5 de mai de 2008

E LÁ FUI EU MAIS UMA VEZ

O dia amanheceu de um jeito chatinho: chovia muito. Por conta disso, mudei o que seria meu plano de fuga de Sampa. Aproveitei um espacinho de nada do tempo, peguei minhas coisas e rumei quando descobri que por 10 minutos não chovia.

O frio..... a mochila pesada. Nada disso importa, mesmo pegando metrô, quando vc está prestes a encontrar quem vc gosta.

O ônibus, atrasou. Claro, hora do almoço, o trânsito mais que horroroso. Daí que o motorista do ônibus veio e teve que se virar com as desculpas. Eu, uma moça sem compromissos empresariais/comerciais/de horário, nem liguei.




(Lá estava eu mais uma vez, no mesmo lugar)

Quarenta minutos de congestionamento (de uma viagem de 1 hora e meia sem trânsito). Parado mesmo. Não andava de jeito nenhum. O ar-condicionado no talo, eu perto da lataria do ônibus. Mais chuva. Dessa vez, era torrencial. Mas nem me importei.

Cheguei bem mais tarde do que imginava. Foi bom sair cedo. Com fome, frio, saudades..... Bem recepcionada como sempre pela parte que mais me interessava e por todos.

Mal eu sabia que os próximos 4 dias eu viveria muita coisa variada.

Nenhum comentário: