é ótimo. A começar pela sensação deliciosa do celular tocar o despertador no horário de todos os dias e vc olhar pra ele e desligá-lo para.....dormir. Ô prazer tão simples, idiota e satisfatório.

******
Barra Funda, véspera de feriado. Se nos dias ditos normais já é um infenro, imaginem na véspera de feriado. Até calango cidadão subindo pelo corrimão da escada rolante aconteceu. E meu repertório de xingamento aos que me empurram, continua crescendo. Vai do "não precisa empurrar, gentinha", "Ô, povo analfabeto! Nâo vê que empurrando demora mais?" até o "Está chovendo mas não precisa empurrar que o barraco vai deslizar mesmo......não adianta ir correndo pra casa".

O caso é que em um desses dias que o metrô chama de "atípico", abri um ocorrência pela negligência do metrô em deixar mais segurança para nós, usuários. Vou encurtar a história, mas envolve usuário me empurrando pra sair do vagão com tamanha força que quebrou a porta de vidro. E não sei como meu ombro esquerdo ainda funciona.

Momento hilário. O segurança que redigia a minha ocorrência, para fazer graça ou passar uma cantada muito mal-elaborada disse "Noossa, vc tem 32 anos? Pela sua cara eu daria no máximo 23." e eu com o meu mau-humor compreensível de quem quase perdeu o braço na multidão responde: "Mais um motivo para ter cuidado comigo: a cara é de 20 e poucos mas os meus ossos têm 32 anos ........"

***************

No serviço. Ok, a chefe é legal e sempre espera de mim o melhor. E o povo que embaça para trabalhar me deixa tiririca da vida. Tem uma zéfinha lá que acaba de descer do almoço, logo sobe pra cagar. Meu, tudo bem, intestino é caprichoso mesmo. Mas depois de cagar a zéfinha desce, dá uma ensebada de meia hora e sobe pra tomar café. E segue assim sucessivamente pela tarde toda.

No começo, ela dizia pra mim "tu tem que subi Faxineira, pra tumá o teu café da manhã" e eu respondia que já tinha tomado café em casa. Absurdo! "É seu direito tumá café, Faxineira. Sem fome tu tem que subí, visse?"

Daí eu ria amarelo e decidi que a menos que um dia eu tivesse fome, eu subiria pra tomar café da manhã. Claro que dessa forma, me excluí automaticamente do grupo da chacrinha. E dessa forma, a amizade fica cada dia mais difícil de fazer por lá. Mas sinceramente, eu já tenho afins. Claro, dois homens. Sempre foi mais fácil fazer amizade com homem. E a garota que entrou junto comigo, parece ser legalzinha. Vamos embora juntas e ao que tudo indica, ela tb não gosta muito das zéfinhas que por lá estavam antes de chegarmos. Mais fácil pra mim.

Ainda curioso é que tem no meu trabalho uma moça que ganhou o singelo pelido de "Norminha" em alusão à personagem da Dira Paes da novela das 8 que sempre dá uma galhada no fiel esposo. Se me dessem um apelido desses, provavelmente eu teria devolvido com um outro apelido tão singelo quanto. Mas essa sou eu que não sei ver graça na vida, não é mesmo?

A dita "Norminha" do meu trabalho, a-do-ra o apelido e diz que fará jus a ele. Precisa ver como ela fica inchada de orgulho quando as zefinhas em coro cantam "Vc não vale nada mas eu gosto de vc...."

******

Curioso essas pessoas que chegaram no Orkut agora e que com vergonhinha de fuçar nos perfis alheios que sempre tiveram vontade, se escondem no perfil da namorada achando que eu nunca iria descobrir.

Mas em se tratando de quem é, ser humano insignificante sem personalidade e/ou identidade, não me admira em nada usar do perfil da namorada pra fofocar. Afinal, o papai não tem perfil no Orkut, não é? E ser uma pessoa com iniciativa nunca foi o forte dele. Iniciativa, boas idéias, coragem, firmeza, caráter, vontade de TRABALHAR.... enfim, a lista de coisas a desejar da pessoa é tão ampla que eu me pergunto como a pessoa se auto-define.

Ahahahahahaha. Eu até imagino: "pergunte para a minha namorada o cara sençacionau que eu çou".

É, pq língua portuguesa nunca foi seu forte tb. Aliás, "forte" X essa pessoa, na mesma frase só em uma hipótese: Essa pessoa é uma forte candidata ao prêmio de "mais idiota do mundo".

E claro, sabe-se lá se o usurpador não sabe a senha da namorada? Sim, pq dono de uma personalidade pra lá de gosmenta, o ciúmes é tanto que tem sempre vigiar tudo o que a namorada faz. Vai que ela se atreve a ser mais feliz que ele, não é?

Putz. Sou grata todos os dias por ter mais esse câncer livre do meu caminho. Não fosse a intromissão dele em meu Orkut, sequer me lembraria de tal sub-humano.

***********************

E o febrão que me atacou? Jesus, Maria e José. A gente só dá valor para a saúde que tem quando a perde. Trabalhar com febre, acordar com febre. Credo. Sabe quando vc tem tanto calafrio que pra vestir dói? Quando vc passa a esponja no corpo na hora do banho e dói?

E com isso, perdi a excursão à aldeia indígena. Passeio organizado e esperado há milhões de anos. Tudo bem, fica pra próxima.

***********

Aproveitando uma gôndola de promoção compramos o Caçador de Pipas e assisti. Gente, não é que eu chorei tudo de novo da mesma forma de quando li o livro? Tudo bem, o filme falta muita coisa do livro, mas estava louca pra ver as locações do filme, a trilha sonora.....

**************

Na Fundação, tudo indo super bem. Os alunos têm feito muito progresso pessoal e nos estudos mesmo. Os alunos têm sido motivo de orgulho para mim e pra Dani. E a cada aula que preparamos com a idéia de fazê-los sofrer de tanto pensar, copiar e produzir, o que achamos que os levaremos à exustão.... no fim acba sendo um "já acabou a aula, professoras?". Arre!

Sei que há professores que dão umas provinhas muito cacaracacá. Outro dia vi uma provinha dessas e falei pra o VanVan que além de tudo é nosso cordenador da matéria, que a próxima vez que ele disser que as provas estão no mesmo nível eu vou socá-lo em público.

Adoro esse povo que pra camuflar a evasão, dá provinha fácil "pra incentivo dos alunos". Houve quem desse as resposta da prova para que os alunos memorizassem antes da prova......

E sabe o que eu acho incrível? É que mesmo assim, a minha sala na minha matéria teve o melhor desempenho em relação às outras.

********************

Falando em Fundação e voluntariado, pretendo ir pra outra Fundação, fazer outras coisas. Outra gente, outros desafios.

De preferência, crianças. Já que não sou mãe de um jeito, pretendo sê-lo de outro.

*************

No mais, preciso citar que se em uma hipótese bem hipotética pudesse escolher um homem pra casar sem ser o Namorado, eu diria que me casava com o Ricardo Boechat. Putz, o cara é mega inteligente e tem um senso de humor tão oportuno......

Imagino que mesmo nos dias mais chatos e tepêmístico dos meses, a convivência com ele deve ser ótima.

Ouví-lo todos os dias a caminho do trabalho, trocando piadas com Jose Simão tem sido recompesador por acordar tão cedo.

*************

25 de mai de 2009

SÓ QUERO DIZER QUE....

The biggest faxina na minha life....

COMEÇOU!

Ahá!

E posso dizer que as notícias têm sido as melhores possíveis.

Em breve, breve mesmo...... eu limpo de vez o que anos me atormentou. E conto aqui com maiores detalhes como as coisas tem rolado.

Já é muito tarde e uma recorrente enxaqueca me acompanha. Preciso descansar pq esses dias têm sido muito desgastantes pra mim, emocionalmente e fisicamente. Dormir tarde todos os dias, acordar cedo e com a ansiedade a mil não tem sido nada fácil.

Mas não reclamo: pior é dormir a acordar com a vida igual todos os dias.

FAXINANDO A SABESP

Afê, Maria! (para não começar o post com palavrão!)

Daí é assim: um dia vc tem uma lojinha bem insignificante neste mundão de Deus, instalada em um imóvel sem banheiro (sabe lá pq eu fico sempre em imóveis que o WC não funciona) e gasto menos que 1 metro cúbico de água apenas para a higiene do local.

Mesmo assim, por ser uma pequena comerciante a Sabesp acha por bem cobrar a taxa mensal de 55,74 reais mesmo que vc não use a água. Isso mesmo, a serviço de água e esgoto, é cobrado sem vc usar essa quantia.

Entre tantas prioridades na minha vida, sinto dizer que água não era uma delas e deixei que cortassem o serviço. Isso mesmo, eu limpinha da silva que sempre fui, fiquei um ano quase sem passar um pano no chão. Mas tudo foi estrategicamente pensado e " a nível de" experiência pessoal, posso garantir que foi muito bom.

Vai daí que agora, percorrendo meu sujo passado vou até o PoupaTempo em um sábado para quitar a dívida que ía na casa dos 200 reais ao todo e voilà: descobri que são cobrados juros, correção monetária e mora, mora, money, money .......

