12 de jun de 2008

QUINTA

e como eu já escrevi aqui, dia difícil.

Ontem, voltei a andar. Isso pq a minha rotina abriu uma brecha e eu não aguento mais duas coisas: ficar parada e ter pancinha.

O duro é que eu sei que eu vou "enxugar" bastante, porém a pancinha vai continuar aqui, firme e forte e flácida.

Como fazia tempo que eu não andava mais (quase um ano), me admirei com as modificações: muitas lojas novas abertas. Lojas não. Melhor dizendo, estabelecimentos. TODOS DE COMIDA.

Cara, a sorte é que eu não sou gordinha, senão uma hora dessas, que adiantaria eu sair de casa para andar? Juro, desde sorveterias (que contei 3 à primeira vista), cafés (contei mais 3), pizzarias, docerias...... tudo de comer.

Cheguei em casa, depois de andar uma hora pelo percurso que eu costumava CORRER, tomei um prato de sopa e fui deitar. Sem comer pão. E fui deitar pra não sentir falta do pão.

Preciso mesmo é depois de ter de novo a rotina de andar/correr, adquirir a rotina das abdominais. Mas juro, se me oferecessem uma lipo, juro que eu faria. Pq a minha banha é bem molinha, não é dura..... o resto do corpo tá em ordem e o meu peso, pasme, chegando abaixo do que deveria.

Não estou grávida, se é que vc pensou nisso. Tudo culpa também da minha postura errada a que eu me submeti por esses dois anos. Na hora de andar, preciso corrigir a postura tb. Claro, as calcinhas e calças jeans de cintura baixa, também contribuíram.

Parte hormonal, em ordem. (Com exceção do mês passado, por culpa do antiestamínico) Ou seja, alimentação mais do que saudável + vida estressante * estresse= pança.

Mas, tendo em vista que eu ganhei a pança por tentar entrar na maior empresa do Brasil e mais que dois passos já foram adiante nesta caminhada, só falta a barriga nova que eu prometi no post das metas.

Eu chego lá!

Nenhum comentário: