5 de out de 2007

NÃO DIGO QUE MILAGRES EXISTEM?

se liga:

um lixo-humano, que pensa que é gente e pensa que ainda
é meu amigo/conhecido/colega, me ligou hoje de manhã bem
cedo, mas como ele é um lixo, só entendi a conversa assim:

-Bom dia, Débora.
-Bom dia.
-Te acordei?
-Não, estou acordada.
-Ah, queria tanto um dia te acordar (risadinhas de menino maroto
querendo fazer pegadinha).
-Pois não?

-Ah.... whiskas sachê, blá-blá-blá whiskas sachê, meu vereador
não vai mais sair candidato, whikas sachê blá-blá-blá, whiskas
sachê blá-blá-blá, whiskas sachê blá-blá-blá, vc sabe onde fica?
-Eu acho que vc ligou pra pessoa errada.........


-.......Ah, eu também acho.
-Tchau.
-.........tchau....

Fala sério, alguns de vcs podem me perguntar
pq eu acho ele um lixo-humano. Alguns podem
achar que eu era apaixonada e não correspondida,
que ele vivia me esquecendo ou me maltratando nos
poucos eventos sociais juntos.

Mas olha só, não é isso não.
Ele é um lixo-humano, pq amigos não abandonam
amigos nas horas que eles mais precisam.
Mas, se ele assim o fez, não reclamo não.
Afinal, boa coisa ele não era e me fez o favor
de ir embora....

Note, que é um lixo-humano só pela associação
"meu vereador". Aff, agora sim, a cobra tá no seu ninho.
É, pq quando ele andava comigo, não tava metido
com política.

Te pergunto: depois de tudo o que ele me fez,
preciso eu desejar o mau pra ele?
Nem um pouco.... ele tá enfiado já até o pescoço.

Agora, já que é Outubro, lembrei que essa
criatura, lixo-humano, me deve R$ 120,00 desde
Outubro de 2004.

Podia aproveitar agora que está tão bem
articulado na política e me pagar o que deve.
Afinal, esses meus R$ 120,00 vieram do meu
trabalho honesto. Já a mesma quantia que ele
pode me pagar, não posso dizer se é oriunda de
tão boa procedência.

Nenhum comentário: