11 de fev de 2009

MEMÊ PECAMINOSO DA DALILA

A Dalila, (que insiste em me chamar de "NINA" por causa do outro blog) me intimou a responder o memê dos pecados capitais.

A idéia é vc dizer se comete ou não o tal pecado. Esse vai ser o maior fácil!

Avareza: Sim! Eu tenho avareza mas não a clássica como vcs conhecem. Diferente de um amigo meu que levava Club Social pra balada e bebericava dos nossos copos, eu não tenho essa avareza. A minha é outra. Suponhamos assim que eu quero uma TV nova. Eu não gasto nada até comprar uma excelente TV. Pq eu não admito comprar uma TV meia boca. Então quando eu digo gastar nada, incluo cortes de cabelo, roupa nova e etc. Agora que estou sem renda fixa, fica mais fácil ainda ser avarenta pelo simples fato de não ter dinheiro pra gastar.

Inveja: Sinto muita inveja de crianças pq elas tem o dia inteiro livre e não sentem culpa. Sinto inveja das pessoas que mesmo sendo indecisas ou tendo idéias diferentes, os pais não a taxam de louca. Sinto inveja das pessoas que sem gastar muito latim, são ajudadas por outras. Sinto inveja de quem tem uma família que não empresta/ajuda/incentiva sem jogar na cara depois.

Luxúria: "A luxúria é o desejo passional e egoísta por todo o prazer sensual e material.", assim diz uma das definições. Eu acho que o sexo é a força motriz de toda a sociedade. Pra isso que trabalhamos, nos vestimos, maquiamos, disputamos e etc. Filhos, só vêm se vc fizer sexo. Vc escolhe o melhor parceiro por várias qualidades psicológicas, mas se ele não tiver borogodó, não adianta nada. Eu uso da sensualidade no meu trabalho. Tipo, toda a vez que um cliente pede um projeto, sempre dou um jeitinho de colocar pimenta na decoração. Principalmente no quarto de dormir e se o casal já for casado há trocentos anos. Desejo é o que nos motiva. E qual o problema da Luxúria? Que medo as pessoas têm de dizer que dão vazão aos seus instintos sensuais. E já repararam que as pessoas confundem muito sexual com sensual? Sensualidade com pornografia? Eu, hein!?

Ira: Basta jogar papel na rua pra vc conhecer minha ira. Segunda, estava eu indo para um lugar que não te interessa e vi um cara ameaçando bater no próprio cachorro. Como ele não bateu, não precisei demonstrar a ira pra ele. Mas eu sou assim. Vou do zero a duzentos no quesito raiva em segundos! É bom? É ruim? Sei de uma coisa: isso não é prudente. Nem sensato. Mas não sei ser de outro jeito. (Ainda)

Preguiça: Putz! Esse pecado é um tanto controverso na minha vida. Sempre fui muito ativa e trabalhei muito. Então, o que eu reparo é que quanto menos eu faço, menos quero fazer. Vai daí que tem dias que a preguiça é tanta que eu simplesmente fico como um zumbi. Mas sei que isso é uma fase e que logo a preguiça será apenas uma: fazer abdominal. Juro que ando quilômetros (e vcs sabem bem disso) e no entanto se falar de abdominal pra mim eu faço "blargh!". Mesmo assim eu as faço pq está difícil suportar minha nova casca.

Gula: Eu sei dividir comida. Acreditem. Não sou do tipo que tomo tudo ou como tudo, ou escondo comida pra os outros não comerem. A minha gula está no seguinte: eu posso ter terminado de comer e se alguém vier me oferecer pastel, brigadeiro, sorvete e etc e mesmo assim não tiver um espacinho na pança, mesmo assim eu boto tudo pra dentro. Porém, comida é uma coisa que rejeito fácil se estiver passando por problemas. E sendo vegetariana é muito fácil sentir nojo de comida. Então, por mais fome que eu tenha, por vezes é muito difícil comer. E rejeitar comida e guloseima de gente egoísta, é a coisa mais fácil pra mim. Pq a carga de negatividade desses infelizes é tão grande que mesmo se eu comer desavisadamente eu passo mal.

Soberba/Orgulho: 'Tá! Chegamos a um que sinceramente eu tenho dificuldade em identificar. Tipo assim, o orgulho eu diria que o tenho por teimosia. Sabe quando um negocinho te irrita profundamente e vc quer a todo o custo resolver? Mesmo que já não tenha conserto? E as pessoas dizem "deixa isso pra lá que não vai dar em nada" e ainda assim vc insiste? Pois é. Isso eu acho que é teimosia e não orgulho. E nesse quesito, mea culpa, sou muito teimosa e movida a orgulho, é verdade. Mas vcs acham que esse sentimento nasce assim do nada? Em um primeiro momento a teimosia nasce como "perseverança, disciplina" e quando vejo, pumba! Já se transformou em teimosia/orgulho. Já a soberba eu não tenho mesmo. Sempre acho que os outros são melhores do que eu. Mesmo os excluídos socialmente, como os lixeiros e porteiros. Talvez isso venha de uma educação de poucos elogios e muitas exigências. Deixo pra o analista.


Viram que maior fácil? E agora que confessei tudo? Vou pra o inferno? Muito provavelmente, não é? Ainda mais pq não fui batizada na igreja católica e mesmo cometendo um batismo nos TJ's não vale passagem pra o inferno, pq eles não acreditam em inferno.

Para quem eu passo o memê? Pra quem quiser e for meu leitor. Eu desafio é minha irmã que detesta memês. Se ela o fizer, como cantaria Caetano "Algo está fora da nova ordem mundial....."

Valeu, Dalila! Adoro memês.

6 comentários:

Luzinha disse...

tem aquela história de que "no céu não tem ninguém, então não quero ir prá lá. quero ir para o inferno que está cheio de gente legal!"

kkkkkkkkk...

bem, eu quero ir para o céu e para ir comigo já convidei a gerente do meu banco, que disse que vai. kibon! assim não ficarei sem dinheiro lá, caso precise. e se o céu é sem graça, garanto que, quando eu chegar lá, deixará de ser! kkkkk


bjão!

Dalila disse...

Putz Débora, que mancada!!! Eu só te chamo de Nina! Só Nina!! Não adianta, eu entro em seu blog e para mim estou lendo o blog da Nina! E acho que já te escrevi como Nina um trilhão de vezes!! que mancada... sorry!!! (droga, amanhã quando eu ler seu blog e resolver comentar, acho que vou te chamar de Nina... de novo!! é o alzheimer...)

sobre o inferno, bem tem um conhecido que diz que prefere ir para lá pois vai ter show do Ozzy de graça! eu tô dentro!

bjs e adorei seu memê (o que é memê?!?)

Sorry again :-(

Débora disse...

Lu!

A gerente do banco??? Ahahahahahahaha. Que o céu ficaria mais divertido com vc lá em cima eu não tenho dúvidas. Mas pensa bem..... se vc mudar de opinião, como que fz pra cometer pecado no céu?
Ahahahahahaha.

Beijos!

Débora disse...

Dalila:

Esquenta não. Sabe que me chamam de Andrea, Daniela, Bárbara... só não me chamam de Maria. Eu não sou dessas pessoas que acha ruim quando confundem o nome, só acho engraçado.

E ser confundida com uma das personagens que escrevo, para mim é motivo de orgulho: sinal que a minha personagem ganhou "vida"!

Sobre show do Ozzzy, eu preferiria show do Freddie Mercury ou dos quase Beatles!

Beijões da Nina/Débora!

P.S.: "Memê é enquete, joguinho, corrente entre blogs."

Dalila disse...

rsrsrs
que bom menina, prometo me policiar e lembrar-me da Nina apenas lá no outro blog... rsrs

Ah, eu também prefiro o show do Freddy Mercure... mas, ok, tendo show de rock de graça já está valendo...

bjs

Dalila disse...

Oh Gosh!!! Freddie Mercury e não Freddy (kruegger) Mercure!!!meu deus do céu... não sei nem escrever o nome do cara!