Tudo bem, vamos negociar à vista o preço? ----perguntei cordialmente à mocinha. E a resposta foi mais que taxativa: NÃÃÃÕ! A SABESP NÃO NEGOCIA A DÍVIDA À VISTA E PARA A SUA MAIOR COMODIDADE, PARCELA EM ATÉ 7 VEZES.

Tudo bem, mas não quero, quero à vista.

O jeito depois de argumentar foi, parcelar em duas e ir ao banco do PoupaTempo pagar a primeira parcela para demonstrar que, oi! eu quero pagar!, e voltei lá peguei senha novamente e pedi que me dessem uma declaração de pedido negado de desconto à vista.

Claro que não quiseram me dar a tal declAração, mas foi só invocar os poderes do artigo 52 PARÁGRAFO 2º do código do consumidor para que eles logo me a dessem.

E agora gerou um número de protocolo para que eles em 30 dias eles me deem a resposta.

Fiquei puta com essa história, mas vá lá.... vamos deixar o tempo correr e a burocracia funcionar pra ver qual é que é da Sabesp.

Faxina: R$205,35 que pulou para R$ 428,89.
Dificuldade da faxina: Difícil, porque pelo que percebi vai rolar pequenas causas ou um Procon. Mas apelo antes disso pra Folha, minha velha amiga e companheira. (Incluindo a própria Sabesp em outro episódio que rolou reportagem com minha foto e tudo.... Eheheheheh.)

7 de mai de 2009

BOLETIM LEGAL

Gente, até que enfim, volto a escrever neste blog. Depois de tantas semanas na correria e de afazeres nem tão agradáveis como colocar notas no sistema da Fundação, regado à uma bela enxaqueca às 23:30 de um Domingo e depois vc ainda ouvir certas coisas.....

Eis que hoje me dedico à internet fazendo o que gosto: postar.

Hoje o boletim está mais legal e menos cansativo, graças às fotinhas que vcs perceberão há quanto tempo elas estão na máquina esperando ser descarregadas.

Começo hoje com os trabalhos manuais da Daniela-dotôra-adêvogada:


Achei essa bandeja linda, pois ela é preta e sabem que pretinho é básico. Ehehehehe. E o trabalho que ela fez por fora da bandeja ficou chique.

Daí, empolgadinha com os elogios que ela ganhou, a Dani resolveu pintar as banquetas da casa dela. Fez esse aqui em preto e branco que foi o que mais gostei:
Aqui o detalhe das pinceladas:

E pintou os banquinhos dos sobrinhos como boa tia coruja que é:

Vcs ainda precisam conhecer as mulheres que ela pintou para a sala dela, a menininha do quarto dela e outras cositas más que ela anda aprontando. Eu estou pensando seriamente em virar marchand dela....

******************
A época de Páscoa. Resolvemos o Namorado e eu, fazer novamente ovos. E dessa vez, a Fifia ganhou um mais caprichado. Só que o trampo que deu.... A começar pq no Brasil, quando é Páscoa o calor ainda está bombando e mexer com chocolate no calor é necessário destreza, coisa que me falta.
Começamos com o famoso derreter a barra gigante de chocolate:
Do lado percebem que tem uma panelinha com chocolate branco? Isso pq o Namorado teve a brilhante idéia de fazer um ovo de Hello Kitty, que a Fifia adora. Mas, quando fomos comprar a barra pequena de chocolate branco, nem percebemos que ela tinha.... castanhas.... Ai.
Daí juntamos aquele achocolatado ruim pá Diabo de morango para dar cor ao vestidinho e ao laço e começamos por partes a montar a Hello:

Primeiro, os olhos e nariz, todos os detalhes em chocolate preto. Vai pra geladeira e depois tira. Daí coloca só as partes brancas, põe na geladeira e tira para pôr as cor de rosa e assim sucessivamente.
E por último e para a nossa alegria, a Hello antes de sair da forma estava assim:

Com acne, devido às castanhas do chocolate branco. Então apelidamos de "Hello Adolescente" uma vez que nas lojas as Hellos são temáticas.
Para unir as partes, usamos do [sarcasmo on] delicioso chocolate de morango [sarcasmo off] e quando tudo estava pronto.... plóft! A cabeça da Hello caiu..... precisamos colar a degolada com mais chocolate e rezar para que tudo estivesse bem.

No final, ela ficou até que bonitinha:

Embrulhamos em um papel especial para a Fifia:


E usamos celofane vermelho para o "ovo" da Fifia e para outros que fizemos:


Ok, guardamos o ovo da Fifia com o maior cuidado e quando o entregamos, eu percebi que tinha feito uma grande burrada: em vez de eu deixar a Hello em pé, a deixei deitada, amassando sua cabeça na parte de trás.

Coitada da Hello: com acne, degolada e agora acéfala.....
Para variar, a Fifia se encantou mais com a embalagem que com o "ovo" e os pais dela que comeram dela, acharam o chocolate de morango delicioso. Eca!

*************
Esses dias o trabalho tem sido gratificante. Fazer aquilo que a gente gosta e se propõe a fazer é muito saudável e além de todas as coisas boas que nos desejam, o salário no fim do mês aparece trazendo mais alegria.

****************

Recebemos parte da família do Namorado e como bons guias de ampa, os levamos à Liberdade e depois a um passeio no Ibira com direito a Planetário e exibição das fontes luminosas. Adoraram. Apesar de tudo, Sampa ainda é linda e consegue ser dona de coisas encantadoras.

***********

Tenho ficado muito ansiosa com tantas coisas acontecendo ao mesmo tempo. E sei que tudo corre melhor se tivermos paciência. O caso é que fiquei muito tempo imóvel à espera de tudo o que está acontecendo agora e sei que estou preparada. Os dias têm passado e eu à espera de novas mudanças. Mudanças essas que esperam tb a boa vontade de todos os envolvidos.

***********
Prof. VanVan está com o apê ficando a cada dia que passa mais charmoso. E é muito legal montar com carinho as coisas que se conquistam. E eu, fico lá dando assistência e enchendo o saco dele. Legal mesmo é quando nas lojas eu fico fazendo de conta que ele é gay. Nenhum homem hétero gosta disso e muito menos o VanVan. Mas mesmo eu sabendo disso, é legal ver a cara que o VanVan faz. Eu me divirto. E no fundo, sei que ele se diverte..... ahahahahahaha. Ou como diria Caê : "ou não!".

******************

A Fifia fez aniversário. E bem merecidamente ela ganhou a primeira festinha de aniversário. Com tudo a que ela tinha por direito, ela comemorou e nós babamos. Ela, não queria fotos. Não queria conversa comigo e brigou com o outro tio dela. Mas tadinha, dias antes teve febre, no dia estava com sono e quando ela começou a curtir a festa, ela já estava terminando.

Na retrospectiva, como meu irmão bem comentou, várias fotos apresentadas foram de minha autoria e eu, claro, além de emocionada (nem chorei, 'tá?) fiquei maior feliz de ter participação efetiva na vida dela. Não só em fotos.

Demos o Namorado e eu um brinquedo que espero que a divirta muito e claro, só não lhe dei mais beijos pq ela não deixou. Mas tudo bem, afinal o dia era dela. Lamento muito não ter tirado nenhuma foto com ela e nem dela sozinha que tão linda estava de vestido fofo. O máximo que consegui foi esta aqui:

Linda!

**************

Momento consumista.

Como assalariada que sou, agora volto ao público consumidor. E a primeira incursão à perfumaria para comprar absorvente rendeu boas compras pq eu me dei ao direito de ser um pouco mulherzinha.

Comprei o shampoo Eh! de lichia, pq além de cheirosíssimo e sem sal ( fator essencial para meus cabelos tratados) ele é orgânico e não agride o meio ambiente.

Conheci a loção hidratante da Jhonson da linha para adulto, a Softlotion e me apaixonei por ela. Comprei mais um desodorante daqueles da Garnier 48 horas pq apesar de todo o meu sarcasmo quando falei dele aqui no blog, ele se mostrou mais que eficiente. Paguei a língua. E sim, continuo tomando banho todos os dias..... não fico 48 horas sem banho, 'tá?

***********

Evocando Espíritos é o filme mais bobo e assutador ever visto! Se vc tem cagaço, não vá. Se gosta de ter cagaço, vá.... é muito bom.... ehehehehee

******

Eu continuo gostando de comentários.

FAXINANDO A TELEFÔNICA

Ai que sensação boa: faxinando devagarzinho a vida e dando a sensação que tudo está limpinho.

Dessa vez foi a Telefônica. Se vc é cliente da Telefônica, usando o serviço ou não, tem que pagar a assinatura mensal. A título de manutenções nas linhas, eles vão cobrando os tímpanos dos ouvidos (lembre-se que por enquanto o telefone é só para orelhas) e fica por isso mesmo. Acontece que vc quando tem um comércio, o preço dessa assinatura é mais imoral ainda.

Para que vcs tenham uma idéia, em 2007, a assinatura mensal da minha linha era de 65,12 e na conta vem descriminado que usei 8 pulsos gerando um total de zero reais. Entendem? Sendo que me lembro bem, pois tenho o número de protocolo nesta conta, de uma reclamação feita por mim, pq o telefone estava mudo graças à falta de manutenção no poste.

Bom, o caso é que cortaram meu telefone há 2 anos e de todas as prioridades que eu tinha, telefone não era uma delas. Até pq poucos foram aqueles que se importaram de me ligar para saber como eu estava. E aqueles que sabem onde moro, na impossibilidade de falar comigo via telefone, nem se importaram de me visitar. E eu tenho celular ativo com o mesmo número há 4 anos, e-mail... etc.

Resumindo: o telefone fazia mais falta pra que eu fizesse ligações do que recebesse.

Oks, daí em 2008 veio uma cartinha da Atento me dando um desconto para quitar a dívida com a Telefônica e eu desconsiderei, afinal eu devia para a Telefônica e não para a Atento. Achei que era golpe.

Pula pra 2009. Eu, faxineira deste blog, vou em um sábado no PoupaTempo da Sé para finalmente como uma honesta assalariada, pagar a minha dívida com a Telefônica.

E mostrando a cartinha da Atento, descobri que ela compra as dívidas de outras empresas para cobrar mesmo e ganhar um trocadinho que as grandes e magnânimas empresas julgam perdido.

Daí estranhamente fui muito bem atendida na Telefônica que prontamente ligaram para Atento para que eu pudesse pedir via fax um boleto para pagamento à vista.

Ficou assim, de R$ 209,69 de 4 contas das quais eu falei 19 pulsos, paguei à vista R$ 185,38. Fui no banco do próprio PoupaTempo e quitei.

E pedi gentilmente que a Telefônica esquecesse que eu existo. Não assino mais nada dela. Não quero vínculo nenhum com esta empresa.

Hoje, sei que há empresas de telefonia com planos melhores mas sei tb que os abusos continuam. Portanto, em um mundo que hoje a comunicação está mais do que viável graças à internet e de pessoas que falam, falam e falam sem dizerem nada..... telefone para mim está resumido a celular.

Quer bater papo? Encontre-se comigo. Quer jogar conversa fora? Use msn e Orkut. Lembrou de mim e quer me agradar? Manda um torpedo. Não gostou? Ótimo, procure outro.

Faxina: R$ 209,69.
Dificuldade da faxina: Fácil, considerando que eu tinha dinheiro para pagar. Vale dizer que quem me atendeu facilitou a minha faxina e eu acho que isso conta muito.

21 de abr de 2009

FAXINANDO O BRADESCO (CAPÍTULO FINAL)

Pois é, meninos e meninas.

Aproveitando que ganhei uma folga na Segunda que antecipou o feriado de Tiradentes, fui lá no Bradesco resolver a minha conta.

Então para esclarecer tudo vamos aos fatos. Eu em 2004 tinha começado um título de capitalização, que foi resgatado em 2006 e aplicado em um fundo chamado Hiperfundo que nada mais é que um Hiperpoup com outro tipo de rentabilidade.

Vai daí que essa era a informação que me faltava, o nome do da aplicação para saber o destino desses [ironia on] suntuosos [ironia off] R$ 311,17 .

O gerentão pediu que fosse feito um extrato do período de 2006 e voilà: encontrou o dito. Bom, conversando com ele, confirmamos que esse dinheiro estava desvinculado da conta corrente e só poderia ser resgatado caso eu fosse pessoalmente pedí-lo na agência.

Mas, o detalhe que faltou na informação do primeiro gerente que me recomendou essa aplicação, é que o Hiperfundo fica paradinho lá na conta por até dois anos. Se não, ele vai pra conta corrente, vejam só vcs.

E foi o que aconteceu em maio de 2008. Ele tinha rendido ao final de dois anos, 65 reais e foi todinho pra conta corrente que estava .....negativa. Ou seja, o fundo apareceu e foi pra mim mesma. OK.

Pensando melhor e na praticidade, sabendo do destino da minha poupançazinha, decidi que brigar com o Bradesco por falta de atendimento e informação do primeiro gerente era uma burrice completa. Afinal, eles me devolveriam a poupança e cobrariam o dinheiro da conta que estava negativa, ou seja: trocar seis por meia dúzia.

Mais um motivo pra encerrar a conta por lá. Se não nos atendem bem, melhor mudar mesmo de instituição até ficar satisfeita.

Como esperei para encerrar a minha conta, paguei os encargos do mês de manutenção de conta e um restinho de saldo devedor. E finito.

Só para informação dos correntistas que tiverem um Hiperpoup: a aplicação agora rende por um ano e não dois como era quando eu fiz e o gerente não me avisou.

Aproveitando o tempo livre, fui até a outra agência do Bradesco encerrar uma conta poupança que foi a primeira conta que abri na vida. Essa não deu trabalho nenhum, pois sem movimentação há anos, estava encerrada por si só.

Ótémô!

Faxina: R$ 185,00 (total)
Dificuldade da faxina: média (por conta de eu levar duas semanas pra descobrir o fundo e encerrar a conta e claro, o gerente ou qualquer outra pessoa da agência, nem se preocuparam em ligar e etc.)

16 de abr de 2009

RÁ.... É QUINTA!

Então é dia de boletim faxineiro.

************
Sempre quando chego na estação Belém, entra um policial militar no vagão. Pegamos eu e ele o mesmo vagão. Talvez nós dois somos um tanto quanto apegados à rotina, pode ser. O fato é que eu pegando exatamente este vagão, dou de cara com a escada rolante que me levará para a outra plataforma de pegaro o trem, percebem?

Assim posso correr desenfreadamente e pegar o trem. Senão tenho que esperar 10 minutos.

O que mais me dá nos nervos quando vejo esse policial é que ele se chama alguma coisa Belo. Ou seja, ele é o Guarda Belo. Ahá, pegou? Sacou? O Guarda Belo.

Só eu pra rir às 20 pras sete da manhã com coisas bobas como essas.

Daí sento eu para atender meu "cliente" e o colega do lado me puxa pra chamar a minha atenção para o "cliente" dele: era um Pm chamado Belo. Ahahahahahahahaa

*********************

E a empresa pra qual trabalho, resolveu emendar a Segunda para o próximo feriado. Beleza!

************

O frio começou. E assim, sair da cama se torna uma das mais odiosas tarefas. Aliás, o frio me deixa mais insuportável que o costume.

Vai daí que eu na Quarta saí para trabalhar de calça jeans, regata laranja, casaco bege e meias..... rosa.

Entendem?

Daí a empresa vai uniformizar a gente que é "linha de frente" e acho ótimo, pois além de não gastar a roupa da gente, eu não levarei mais que dois minutos pra pensar que roupa levar e ainda assim fazer essas maravilhosas combinações.

************
Elogios que tenho recebido. Coisa boa. Pena eu não poder contar as coisas engraçadas, emocionantes e curiosas da empresa que eu trabalho.

*******

E tem gente que adora dar lição de moral e escreve "chatisse" ou erra em pontuação, copia textos na cara larga. No coments, não é? Uma vez eu li um artigo de um neuro que dizia que a pessoa que não se expressa bem (oral ou escrita), não pensa bem.

Na boa, se fosse só uma vez eu deixaria passar afinal eu não sou grandes coisa neste blog, é verdade, mas sabe o que é todo o texto uma cagadinha?

********
Muito curioso o comportamento juvenil. No meu voluntariado sempre há situações que desafiam nosso modo de encarar e gerenciar situações. Ora é a aluna que se sente perseguida, ora é aquele aluno brilhante que não aceita regras e se autossabota. Mas entre mortos e feridos, muitos estão satisfeitos e isso pra nós é o que importa.
**********

E o Orkut agora proibe mensagens em anônimo. Acho ótimo. Porque tem aqueles covardes que acham que passam impunes pelo anonimato. Como eu soube de pessoas que se dirigiram a membros da minha família contando certas coisas sobre o meu blog.

Ahahahahahahahaa.
Caíram do cavalo.

Ou melhor: o tiro saiu pela culatra. A vida de certos infelizes é tão infeliz, mas tão tão, que nem conseguem entender certas peculiaridades. E acham que eu não sei de certas coisas. Isso que eu acho o melhor e mais engraçado de tudo.

Desculpem não ser explícita, mas sabe o que é uma pessoa que quer por que quer se mostrar como bonzinho e para isso suja a imagem de outra pessoa? No caso a "outra pessoa" sou eu. Só que a pessoa além de ser infeliz, se perder nas palavras, se contradizer e tudo o mais.... ainda é azarada? Ahahahahahahahahaa.

Pois é.
Eu continuo rindo e os cães ladrando por aí. Cães gordos que só podem ladrar de suas caminhas pq não conseguem acompanhar a caravana correndo. Ao menos rolando poderiam tentar, né?

*********

Meu vizinho todos os dias de manhã, promove uma linda serenata dele escarrando e depois sentindo ânsia do próprio catarro. Sorry leitor que estiver comendo. Mas essa é a minha realidade matutina. E o infeliz "espera" hora de eu levar o iogurte de todo dia à boca pra começar a sinfonia.

*********

Em breve, quero publicar certas fotinhas. Acho que vcs gostarão. E até!

12 de abr de 2009

MUITAS COISAS AO MESMO TEMPO

Com feriados na agenda, pensei que eu faria coisas diferentes, mas se eu fizesse uma, jpa me daria por feliz: dormir até tarde.

Ocorre que acordando 15 para as 6 da manhã todos os dias, levantar cedo nos feriados não é tarefa das mais fáceis. Você precisa de treino. Primeiro vc tem que fingir que não despertou mesmo com o despertador desligado. Depois vc tem que enrolar a bexiga o máximo possível para continuar dormindo. Eu sou dessas pessoas que se levanta para ir ao banheiro, não consegue mais voltar e dormir como se nada tivesse acontecido.

Conclusão: quando é 8 da manhã eu sinto que dormi até à 13:00. Mas ó, essas duas horas dão uma revigorada monstro.

*******

Tentando pôr a vida no excel. Acontece que o excel é personalizável até à página dois. E eu quero por que quero uma planilhinha mais que completa para mim. Difícil.

*******

Visitei uma lojinha muito legal. Ela vende várias peças tipo caixinhas para bagunças, enfeites e coisa e tal, incluindo móveis, todos em mdf pronto para serem pintados, decoupados ou ainda, mosaicados.

E sem contar que a vontade de personalizar tudo com certeza é maior que o espaço disponível para abrigar tantas peças..... ehehehehee. O jeito é começar a presentear o povo.

*******

E a bizarrice continua: fui a um restaurante japonês e claro que não comi nada. Mas me diverti bastante. Juntamos turmas que seriam diferentes e ao que tudo indica deu super certo.

Claro que passei no Habib's antes. Senão ficaria umpossível. Mas claro que a sobremesa-de-nome-estranho-que-não-lembro-agora feita de banana, maçã e de sorvete foram minhas.... ahahahahahaa.

********

Antes de voltar ao batente de todos os dias, nos divertimos abrindo um laguinho. (sem perguntas, ok?). Vai daí que para nos distrair, um radinho tocava músicas de MPB e comecei a raciocinar coisas super importantes do tipo: "por que o Fagner quando canta 'Canteiros' fala 'fêcho' deixando a boca bem fechada mesmo se a vogal nesse caso tem som aberto e sendo ele ainda um nordestino, deixa tudo muito mais estranho?" ou ainda, "por que a Paula Toler não faz músicas novas ao invés de cantar sempre as mesmas com arranjos diferentes?"

São os mecanismos que usamos para aliviar a tensão, não é mesmo....?

FAXINANDO O BRADESCO

Ok, lá vamos nós para uma das primeiras faxinas. O Bradescão véio de guerra e sempre muito comentado aqui no blog ora pelas filas gigantescas que eu enfrentava para pagar meus impostos antes de abrir a minha loja no horário de todo o dia, ora pelas absurdices a que sempre me submetiam.

Pois bem, quando a coisa começou a ficar preta, conversei com o gerente e pedi que fechasse a minha conta:com dinheiro faltando eu usaria o tal do limite e me danaria pra valer. Maaaaas, veio o gerentão e fez uma proposta: me dar um limite até eu resolver a situação.

Isso foi lá em maio de 2006.

Neste mesmo dia que conversei com o gerente, ele retirou um pequeno investimento que eu fazia todos os meses e aplicou em um fundo de investimento.

Pula para 2009.

Um dia antes do feriado de Páscoa, decidi ir ao Bradesco fechar a minha conta de vez, até porque a empresa pra qual trabalho, deposita tudo pelo Real. E até porque na Quinta foi ponto facultativo no município onde trabalho e eu poderia ir ao banco resolver tudinho.

Devendo R$ 158,13 para ser exata, resolvi que resgataria aquele [ironia mode on] suntuoso [ironia mode off] fundo de investimento de R$ 300,00 e saldaria a dívida de uma vez e encerraria o caso.

Mas eis que tenho uma surpresa: o fundo sumiu. Ninguém o acha. Eu não lembro do nome do investimento. E sei que ele não foi usado para cobrir a conta, uma vez que para mexer nele eu precisaria conversar com o gerente.

E procura daqui e de lá e nada. Conclusão: o que era pra ser uma coisa super simples de ser resolvida, virou um trâmite para pelo menos uma semana. Com direito a adevogada levando procuração no meu nome pra encerrar a conta.

Depois que falei com a Dani-adêvogada e ela ficou de resolver o negócio, lembrei que eu tinha mais uma poupança no Bradescão só que em outra agência. Terei que esperar mais um feriado que nãos eja feriado em Sampa pra resolver isso também.

Faxina: R$ 158,13 (sem contar juros do mês nem tarifa de uso do limite.)
Dificuldade da faxina: média. (dependerá de como a coisa desenrolará.)

2 de abr de 2009

OIE, POVO LIMPINHO!

Lá vamos nós para o plantão semanal. E preciso logo de um netbook com internet pra postar as coisas antes que eu esqueça. Alguém se habilita na doação?

***********

E não é que tem neguinho afro-brasileirinho fazendo exigências com o parco tempo que tenho? Quando é que eu comecei a acostumar mal esse povo, hein? Se fosse aquele tom que todo o amigo usa pra dizer que sente saudades minhas, tudo bem..... o caso é que pelo telefone sinto o dedo na minha cara, fala sério!

Daí eu respondo que eu vou levantar cedo no sábado. resolver as coisas e que se quiser eu vou me encontrar pra resolvermos as coisas e escuto "ah, mas essa hora eu marquei cerveja!". 'Tá, e a hora com meu namorado que eu abriria mão? Isso não vale nada pra pessoa. A pessoa quer por que quer e EXIGE que eu esteja lá na hora que ele não tem nada pra fazer.

A solução foi mandar um e-mail pra todo mundo e esclarecer que a minha vida mudou.

Mandei o e-mail e já voltou a resposta:

"Boa Cartilha.... a proxima poe um botao "aceitar" ou ou espaço para clicar na opçao..."Li e aceito as condiçoes e termos de uso" vc ta certa... parabens dede "

Ahahahahah. Tinha que ser o Renatzzz mesmo. E meu, "cartilha" foi ótimo! Detesto regras, engessamento, mas dedo na minha cara eu não aceito. Vc abrir mão de algo precioso e alguém mijar em cima então......

************

Daí que pra comemorar 1 mês no meu trampo, tivemos um feriado municipal. Ok. Aproveitei e arrumei algumas coisas, faxinei mesmo. Daí fui ficar com a Fifia pq acreditem, fiquei mais de um mês sem apertar aquelas bochechas lindas. E deixei o Ivan na mão. Claro, pq ele teve a audácia de trabalhar em pleno feriado (feriado só pra mim) e marcar compromisso depois do que tínhamos combinado. Mas ele é bom menino e entenderá a minha situação.

E sabem, eu aproveitei o feriado pra acordar maior tarde: 8 da manhã! Juro que duas horas fizeram uma puta diferença.

**********

Pra marcar as mudanças, cortei meu cabelo na altura das orelhas. Todo mundo levou um choque. Eu não tenho apego nenhum com cabelo, afinal ele cresce. E todos dizem que gostaram. O melhor disso? É que que acordo e não faço NA-DA e ele tem cara de penteado, arrumado, decente.

'Tava precisando mesmo, pois no meu trabalho 3 pessoas no mesmo dia me perguntaram se eu era evangélica. Nada contra mas não suporto ter cara de nada.
Só a de palhaça que é minha mesmo e até morrer eu sei que terei que usá-la.

**********

Uma ex-aluna minha do voluntariado, saiu em jornal de grande circulação falando das benesses de ter estudado na Fundação. Fiquei orgulhosa. Não fiquei tããão orgulhosa por saber das cagadas grandes que ela comete no trampo. Mas, quem sai aos seus não degenera não é mesmo?

*************

Saudades de andar com a Dani, de falar com a minha irmã, de assistir documentários.... de dormir.....

********

O trem é um capítulo à parte da minha vida. Já me acostumei com o vão entre o trem e a plataforma, com o cheiro nauseabundo (e bota bundo nisso) daquela Carapicuíba e com os tiozinhos que escarram pela janela. Hoje quase me jogaram nos trilhos na saída para a Barra Funda.

Fiquei tão apavorada e tão revoltada que, juro pela luz do meu monitor, que eu tive a moral de pegar um broche na minha necessaire só pra espetar os cabeça-chatas que me empurravam.

Ou seja, a bela espiritualidade de "ação e reação" e "não fazer aquilo que a gente não quer para o outro", foi na primeira espetada do broche. Ô sensação tão satisfatória! Baixa, mas satisfatória.

E quando o condutor do metrô/trem fala assim "Quem segura as portas atrasa TODO o sistema" eu juro que a primeira vez que ouvi com atenção esse anúncio eu jurava que ele diria "Quem segura as portas ...... é um bobalhão." tamanha pausa e entonação que ele fez.

