30 de jul de 2007

MAIS UM CLICHEZÃO TESTADO

Dizem que a necessidade é a mãe da
criatividade.
Levada pelo fascínio da Tv e cinema
(pq eu sou assim, suuuuper influenciável, ahã),
resolvi cortar eu mesma meu próprio cabelo, myself.

Poxa vida, já vi cenas de filme como o Adoráveis
Mulheres, que a Winona Rider tinha um mega cabelão
e pra ajudar a irmãzinha doente corta o cabelo ela mesma
e vende pra levantar fundos; na década de 90 tinha
uma propaganda de um perfume, o Byzance que a menina
resolve cortar o próprio cabelo pra ter um estilão e o clichê
é esse: vc em um ato de desespero, rebeldia, de "fuck the
fashion", de "meu namorado me deu um pelé e ele vai se arrepender
de ter largado o filezão que eu sou", resolve cortar seu próprio
cabelo e ele segue a regra de ser curto, irregular e ficar lindoooo.

Movida nesse espírito, peguei a tesoura e pensei que
poderia ser capaz. Imaginei que seria difícil. Mas lembrei
de cada detalhe que observei indo ao cabeleireiro. Sim, senhores:
houve época que eu ía religiosamente ao cabeleireiro religiosa-
mente toda a Sexta. Pois bem......
Peguei a tesoura, estirei o cabelo molhado, medi lado
a lado e quando comecei a cortar os fios, descobri
que a tesoura estava cega e mascava o meu cabelo...
Ok, pegar mechas mais finas.
E lá fui eu.
No final, depois do cabelo seco pude concluir que

Apesar de eu não querer radicalizar geral no corte,
ele só ficou mais curto. Sem as pontas duplas, course.

Agora eu te pergunto:
Acaso meu cabelo ficou assim:



?




Não, apesar de toda a minha coragem e rebeldia,
meu cabelo ficou assim:




Tudo bem, a Rita Hayworth é um ícone, linda
poderosa, mas ela tá no século passado.
Meu cabelo ficou tipo.... old fashion demodê.

Quando sequei, as voltinhas que os cachos fizeram,
parecem com o cabelo da Rogéria.

Tô com cara de normalista. Humpfffff!!!
Mas assim, fiquei com mais vontade
de cortar o cabelo, mais ainda.

E incrivelmente atrás, o cabelo ficou reeetinhooo.

Ahhhh, luzes, bayallage... me aguardem!

2 comentários:

Mana Iza disse...

pois é...já tive dessas coisas de querer cortar o cabelo numa de Wild woaman. Pior ainda foi qdo coloquei a tesoura na mão do marido, que ia só acertar. Sabe aquela piada de corta de um lado, fica maior que outro e corta mais do outro lado e assim por diante? Imagina só o meu cabelo como ficou.

Débora disse...

A propósito: meu pai dizia que a mulher mais inteligente do Brasil era a ..... Rogéria. Entendam como quiser.