6 de fev de 2008

QUINTA FEIRA, PADRÕES ENERGÉTICOS

por motivos que não sinto vontade de explicar mais detalhadamente, Quinta-Feira, sempre é um dia difícil de viver.

Mas eu vivo assim mesmo.

Na quinta passada, no meu curso, logo de manhã tive um pequeno dissabor: em uma das aulas, a minha colega "suíça", fez um comentário bem ostensivo à minha pessoa, dizendo "que não entende como é que pessoas que sabem tanto, estão no mesmo lugar que ela que não sabe nada e que vai sugerir à escola, que faça salas especiais pra pessoas que sabem muito".

Levei na brincadeira, afinal, uma crítica feita por alguém alfabetizado é que me faria ficar chateada. Pra ela, nos padrões que ela tem, o errado é eu "saber demais" e não ela, saber de menos.

Ainda brinquei com o colega do lado "ih, tão querendo me botar pra fora" e ele, brincando disse bem alto: "ih, fulana, vc quer que eu saia da sala então?" Não precisa dizer que tudo virou motivo de piada e ela deve ter ficado bem mais puta da vida comigo....

Enfim, considerando que eu nunca banquei a sábia e que sempre ajudei os outros na medida do meu "saber", a ponto da colega suíça ter em mãos uma apostila que só foi possível pq passei pra uma amiga dela por meio de e-mail, eu resolvi continuar levando na esportiva e deixei pra lá.

Na hora do intervalo, alguma das colegas deve ter falado com ela, pq ela tentou a todo custo fazer algum comentário sobre a sala..... a ponto de soltar mais uma pérola:

na sala ao lado da nossa, alguém estava arrumando alguma coisa e usaram cola de sapateiro. A professora fechou pra tentar não vir o cheiro e pediu que um colega respondesse uma das questões e ele disse "professora, deixa a sala com a porta aberta que talvez entorpecido, eu consiga resolver a questão". Daí minha cálega soltou: NOSSA, ESSA SALA É BEM VERSÁTIL!

Ver.sá.til
adj. Que se move facilmente; que está em movimento. / Propenso à mudança; volúvel, inconstante, mudável.

Ou seja, na cabeça de melão dela, a sala é algo que se adapta. Talvez ela tivesse vontade de dizer eclética. Mas sabe como é, nem toda a novela fala eclético.

Na Sexta seguinte, ela faltou e perguntaram pras amigas dela, se sabiam do paradeiro dela. Disseram que ela foi resolver problemas e coisa e tal. Lamentei. De verdade. Afinal, quantas pérolas mais ela podia soltar e alegrar o meu dia?

Nenhum comentário: