29 de fev de 2008

HISTORINHA DE DÍVIDAS (ALGUMA PARTE)

Lembram da historinha do meu cliente inadimplente que veio aqui tentar me pagar por meio de cartão de crédito e eu não aceitei?

Lembram de eu ter falado que ele ía tentar passar a perna no meu advogado?

Pois bem, aconteceu tudinho. A audiência, não teve jeito, foi marcada pra Julho. O dr me disse que o cara não aceitou nenhuma das propostas feitas. Propostas de mãe pra filho, diga-se de passagem. Mas não tem jeito, o cara é pilantrão mesmo.

E como o dinheiro dele tá bloqueado, só uma audiência pra desbloquear. Até lá... a conta corrente dele está paralisada. Pois bem, eu aceito apenas uma condição de pagamento: à vista e em dinheiro. Quero ver alguém me garantir que ele vai me pagar parcelado.

Daí que se penhorarem o carro dele, acho até melhor. Imagina ele voltando pra casa a pé? Ué, se eu vou pra audiência a pé ou no máximo tomando busão, pq é que o sr belezura não pode dar o carro como pagamento?

Até lá, espero de coração que ele não me procure mais. Eu posso pegar gosto em ferrar com ele de vez.

Nenhum comentário: