1 de out de 2008

LIVRAI-NOS DO MAL

Amém!

Por que será que quando falamos/oramos/rezamos isso, a gente faz com tanta convicção, mas quando a gente descobre certas coisas sobre certas pessoas e a gente as lima da vida da gente, fica uma ponta de "será que eu tô fazendo a coisa certa?"

Ah, Deus....
Pai inefável das profundezas do teu amor
Que o Sr me dê a capacidade de discernir as coisas
entre as boas e as más.

Daí rola a mesma coisa: vc começa a ver que certo emprego/amizade/namoro/cidade/complete aqui com sua alternativa não é mais a mesma coisa legal e saudável que antes e fica aí com medinho .....

Bah!

Me dê licença!

Eu só tenho mais 30 anos pela frente e quero os viver muito bem!

2 comentários:

Maiken Carina disse...

Os dias vem um após o outro, e através deles nos descobrimos e redescobrimos, vamos nos conhecendo melhor e em consequência disso passamos a conhecer melhor os outros.

Errar é parte do que nos torna humanos, isso é fato. O medo não nos leva a lugar nenhum, não é verdade? é a vontade de que as coisas dêem certo que deve nos levar adiante.

Tá certo, nunca fui do tipo impulsiva, precipitada, pelo contrário sempre fui muito racional e meticulosa. Defeitos ou qualidades? só Deus sabe, pois tudo tem seus prós e seus contras.

Mas em meio as verdades da vida e das pessoas que fazem parte da minha vida, persisto na esperança de dias melhores..rs

E tb peço que Deus venha me dar discernimento Déh...

"Meu Deus isso era pra ser um comentário e não um texto(que horrorr...)"

Beijos grandes!

Débora disse...

Escreva o quanto quiser, Maiken. Sua opinião (extensa ou não) é sempre muito bem vinda.
Beijos!