Ahahahahahahahahahahaaha

************

Passei Sábado e Domingo últimos com.... enxaqueca. Fala sério, o ser humano tem algumas horas pra ficar na boa, sem faxina só descansando com o amadinho e tem enxaqueca.

**********

Uma das músicas do empêtrola:




***********

Assisti o "Ultima parada 174" e adorei. E já tenho planos pra ele. Claro que quando falo de planos, eu pretendo fazer coisas e dependo da colaboração dos outros. A responsabilida de execução é minha. Não fico jogando pra os outros aquilo que escolho fazer.

********

Saudades do CQC.

*******

E a faxina? Pois bem, deixa contar pra vcs que eu recebi pelos dias trabalhados que não foram de um mês inteiro. Ok. Daí tive que brigar pois meu salário veio errado. Então.... ainda estou resolvendo alguma coisas pra fazer a faxina. Sei que entre água e telefone, devo R$ 500,00 que pretendo negociar qualquer sábado destes no PoupaTempo.

Assim, vou tirando do caminho e limpando meu nominho.

Agora, a faxina da grossa mesmo..... essa nem quero ver quando chegaro veredito. E claro, continuo quebrada, dura e seca. A diferença é que eu sei que vou receber mês que vem. Ainda não sei quanto... ahahahahah é verdade, mas vou.

********

E o povo que no trabalho faz corpo mole? Me irrita? Nããããão, quéquéisso! Daí fizeram lá um amigo secreto de chocolate (OI, desde quando isso existe?) e eu não entrei. "Vc será anti social?!" e eu: "Putz, eu sou mesmo anti social e sociopata. Se puder espalhar isso pra os outros setores eu agradeço".

É, fazendo amigos e influenciando pessoas.... esse meu jeitinho tão faceiro, não é mesmo?

Não bastando essa, ainda queriam que eu participasse da festa do aniversariante do mês. "E o teu quando é, hein?!" e eu: "Pô, não quero comemorar o meu não..... muito menos aqui. Deixo isso pra lá, 'tá?"

Ahahahahahahahahahaa.

Porém (e é um "porém" bem grandão), encontrei no trabalho pessoas ótimas de se conviver, com simpatia e paciência pra comigo que sou novata. E esses fazem passar a hora rápido.

******

Até mais, povo! E continuem mantendo este blog limpinho, ok?

12 de mar de 2009

QUE BELEZINHA

Estou adorando meu trabalho! Era aquilo que a princípio tinha me proposto fazer e apesar de ser longe, de ser chato chegar lá e de acordar muuuito cedo, eu estou gostando muito.

Os colegas me ensinaram tudo o que eu precisava e parece que eles vão com a minha cara. Mas além de tudo, eu carimbo. Gente, eu carimbo! PÁ! Eu sempre quis um trabalho de carimbo. Ehehehehehehee. Adoro ser criativa e tudo o mais, mas há anos eu precisava de um trabalho de carimbo que além de tudo, depois do horário, eu não preciso me preocupar com nada relativo ao trabalho.

********
Trem. Ainda há gente jogando lixo pela janela e eu continuo não poder esculachar como deveria falar nada.

Porém, as vendas cessaram de vez.

******

Não vejo a hora de contar as próximas novidades. Quer dizer, elas acontecerem de fato e eu poder contar.

*******

Pequeno passeio no domingo como há muito não fazia. Lugar legal, sem gente enchendo, natureza à minha volta e vinho. Hic. Mas não dei vexame nenhum, 'tá?
Pra vcs ficam essas fotinhas aqui:





Mais não conto!

***********

Fifia vai fazer aniversário em breve e como os pais dela prometeram festinha, ela sai contando a novidade e depois convidando. Incluindo o pediatra dela. Essa sabe fazer networking como ninguém, não é?

**********

Saudades de blogar. Blogar com calma. Mas pelo que parece, só terei um dia da semana pra isso.

*******

E a faxina em si? Acredito que começa mesmo partir da próxima semana. Vejemos!

5 de mar de 2009

COMECEI A FAXINA

Tenho tanto pra escrever e haja dedinho pra digitar.

Vamos lá às novidades sobre esta nova fase da vida que me encontro. Pois bem, meu trabalho é tudo aquilo que eu queria fazer (por enquanto) e pena que eu não posso dar mais detalhes sobre ele.

Tenho aprendido muitas coisas e as pessoas que têm me ensinado são bem pacientes e têm muita boa vontade.

Claro que pela minha timidez inicial, pela postura que eu sei que uso como defesa; o começo foi difícil.
E que pena mesmo não poder dar mais detalhes, mas quase "perdi" meu trabalho. "Perdi" modo de dizer. Não há nada que possa tirar meu trabalho, porém, (pq sempre há um porém), há pessoas que atrapalham bastante a vida da gente e por desconhecerem certas coisas, se acham no direito de atrapalhar. Pois bem, seria uma briga daquelas com direito a uso (e abuso) de advogados. Uma daquelas histórias que o Renatzzz adora ler por aqui.

Mas tudo se resolveu a custo de alguma conversa, algumas lágrimas e injustiças que preferi engolir para deixá-las crescer, tomar forma e sairem de uma vez por todas em forma de .... (bom, aguardem os próximos capítulos...ehehehehe).

O caso é que tem gente que por ser burro, preguiçoso e etc (para não me delongar), usa da grosseria, da humilhação para conseguir o pouco, relativo e momentâneo poder que tem em mãos. Mas isso não é novidade não é mesmo? Só quando esses brutucus resolvem sair da caverna.

Mas não vou conviver diretamente com o Brucutu. Então foda-se. Mas saibam que poderei comentar do Brucutu, certo? Virou tipo, um montinho de lixo a mais que eu precisarei um dia faxinar da face da Terra.

**********
O caminho

Não trabalho em Sampa City. Trabalho em outro município. E volto pra dormir em Sampa. E assim estou nesses dias indo e vindo durante uma hora pra ir e outra pra voltar. Isso contando a parte de metrô e trem, sem contar as partes que eu ando, ando e ando.

Vou cheirando de tudo um pouco: desde de perfumes baratos, desodorantes de todos os tipos de fragrâncias e a falta dele tb. E vendem de tudo dentro do trem (se bem que esses dias, pararam de vender as coisas.)

Peguei pulga na primeira semana e fiquei com as pernas bem mordidinhas. Curiosamente não as peguei mais.

O que me irrita? Pessoas, claro. Pessoas que teimam em jogar o lixo pela janela. Ô povo bunda que só faz sujeira nesse mundo de meu God.

E o pior é que nem posso falar nada, não posso me meter a valente como de costume porque o povo que frequenta o trem além de mal educado é troncudo a ponto de me dar um catiripapo caso eu os teime em educá-los. E são feios.... Meu Deus quanta gente feia. F-E-I-A.

*********
Dona Mãe comprou uma necessaire mais robusta pra eu usar de marmiteira. E levo marmita todos os dias. Vejo gente trocando comida e sinceramente não sinto de vontade de fazer o mesmo. Devo ser muito esquisita mesmo.
O que eu estranho? Ter uma hora pra comer. Tipo UMA HORA. Eu, que sempre almocei em minutos pq tinha dois telefones pra atender e clientes pra dar atenção. Anos, anos e anos eu nunca soube o que era ter meia hora sem falar e nem atender ligações durante meu almoço e agora tenho UMA HORA INTEIRAAAAA. Não consigo usufruir ainda dessa hora. Como passarinho que sai da gaiola e não sabe voar.

********
Voluntariado. Nova classe, 70 jovens ávidos por conhecimentos. 'Tá, nem tanto assim. O que sinto em relação às primeiras aulas em comparação com a turma anterior que peguei quando eles já tinham formado alianças (à la Bial) é que os maus hábitos ainda não estão arraigados, portanto eu e a Dotôra-Daniela estamos fazendo de um tudo pra que eles continuem bonitinhos-educadinhos.

Eles estranharam pouco as primeiras aulas, pq além dos ditados, os vídeos e figuras para discussão, as músicas e etc; os deixaram meio empolgados, meio maravilhados (e se for possível outro "meio) e meio desafiados.

Também é uma turma mais madura que a anterior: na média a idade deles é de 20 anos e isso faz diferença.

Estou feliz por ter mais essa oportunidade de aprender enquanto ensino.


*************

Fifia cada dia mais linda. Com seus cílios longos e fartos que moram em olhos amendoadamente mestiços luso-japoneses, ela abre meu "estojo dos milagres" e pede: "Tiaaaaa, vamos maquiar?". Como se aquela lindeza precisasse. E claro, ela adora "usar" curvex: basta que eu o encoste nos olhinhos delicadamente fechados e faça um "tic-tic" com a minha boca pra que ela acredite que usou o tal.

Depois ela pega um dos meus pincéis e "passa" um blush imaginário nos meus olhos, boca, nariz, e claro..... bochechas.


**********
Namorado feliz por mim, ansioso por ele. Mas este blog não é pra falar dele. Mas posso pelo menos dizer que sou muito grata a ele e que o amo muito?

************
Eu, como boa faxineira que sou, não só dou dicas como também ordens de como se limpar as coisas. Dotôra-Daniela está pintando a casa (com cores que ajudei a escolher, óbvio!) e a sujeira lá..... daí eu ensinei que pra tirar a "inhanha", nada melhor que amoníaco. "Que amoníaco?", vc pode me perguntar. Bom, caso vc não queira entrar em uma casa de macumba de artigos religiosos, vc deve ir ao mercado e comprar o famoso ajáquis branquinho. Daí vc molha o pano com água e passa puro nos móveis, incluindo embaixo do colchão (onde nossa energia se recupera) e depois vai "enxaguando" com panos úmidos quase secos.

Daí hoje a Dotôra me liga e diz que deu muito trabalho, então que ela preferiu usar.... bombril com ajáquis. No móvel, Bombril. Eu quase a matei.

Mas, parei por um minuto e entendi as diferenças: ela, uma dotôra. Eu, uma faxineira.
Depois conto do quarto "algodão doce" dela.

*******
Outro dia, prof VanVan queria saber onde pôr os pratos, copos e utensílios domésticos no apê-recém-novo dele. Eu lá com ele. Os dois só papeando. Eu disse "vou lavando, vc enxugando e guardando já as coisas no lugar!". Sim, sou faxineira que dá ordens pra o patrão. Ahahahahahaha.
Um dia conto sobre o quarto Windosor-elegante do VanVan.
Claro, eu que ajudei a escolher tb.
*************
O que é foto de gente que sai sempre com a mesma cara, o mesmo sorriso? Pra mim são montagens..... ahahahahahahahaa.
O que é foto de uma pessoa que se descreve feliz, mas que não dá um sorrisinho? Pra mim é infelicidade pura.... ahahahahahaa.

*****
Indo trabalhar ouvindo Steve Wonder. O que é "Party Time Love"?

É bom demais da conta!

*********

20 de fev de 2009

METAS DE 2009

E lá vamos nós às metas que pretendo alcançar até Fevereiro de 2009:


* Progredir na empresa que trabalho;
Desejo subir na função que desempenho, mudar para cargo melhor ou aumentar o salário. Qualquer uma dessas que eu conseguir alcançar, ficarei feliz, pois, trabalhando, sei que será mais difícil subir na minha função, no cargo ou no salário porque pra isso acontecer eu terei que estudar o dobro que venho estudando e em um tempo reduzido pela metade. Mas farei o meu melhor.

*Encerrar minha empresa;
Para isso contarei com a ajuda da Dani-adêvogada. Fazer distrato, correr na receita federal, na junta comercial, enfim: papelada, papelada, papelada. E dor de cabeça. Espero não discutir, nem brigar com ninguém. Até pq isso já deveria ter sido feito faz tempo. E junto com encerrar a empresa, entenda-se nesta meta, que eu pretendo desfazer todos os móveis daqui, o patrimônio da empresa em si. Devolver o imóvel onde estou.

*Pagar os credores;
Esse item será mantido atualizado cada vez que eu tomar ciência das coisas que eu devo. Para ter tranquilidade para estudar, fechei meus olhos e deixei tudo pra lá. Preciso fazer um levantamento pra saber quando e pra quem devo. Criar uma planilha com todos os parcelamentos e seguir à risca os pagamentos. Pretendo pagar todos em 2009. Mesmo que eu fique sem dinheiro, afinal, quem passou dois anos sem receber praticamente nada, está mais que escolada de como fazê-lo. A coisa é que pelo menos, sei que a minha vida começará a andar pra frente.

*Entrar na faculdade;
Sabendo quando devo e pra quem, saberei tb se sobrará algum dinheiro. E se sobrar, o que fazer com ele: guardar pra usar depois na hora de entrar na faculdade ou arriscar uma mensalidade de uma faculdade qualquer, até eu ter dinheiro suficiente pra me transferir para uma boa faculdade.

*Continuar a ter pelo menos um dia de atividade física;
Dessa forma, eu mantenho a cabeça arejada e o corpo em movimento. Acho que dispensa os porquês de eu querer manter essa meta na minha vida.

*Voluntariado;
Espero abrir um grupo de leituras e quem sabe, um grupo de teatro de alunos e ex-alunos. Veremos como isso acontece pq dependerá mesmo da minha rotina. Ser voluntário é muito bom, mas o tempo tb tem que existir pra namorado, família e lazer.

*Manter as boas relações que conquistei até aqui;
Não deveria ser meta, mas depois de tudo o que vivi, espero que nenhuma surpresa desagradável ocorra. Desejo mesmo que o stress não me afete e que a mentira e as futilidades que vêm pelas pessoas não consigam me afetar.

*Casar, ter filhos, plantar árvores e etc;
E ajudar quem eu sei que precisa. Quero ainda fazer pelos meus irmãos tudo aquilo que eu sei que eles fariam por mim, se pudessem. E espero que o Namorado tenha mais paciência ainda comigo, pois o amo muito e o respeito muito.

Acho que fui modesta esse ano. Modesta acho qu enão seria bem a palavra certa e sim, prudente ou ainda usar a expressão " pé no chão".

Sei que me esforçarei pra que tudo isso aconteça. E sei que talvez esse ano seja mais fácil de viver do que os dois últimos.

SOBRE AS METAS de 2008

Então meus planos para 2008 eram os seguintes:

* Ser admitida na maior empresa do Brasil.
Consegui! Como já escrevi, por diferença de 4 dias eu conseguiria ter completado antes do meu aniversário esta meta. O importante é que consegui e ao contrário de muita gente, a crise no quesito "demissão" não me afetará. Apenas me ressinto pelas pessoas queridas e próximas que se deixarão afetar pela crise.

* Entrar na faculdade (ainda a decidir qual).
Já decidi: Direito. Se entro ou não em 2009, vou dizer que a ordem das metas pra 2009 mudarão um pouco. Não tem como fazer faculdade com tanta coisa a pagar. Assim que se resolverem as coisas, eu uso a cabeça pra fazer um ProUni ou pleitear uma bolsa.

*Fazer serviço voluntário (consegui!) *Comecei dia 01/04/08 no Idepac.Veja este capítulo lendo o post do dia 02/04/08.
Bom, estou bem satisfeita com o meu voluntariado pois tenho ótimo apoio dos superiores e os alunos parecem gostar do que faço. Tenho planos pra expansão do meu voluntariado. Mas isso dependerá de como eu vou me sair na minha nova rotina.

*Perder os 86 cm de barriga.
Ainda não me medi pra ver quanto perdi. Sei que voltar a ter uma rotina com atividade física fez bem pra minha cabeça. Aparentemente, parece que emagreci e que a barriga diminuiu. O metabolismo de quem passou dos 30 é demasiado lento. Antes de entrar em freakout, quero ver como será minha rotina e se com o fato de eu andar acelerado 10 minutos antes de entrar no trabalho, influenciarão alguma coisa. Sei que não ficarei tanto tempo sentada como ficava e que a minha alimentação poderá ser mais regrada.

*Encerrar a minha empresa.
Diria que essa será a minha segunda meta pra esse 2009. Essa meta não foi alcançada em 2008 pela minha falta de trabalho e sei que agora, com dinheiro fixo todo mês (embora seja bem pouco do que eu precisava ganhar), eu posso me programar finalmente e parcelar tudo pra que eu consiga definitivamente, deixar tudo isso pra trás.

*Pagar TODOS os credores.
2008 consegui adiantar alguma coisa no banco, graças aos meus devedores resolverem pagar. E ainda a alguns trabalhos que fiz de Numerologia e Astrologia e Decoração. Esse 2009, assim que encerrar a minha empresa, terei condições de saber quanto eu devo e como poderei parcelar pra pagar. Mesmo que não sobre dinheiro nenhum.

*Conseguir um canto.
Não consegui em 2008 e fica a esperança pra que 2009 eu consiga.

* Me bancar (totalmente)
Pois é, espero ter dinheiro suficiente pra poder pelo menos comprar calcinha, pagar internet e não depender de ninguém. Sei que ainda cortarei muitas vezes o meu próprio cabelo, mas sei que posso reservar pelo menos 20 reais pra comprar uma calça jeans e revesar com as duas que são decentes pra o convício social.

*Adotar mais um gato
Esse dependeria se caso eu pudesse ter um canto só meu. Já está difícil minha mãe me aturar imagine com dois gatos.

*Casar, ter filhos, plantar árvores e etc....
Essa realmente é uma poesia, né? Ehehehehehe. Ganhei sementes de pau-brasil de uma aluna e só me falta plantá-las. Continuo querendo toda essa poesia.

18 de fev de 2009

SATISFAÇÕES

Descubro aos poucos que quem tem blog, por vezes se sente obrigado a dar explicações. Esse é meu caso.

Tem acontecido muita coisa legal ultimamente e vontade não me faltou de vir aqui e contar. Mas sou dessas pessoas precavidas demais. E espero tudo estar resolvido pra falar, exteriorizar.

Para aqueles que me acompanham há tempos, preciso dizer que se não fossem 4 dias, eu teria batido quase que todas as metas que me propûs pra o ano de 2008. E a mais significativa foi que consegui bater a primeira meta.

"Ser admitida na maior empresa do Brasil", eu escrevi e talvez acharam que era muita pretensão minha desejar tal coisa. "Aliás, de que empresa se trata, Dé?", pessoalmente me perguntavam.

Vamos falar a real? Sou uma pessoa com ensino médio completo, tecnóloga em Administração e isso no nosso país não é muita coisa há um tempão. Fiz um montão de cursos, tenho capacidade e garra suficientes para crescer, mas isso não foi suficiente pra ninguém me empregar.

Por vezes, pedi aos amigos que se soubessem de alguma vaga pra recepcionista, vendedora interna, auxiliar comercial (ou o famoso "qualquer coisa") que me avisassem, não para me indicarem e sim para darem a chance de eu poder participar das entrevistas. E em resposta eu ouvia "que vc merece mais que trabalhar de recepcionista". E depois de certo tempo, fui obrigada a contar os porquês de eu fechar/desistir de uma empresa de 15 anos de relativo sucesso e começar minha carreira profissional.

Enfim, descobri também que alguns quando não tinham emprego nenhum, sempre que eu sabia de alguma vaga, eu comunicava, emprestava meu jornal diário porque sempre soube da dificuldade de se ter e manter um emprego.

Descobri tb que com 30 anos eu era "velha" para ser uma recepcionista. Descobri isso quando em uma dinâmica, fui preterida por uma menina que falava "mindingo".

Então comecei a ver que eu precisava entrar pela porta da frente, sem depender da boa vontade dos amigos bem intencionados e sem o preconceito do mundo corporativo. Foi assim que decidi que seria uma trabalhadora da maior empresa do Brasil.

Pense comigo: qual é a única empresa brasileira que nunca tem prejuízo, que os salários de todos os funcionários são pagos em dia, que existe plano de carreira e que depende exclusivamente do seu esforço e dedicação pra ingressar lá dentro, sem passar pelas vexatórias entrevistas de emprego?

Se vc não soube atinar sobre o que estou escrevendo, sinto muito em dizer que não poderei ser mais explícita e em breve vcs saberão porque.

4 dias se passaram desde meu aniversário e eis que eu ingresso em um bracinho tímido, filial eu diria, da maior empresa do Brasil.

A partir deste momento, como escrevi no capítulo das metas, a minha vida dependeria basicamente deste item para que eu movimentasse o resto das metas. Portanto, algumas mudanças neste blog ocorrerrão também.

Meu tempo será mais reduzido e com isso as postagens serão talvez mais espaçadas. Terei uma nova rotina, vivência que com certeza renderão bons textos por aqui e é por esse motivo mesmo, que não posso ser mais explícita, pois como boa funcionária que sou, pretendo falar mal da chefia.....eheheheheheprezo pela discrição.

Mundo Sano era um nome ótimo para a situção que eu estava vivendo: buscando o equilíbrio em um momento que a vida me passou uma bela rasteira e ainda pisou em cima do meu braço. Não bastando isso, ela ainda olhou pra trás e riu da minha cara.

E que bom que a minha vida mudou. Que bom que ela gradativamente mudará mais ainda, pq eu pretendo crescer, expandir e resolver todas as pendências. Só assim se pode recomeçar.

Quero agradecer a todos os que se importaram de verdade pela minha busca de sanidade. Agradeço a minha irmã e meu irmão, Namorado que foi mais que um namorado. Agradeço às pessoas que botaram fé em mim e na minha recuperação e ainda, àqueles que demonstraram a preocupação comigo. Agradeço a todos que me proporcionaram momentos de felicidade nos dias que eu mais precisava mesmo. E agradeço a todos que me golpearam pelas costas, que me criticaram, que foram sarcásticos, que foram irônicos e que me desprezaram tanto.

Se não fossem esses últimos, muito porvavelmente eu ainda duvidaria do que sou capaz.

Agora é hora de faxinar!

P.S.:" Para quem ainda não acredita em Numerologia, quero dizer que lamento muito se esse é seu caso. Entrei em um ano 8 (concretizações) e ganhei o que eu plaltei no ano anterior. Encerrei as coisas em um dia 9 e comecei em um dia 1. Que bom que eu soube me programar."

11 de fev de 2009

MEMÊ PECAMINOSO DA DALILA

A Dalila, (que insiste em me chamar de "NINA" por causa do outro blog) me intimou a responder o memê dos pecados capitais.

A idéia é vc dizer se comete ou não o tal pecado. Esse vai ser o maior fácil!

Avareza: Sim! Eu tenho avareza mas não a clássica como vcs conhecem. Diferente de um amigo meu que levava Club Social pra balada e bebericava dos nossos copos, eu não tenho essa avareza. A minha é outra. Suponhamos assim que eu quero uma TV nova. Eu não gasto nada até comprar uma excelente TV. Pq eu não admito comprar uma TV meia boca. Então quando eu digo gastar nada, incluo cortes de cabelo, roupa nova e etc. Agora que estou sem renda fixa, fica mais fácil ainda ser avarenta pelo simples fato de não ter dinheiro pra gastar.

Inveja: Sinto muita inveja de crianças pq elas tem o dia inteiro livre e não sentem culpa. Sinto inveja das pessoas que mesmo sendo indecisas ou tendo idéias diferentes, os pais não a taxam de louca. Sinto inveja das pessoas que sem gastar muito latim, são ajudadas por outras. Sinto inveja de quem tem uma família que não empresta/ajuda/incentiva sem jogar na cara depois.

Luxúria: "A luxúria é o desejo passional e egoísta por todo o prazer sensual e material.", assim diz uma das definições. Eu acho que o sexo é a força motriz de toda a sociedade. Pra isso que trabalhamos, nos vestimos, maquiamos, disputamos e etc. Filhos, só vêm se vc fizer sexo. Vc escolhe o melhor parceiro por várias qualidades psicológicas, mas se ele não tiver borogodó, não adianta nada. Eu uso da sensualidade no meu trabalho. Tipo, toda a vez que um cliente pede um projeto, sempre dou um jeitinho de colocar pimenta na decoração. Principalmente no quarto de dormir e se o casal já for casado há trocentos anos. Desejo é o que nos motiva. E qual o problema da Luxúria? Que medo as pessoas têm de dizer que dão vazão aos seus instintos sensuais. E já repararam que as pessoas confundem muito sexual com sensual? Sensualidade com pornografia? Eu, hein!?

Ira: Basta jogar papel na rua pra vc conhecer minha ira. Segunda, estava eu indo para um lugar que não te interessa e vi um cara ameaçando bater no próprio cachorro. Como ele não bateu, não precisei demonstrar a ira pra ele. Mas eu sou assim. Vou do zero a duzentos no quesito raiva em segundos! É bom? É ruim? Sei de uma coisa: isso não é prudente. Nem sensato. Mas não sei ser de outro jeito. (Ainda)

Preguiça: Putz! Esse pecado é um tanto controverso na minha vida. Sempre fui muito ativa e trabalhei muito. Então, o que eu reparo é que quanto menos eu faço, menos quero fazer. Vai daí que tem dias que a preguiça é tanta que eu simplesmente fico como um zumbi. Mas sei que isso é uma fase e que logo a preguiça será apenas uma: fazer abdominal. Juro que ando quilômetros (e vcs sabem bem disso) e no entanto se falar de abdominal pra mim eu faço "blargh!". Mesmo assim eu as faço pq está difícil suportar minha nova casca.

Gula: Eu sei dividir comida. Acreditem. Não sou do tipo que tomo tudo ou como tudo, ou escondo comida pra os outros não comerem. A minha gula está no seguinte: eu posso ter terminado de comer e se alguém vier me oferecer pastel, brigadeiro, sorvete e etc e mesmo assim não tiver um espacinho na pança, mesmo assim eu boto tudo pra dentro. Porém, comida é uma coisa que rejeito fácil se estiver passando por problemas. E sendo vegetariana é muito fácil sentir nojo de comida. Então, por mais fome que eu tenha, por vezes é muito difícil comer. E rejeitar comida e guloseima de gente egoísta, é a coisa mais fácil pra mim. Pq a carga de negatividade desses infelizes é tão grande que mesmo se eu comer desavisadamente eu passo mal.

Soberba/Orgulho: 'Tá! Chegamos a um que sinceramente eu tenho dificuldade em identificar. Tipo assim, o orgulho eu diria que o tenho por teimosia. Sabe quando um negocinho te irrita profundamente e vc quer a todo o custo resolver? Mesmo que já não tenha conserto? E as pessoas dizem "deixa isso pra lá que não vai dar em nada" e ainda assim vc insiste? Pois é. Isso eu acho que é teimosia e não orgulho. E nesse quesito, mea culpa, sou muito teimosa e movida a orgulho, é verdade. Mas vcs acham que esse sentimento nasce assim do nada? Em um primeiro momento a teimosia nasce como "perseverança, disciplina" e quando vejo, pumba! Já se transformou em teimosia/orgulho. Já a soberba eu não tenho mesmo. Sempre acho que os outros são melhores do que eu. Mesmo os excluídos socialmente, como os lixeiros e porteiros. Talvez isso venha de uma educação de poucos elogios e muitas exigências. Deixo pra o analista.


