15 de out de 2007

OBRIGADA MESMO

Meus olhos estavam cada vez mais secos.
E por ficar lendo por horas, trabalhando algumas
"meias horas", mal piscava e dificultava
ainda mais a minha visão.

Do jeito que estava, eu já estava sendo obrigada
a regar as poucas plantas que me restaram.

Daí veio a benção da chuva.


Obrigada papai pela chuva tão necessária.
E o Sr é tão bonzinho que nem mandou aquela
enxurrada.
Foi só aquele molhar de copa de árvores, a limpeza
dos nossos telhados e consequentemente, a purificação
do ar.
Obrigada, de coração.
P.S.:" A foto é de uma das cachoeiras do Horto Florestal
de Campos do Jordão e pra ela ficar assim graciosa,
é necessária a chuva."

Nenhum comentário: