12 de set de 2008

CAMINHO ILUSTRADO

Ontem eu tinha coisas pra fazer na rua. Então achei legal colocar aqui os caminhos por onde passei.

Na hora do almoço (sol a pino) fui pegar comida pra o povo de casa e sacar dinheiro pra minha mãe no banco. Acreditam que eu sei a senha dela e tudo o mais? Confiança ou preguiça? Confiança ou agilidade? Hum......

No caminho, um pé de:

É não dá pra ver direito......Mas está bem carregada a ponto de,

cair tudo no chão:

Amoras.
Pelo menos os passarinhos têm o que comer. Acho maior legal árvore frutífera no meio da cidade.

Saquei o dinheiro e atravessando o Bom Parto:
Feirinha de coisinhas. Algumas são legais, outras breguinhas, mas o mais legal é que são todos regularizados, usam o espaço e não estragam em nada a pracinha.

Depois de deixar a bóia em casa, fui resolver minhas coisinhas, entre elas, comprar o malfadado trim.
Ainda temos árvores que dão sombra na rua.


Nessa hora um infeliz quis ser engraçadinho comigo e disse que "eu precisava pagar direitos autorais pra fotografar o carro dele". Nossa, super engraçado, não é? Eu saí andando e nem confiança.

Estão construindo sei lá o quê no meio da Silvio Romero,mas eu quis mesmo era fotografar essa belezura:
Os vovôs estavam jogando baralho e dominó nas mesas. O movimento de pessoas na praça é muito grandes. Criançs sem pais, brincavam nas escadarias da igreja.
Na volta pra casa:

Meu bairro tem palmeiras onde cantam os bem-te-vis.

E acabaram as fotos.

Depois ainda voltei ao Bom Parto pra buscar a bota que foi consertar e bati maior papo de ecologia com as donas da sapataria. Foi muito bacaninha....

Gostaram do passeio visual?

3 comentários:

Maiken Rinaldi disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Dalila disse...

Adorei as fotos também!!
Girl, quer me ver feliz é ver árvore e céu!!! Tenho centenas de fotografias!! Ah, adoro árvores secas também (minha sogra fala: ai, credo!), mas acho lindas árvores sem folhas, cheias de galhos retorcidos! ah, adoro! é colírio para os olhos...
fotografe mais, menina, vc leva o maior jeito!!
bjs!

Débora disse...

Maiken, garota, achei que ía te encontrar Sexta!

Que bom que vc curtiu!

Dalila, na boa, adoro contornos também. As pessoas associam árvores secas com coisas mortas, quando deveria ser ao contrário: elas deveriam nos lembrar que tudo volta a ser vivo e verde. É a força da vida.

Desse jeito, vou achar que as minhas fotos são boas e vou ficar (mais) convencida. Ehehehehehe.