15 de dez de 2008

RETORNADA

Lá vamos nós para mais um post meio gigantesco.

Então, fomos o Namorado e eu pra Botucatu pra módi ver a defesa de tese de um amigo (e cumpadi) dele e vermos mais assuntos que, infelizmente por agora, não poderei dividir.

Fomos muito bem recebidos na república de amigos do Namorado. Amigos esses que eu já os chamo de meus há um tempão. Deixei o Namorado à vonts pra falar as besteiras que só homem fala, beber um pouquinho e comemorar com os amigos, jogar bola e falar de veterinária com os colegas com os amigos dele. Há dois anos que ele não os via e eu acho mais do que justo ele ficar à vontade.

Conheci uma portuguesa que está em Botucatu fazendo intercâmbio e conversamos um pouco. Entre as idas à Unesp pra rever os professores e colegas, ver como tão as coisas por lá, fazer as coisas que ele pretendia, eu consegui chegar bem pertinho de uma onça parda, de um lobo e de um macaca. Será que eu fiquei feliz?

Chovia só à noite, aquela chuvinha boa de escutar no telhado. Infelizmente, não pudemos estender nossa estadia por lá pois o Namorado tinha uma ciru em Sampa na Sexta e eu não deixaria de ir à aula de encerramento dos meus alunos, que também era na Sexta.

No Sábado iríamos pra SJC pra que o Namorado fizesse outra cirurgia e eu retomar o meu trabalho e estudos. Sei que foi bem apertado sair de Botucatu, ir pra Sampa e na sequência SJC. Conte as horas que passamos dentro do carro.

Dessa vez eu fui bem preparada com filtro solar e eu não me desmanchei. Brincando passamos 6 horas dentro de um carro....E dessa vez, só tomei um comprimido pra dor de cabeça. E nem foi culpa da viagem que tive dor de cabeça.

Mas, surgiu mais uma emergência: um cão atropelado com fratura na mandíbula. E quando que o Namorado fez a cirurgia? Acertou quem disse "Domingo". Acho ótimo vê-lo trabalhar, porém ele quem dirigiu todo o trajeto, não descansou nada.

E hoje, estou aqui, em Sampa. Cheguei bem zonza. Com vontade de dormir e ao mesmo tempo sem sono. Vai entender. Milhões de coisas pra fazer, pois essa semana não será fácil. Mas ó, fazia tempo que eu não sabia o que era ar puro. Que não via vaquinhas de todos os tamanhos e cores de tão pertinho....

Aqui, uma foto quando estávamos bem pertinho de Botucatu:


Até, povo!

3 comentários:

Luzinha disse...

eu gosto "maisomenos" de viajar... eu não gosto muito de sair da minha casa, e tenho dificuldade de dormir em outra cama que não seja a minha... hehehe... mas eu considero que o melhor da viagem é a volta prá casa... coisas de Luzinha... bjus, Déh! bom retorno!

Armud disse...

Ai sim ein !!!
"FDS" produtivo ... é disso que o povo gosta !!! (Que merda de piada mais a proxima vai ser melhor)

Agora dor de cabeça ??? Só falta vc dizer que ela começou no inicio da viagem ( From: Sampa To:Botucatu ) ...

huassuhashuas

Bjus e te cuida BOCÓ !!!

PS: Não disse que a 2º ia ser melhor!

Débora disse...

Luzinha, nhá.....eu adoro a minha cama, travesseiro e cobertor, mas viajar é arejar a cabeça, as idéias e aprendi com o tempo que somos pessoas avulsas, prontas pra nos adaptarmos nos lugares mais improváveis.

Beijos.