Viram que maior fácil? E agora que confessei tudo? Vou pra o inferno? Muito provavelmente, não é? Ainda mais pq não fui batizada na igreja católica e mesmo cometendo um batismo nos TJ's não vale passagem pra o inferno, pq eles não acreditam em inferno.

Para quem eu passo o memê? Pra quem quiser e for meu leitor. Eu desafio é minha irmã que detesta memês. Se ela o fizer, como cantaria Caetano "Algo está fora da nova ordem mundial....."

Valeu, Dalila! Adoro memês.

5 de fev de 2009

"DAAAAAAMA!"



"-Seu frouxo!" "-Agora sou periguete!"

Ahahahahahahhhahaha.

Não sei quem é pior: a coitada, o repórter que precisa entrevistar mesmo assim ou o policial..... Jesus!

4 de fev de 2009

DE UM TUDO

Prá começar, digamos que tem pessoas que eu julgo desaperecidas quando elas vêm do nada. Surgem. E dessas pessoas que há tempões eu não via, surgiu o que chamo de:


Bicha pão com ovo.

Tenho amigos homossexuais: homens e mulheres. Gente que é casada. Gente que é solteira. Mas homossexuais. Portanto, não venham me dizer que sou preconceituosa. Detesto é bicha pão com ovo que não se assume. Bicha pão com ovo e que tem a boca murcha, ainda por cima. Boca que corre pra fazer fofoquinha e intriga. Tem bicha mais detestável que aquela que não se assume e ainda faz fofoca? Pois é, e dizer que essa bicha-pão-com-ovo-de-boca-murcha tem mais que 50 anos, vcs crêm nisso? Ah, boca murcha não é metáfora, 'tá? O sujeito tem boca murcha como a do Boris Casoy e treme todo pra falar. Poblema de nelvus.


*********

Puta dor de garganta dos infernos. Resistência baixa. Peguei um ventinho e voilà, cá estou sem engolir. Fui na farmácia e pedi um paracetamol e algum anti-térmico ou um anti-inflamatório. Daí o farmacêutico gordinho me mostrou um que "era mais forte que cataflan" e eu disse: "valeu, mas pra tomar essas coisas eu prefiro ir ao médico e ele me receitar. 'Tô seguindo o bêabá primeiro."

E ele me olhou com uma cara de "que absurdo!". Pra mim remédio não é balinha. E tomo paracetamol até pedir arrego. Tudo bem que a última vez que fui ao médico, fui coagida a tal. Mas tomar remédio por conta próprio, no way!

********
Assisti um capítulo ontem da novela das 10 8. E tinha um tal que apareceu lá pra falar com o Tião-galinha-só-quero-um-pedacin-dexão-prá-módi-nóis-plantá que parecia o Feliz.

Ahahahahhahaha. O Feliz de indiano, dando a previão do tempo. E piririm e pororón, ele diria.

*********

Festa de Yemanjá:



Ok, vc é católico. Daí vc acha que é besteira. Mas sabendo que ela resolve problemas amorosos, vc vai lá e joga uma florzinha pra ela.

Ok, vc é kardecista. Então vc acha que as entidades do candomblé e da umbanda são entidades de energia "baixa" e portanto, tem que ser evitado qualquer tipo de contato. Mas quando a coisa aperta, a Dona Guiomar manda vc pra o estrela da paz vc vai visitar um terreiro e descobre que as coisas não são tão ruins assim e o que rola muito é preconceito.

Ok, vc é evangélico. Com vc eu nem perco tempo argumentando sobre raça, cultura e foclore. Next!

Ok, vc não entende nada, mas como é modinha agora todo mundo ser mais ligado à natureza e essas coisas de vibe do astral, vc vai lá e entra na onda porque afinal é muito cool todo o ritual em si.

Posso dizer? Besteira! Dona Yemanjá não liga pra nada disso, pois ela é superior ao que eu e vc e qualquer um possa pensar.

**********

Aliás, no assunto de umbanda e candomblé ou, umbandomblé como muitos gostam de falar, posso dizer que visitei uma loja maior legal. Muita coisa que pra entender tem que mergulhar fundo em questões de cultura, geografia, ecologia e psicologia. Uma viagem que nem todos estão propensos a fazer pq é preciso sim coragem. Coragem de despir sua personalidade de muitos preconceitos.

*********

O que é o bolo índia da Dona Deôla?


É exatamente o que a moça está cortando.

Ele é molhadinho, feito com creme que eu não decifro o que usaram e canela. Muito doce e não enjoativo. Eu comeria quilos. Preciso da receita já.

Update: achei a receita! E é da própria Dona Deôla!

**********************

BBB9.

Achei incrível a desculpa do moço dizendo que não se lembrava da palavra "castigo". Ok. Então vc recebe um telefonema que diz: "Débora, vc vai ganhar um soco na cara. Quem vc escolhe pra tomar um soco tb?" daí eu indico o Namorado que amo tanto, afinal "eu não lembro da palavra 'soco' e nem o que ela quer dizer."

Cafagestagem.

*******

Estão escolhendo as turmas e as duplas de professores que darão aula na Fundação que sou voluntária. Aguardo. Enquanto isso, já estou preparando as aulas.

*********

Estudando. Muito.

28 de jan de 2009

PORQUÊ

Assim junto mesmo.
Porquê de motivo.

Vou citando as coisas aqui e será meio fora de ordem cronológica.

Começa que eu por causa do ano novo, resolvi fazer numerologias pessoais para 2009 e com isso amortizar um pouco com a dívida do banco: tipo, eu trabalho e as pessoas depositam na minha conta. Melhor assim, não vejo o dinheiro e sei que ele está sendo útil.

Só que com esse lance de numerologias, eu páro tudo o que estou fazendo e faço uma por uma, pq faço uma coisa bem personalizada. Só não fica mais pq a maioria das pessoas que me pede não dizem especificamente o que pretendem para o ano.


Entre as coisas de parar, está na lista "não falar com a própria irmã por uma semana". E hoje é o aniversário dela. Mais um ano sem presente meu pra ela e hoje, tudo o que pude achar foi 5 minutos pra falar com ela.

Mudanças.

Com um dinheiro extra que recebi, resolvi começar a pôr alguma documentação em ordem. Aquela documentação que não preciso parcelar nenhuma dívida, que não preciso falar com nenhum ex-sócio nem nada. As dores de cabeça comum que todo o cidadão tem que tê-las um dia.

Primeiro foi uma tal de certidão negativa de inscrição no Pasep que pequisei na internet e retirava na Receita Federal. Com medo de ser presa por lá mesmo de dever impostos da minha empresa Levei a minha escudeira Daniela-dotôra-adêvogada para que me orientar.

Chegando lá, o documento não era emitido na Receita Federal e sim, no Ministério do Trabalho. (que só funciona de manhã). No dia seguinte indo lá, descobri que não era no meu bairro e sim no Anhangabaú.

Fomos pra o escritório e de lá liguei para o Anhangabaú e voilà: o documento era emitido pelo Banco do Brasil ou Caixa Econômica. Isso mesmo, banco. Nada de órgãos. Nada de nada. Só ir até lá e pedir e eles darem. E no meu bairro.

Com esse negocinho em mão, fui ao PoupaTempo de Itaquera e qual não foi minha surpresa em ver que o negócio é bem organizado, ágil e com atendentes atenciosos? E descobri que para fazer a atualização da minha CNH (tipo a minha é do tempo que nem foto tem) era preciso um novo RG.

Tudo bem que meu RG é de 16 anos e eu tirando a cara de salame de foto 3X4 estou irreconhecível na foto, mas fazer outro... Vamos lá. Tirar nova foto 3X4. Tentei sorrir e fiquei com a boca torta, tipo derrame. Mas o cabelo ficou bom. As olheiras estão lá, indefectíveis. Mas custa manter essas olheiras: leitura à meia-luz, insônia, genética, mau humor e etc.

Bom, vamos lá atualizar o cadastro de onde moro. Meu Deus, lembrando quando tirei meu RG, vi o quanto de casa que eu já mudei depois disso. E lá vou marcar meus dedos e não pude deixar de perguntar pra senhora que fazia esse serviço, como ela fazia quando a pessoa tem polidactilia. E taxa de R$ 23,00.

Daí amanhã vou buscar o RG novo. Ou não.

Quanto à minha carta: basta eu fazer um exame no Detran. Só até aí é que me informaram. Então, estou estudando além de outras coisas, o novo código brasileiro sobre multas e infrações.

Ainda tenho um $$$ pra receber de um cliente inadimplente, que já foi depositado e está lá no fórum.

Mas não é só isso. Tem muitas mais coisas rolando. Umas boas, outras nem tanto. Muitas delas necessárias.

Preciso de sorte, oportunidade.